Archive for julho \28\UTC 2008

::Chuva n’Alemanha::

28/07/2008

Hoje à tarde choveu uns 20 minutos. Foi uma chuva fortíssima, caiu até granizo e o vento estava muito forte, quebrou até um galho de uma árvore enorme do nosso jardim. Como o lago está super cheio, pensei com meus botões: “o lago vai ficar mais cheio ainda!”. Passados alguns minutos tocaram insistentemente no interfone daqui de casa. Ouvi só o vizinho chato gritando, achei que a garagem estava aberta, pedi a Taísa ir lá fechar. Que nada! Descemos todos e a garagem estava com uns 25 cm de água, o que significa que todo o subsolo estava debaixo d’água. Todos os vizinhos ajudaram a tirar a água da garagem e de todo o subsolo de todas as formas possíveis: com bomba de água, baldinho, pazinha, pá de neve, rodo, esfregão… Depois foi a vez do corredor. Por último, o porão, onde a água chegou a uns 10 cm. Lá dei de cara com minhas lembranças. Uma caixa inteira de fotos estava toda ensopada. Outra caixa com coisas da minha irmã, há anos lá embaixo desde que ela se mudou daqui. Tirei 4 baldes d’água de lá secando os cantos com as mãos, pois no subsolo todinho nao há um ralo para escoar a água, só do lado de fora da garagem. Nós, os vizinhos do prédio, dissemos uns pros outros que hoje foi nossa “festa de verão”.

Pra completar o Daniel escorregou na água de costas e bateu a cabeça no chão. Passados alguns minutos o Matthias e a Taísa vieram me mostrar, vi que o corte era grande e pedi pra eles o levarem pro hospital. Lá, perguntaram por que ele esteve lá da outra vez, no acidente quando parou de respirar por alguns segundos. Não deram pontos, mas rasparam, desinfeccionaram e colaram o corte. Ele reagiu tão bem que ganhou até um certificado de bom comportamento e 3 seringas pra brincar. Quando eles voltaram eu estava no 4° balde no porão, pensando nas minhas fotos. A reação do Matthias me ensina sempre e muito: tudo o que a água destruiu nao é nada que o dinheiro não possa comprar.

::Outra vez Xavier Naidoo::

24/07/2008

Mais uma vez uma música do Xavier Naidoo, Dieser Weg (Este Caminho). Mais tarde eu traduzo.

::A luta do governo alemão por mão de obra qualificada::

20/07/2008

O governo alemão reconhece que a mão de obra qualificada, principalmente de nível universitário, é necessária para garantir o desenvolvimento e a estabilidade econômica do país. O intuito é esgotar em primeiro plano as possibilidades dentro do país (idosos, mulheres e imigrantes já morando no país). Os seguintes pontos, válidos a partir de 01.01.2009, acabam de ser decididos pelo governo:

  1. O mercado de trabalho para pessoal de nível universitário advindo dos demais 26 países da Comunidade Européia vai ser liberado, o que será feito independente de análise se há desempregados no país que poderiam ocupar o cargo em questão, o que normalmente é uma praxe no país quando se trata de oferta de emprego para estrangeiros.
  2. O salário mínimo anual que traduz o fato de um profissional ser altamente qualificado e facilita a obtenção de um visto de permanência cai de 86.400 € para 63.600 €.
  3. O mercado de trabalho para pessoal de nível universitário advindo de países de fora da Comunidade Européia também será liberado a partir do início de 2009, mas neste caso a análise prévia da possível existência de um desempregado residente no país que porventura possa ocupar o cargo continuará a ser feita. Também será analisado se o estrangeiro estará recebendo um contrato de trabalho similiar ao de um alemão. As análises feitas anteriormente com relação aos familiares do estrangeiro em questão deixarão de ser feitas (eu pessoalmente não tenho conhecimento de que análises são estas, mas elas deixarão de existir a partir do início do ano que vem).
  4. Universitários que tenham frequentado escolas alemãs no exterior têm conhecimentos profundos do idioma e da cultura alemã. Neste caso a análise com relação aos desempregados também deixa de existir, se o universitário conseguir um emprego no país.
  5. Os estrangeiros que já vivem no país e possuem boa qualificação poderão receber um visto de trabalho. Universitários estrangeiros que terminarem seu curso na Alemanha e comprovarem ter trabalhado no país durante dois anos receberão um visto permanente para viver e trabalhar no país (Hoje já há a possibilidade de universitários estrangeiros ficarem no país logo depois de terminarem seu estudo, caso consigam um emprego em seguida).
  6. A obtenção de reconhecimento de diplomas estrangeiros vai ser facilitada.

Veja aqui o texto original do Ministério do Trabalho da Alemanha. No mais tardar na próxima década o país já sentirá fortemente a falta de pessoal qualificado. Hoje já faltam 50.000 engenheiros no país, no total calcula-se que há 100.000 vagas abertas para pessoal qualificado. Até o ano de 2020 o número total de empregados no país aumentará em pelo menos mais 1,7 milhão de pessoas. No momento há 3 milhões de desempregados na Alemanha, 2 milhões a menos do que no ano de 2005. Com relação à análise citada acima (se há no país uma pessoa com uma qualificação semelhante e que esteja desempregada) que é feita antes da obtenção do visto, posso dizer por experiência própria que a maioria dos desempregados alemães não são qualificados e que hoje já há falta de mão de obra qualificada em algumas áreas isoladas, tais como na área denominada “MINT” – Mathematik, Ingenieurs- und Naturwissenschaften und Technik – Matemática, Engenharia, Ciências Exatas e Técnica.

. . Li aqui que mais de 500.000 de desempregados não têm diplomas escolares e 15% das pessoas acima de 35 anos não têm formação  de nível médio (técnico, escriturário, etc.). Somente 12% da mão de obra total do país é representada  por pessoal de nível universitário.

°°°
01.08.12 – Veja também uma nota atual sobre o cartão azul UE e oportunidade de headhunting agenciado por mim neste post.

::Dicas para entrevista pessoal::

17/07/2008

Começando pela parte externa: o traje a ser escolhido deve ser tipo esporte fino. Sapatos limpos, não carregar em maquiagem, acessórios, etc. Levar para a entrevista somente o estritamente necessário (uma pasta com um caderno de anotações, talvez com alguns pontos como lembrança para suas perguntas, uma caneta, seu currículo, os diplomas e certificados originais). Ir à empresa antes do dia da entrevista para ter certeza da localização, de quanto tempo demora pra chegar lá, etc. Se informar ao máximo de antemão na homepage da empresa e se ler sobre ela na internet. Ideal seria até encontrar pessoas que já trabalham na empresa, trocar idéias e pedir informações.

Ser pontual para uma entrevista na Alemanha não é chegar no horário: é chegar antes do horário! Portanto, chegue 10-15 minutos antes do horário combinado. Se chegar cedo demais, fique no carro esperando ou leve algo pra ler na recepção na empresa. Super importante: saber dominar o nervosismo, lembrando-se de que as pessoas que lhe vão entrevistar são de carne e osso. Lembre-se de que você está ali para vender o seu peixe e devo portanto fazer o melhor marketing pessoal que você puder. Imagine que os entrevistadores têm uma balança nas mãos e você quer que eles se despeçam com o máximo de pontos positivos com respeito à sua pessoa. Eles estão ali para separar o “joio do trigo”.

Se te oferecerem algo para beber, aceite. Demonstre interesse e que se informou sobre a empresa. Ouça com atenção. Mostre seus documentos só se pedirem. Lembre-se que as pessoas irão também analisar sua pessoa a partir das perguntas que você colocar: saiba fazer perguntas inteligentes, que demonstram que você pensa sistematicamente, que tem conhecimento da matéria, etc. E as primeiras perguntas serão também um sinal para o entrevistador, pois elas comumente são as mais importantes na cabeça da pessoa. Leia antes sobre as perguntas mais comuns de uma entrevista (aqui alguns bons exemplos) e tenha preparadas algumas respostas, mas não perca sua naturalidade. Se for perguntado por pontos fracos, mencione um que também é positivo, se olhado sobre outro ângulo. Não perca sua naturalidade! Tente entender o que esperam de você, como é a cultura da empresa, quais são as características do grupo e qual é a oferta que te está sendo oferecida num todo. O seu objetivo é fazer com que os olhos do entrevistador “brilhem” na sua direção.

Pode ser que você vá fazer duas ou três entrevistas na mesma empresa até receber a oferta de um contrato. Desde o princípio é bom que você tenha uma idéia de quanto quer ganhar, preferencialmente por ano. A razão é que cada empresa calcula de outra forma, e se você citar o valor anual, este será “traduzido” nos termos da empresa em questão. A resposta quanto à grana é importante porque se você pedir muito pouco, não se dá valor. Se pedir muito acima do que pretendem pagar, sai do páreo e perde para a concorrência. Na internet há várias formas de pesquisar quanto se paga para um emprego x numa determinada região.

Acima de tudo: seja sincera com você e com os outros. Mantenha as antenas ligadas, observe tudo. Tente analisar se a empresa, as pessoas e o ambiente combinariam com você. Afinal de contas, passamos grande parte da nossa vida no trabalho! Dê-se o devido valor, acredite em você e não mencione nada que não seja visto sob um bom prisma ou analisado de forma positiva. Não mencione pontos negativos se não for ativamente questionado nesta direção.

Importante: se você receber seus documentos de volta, ligue para a empresa e peça um retorno da entrevista, do que você poderia ter feito melhor, o que faltou para a decisão ter caído na sua pessoa. Ninguém nasce sabendo tudo ou entendo sinais, muito menos de uma cultura estranha à sua, portanto a tendência é que você melhore de uma entrevista para a outra. Boa sorte!

“O caminho mais curto para o sucesso é sempre tentar mais uma vez, de uma forma diferente.”

Mais algumas dicas aqui.

::Como conseguir um emprego na Alemanha?::

15/07/2008

Eu não sei se já comentei aqui, mas por obra do meu ex-chefe acabei caindo há 3 anos na atual posição, a de diretora de recursos humanos numa empresa de médio porte alemã. Acho que devo ser a única brasileira na Alemanha nesta função! No começo fui literalmente jogada de roupa e tudo numa água gelada, mas com o tempo fui vendo a oportunidade que Deus tinha colocado em minhas mãos através do meu ex-chefe, e fui me acostumando com a idéia, com o novo desafio. Hoje posso dizer que gosto do meu trabalho. Tenho a oportunidade de lidar e crescer com o ser humano. De fazer algo por ele, de dar e receber. E nesta troca boa, tenho um lugar onde me sinto útil, necessária, parte integrante de um time. E isso é bom.

Às vezes as pessoas me procuram perguntando como conseguir um emprego aqui na Alemanha. Para os que ainda não estão aqui é bem mais difícil, depende do emprego ser bem pago para justificar a concessão de um visto de trabalho. Mas muitos já estão aqui e já têm direito a trabalhar, e precisam portanto analisar suas reais chances no mercado de trabalho. Se julgar necessário, complete suas lacunas com um curso na área ou o estudo de um idioma. Mas o mais importante: mova-se! Muitas vezes você mesmo pode ser seu maior inimigo, inventando desculpas de porque não vai pode dar certo com você. Isso é normal, é humano. Mas deixemos isso tudo de lado: cada um pode e deve ter seu lugar ao sol, pois o sol brilha pra todos. E quanto mais brilhamos, melhor nos sentimos, e mais bem podemos fazer a pessoas à nossa volta e à sociedade em si.

Por isso o ponto fundamental é tirar o foco muitas vezes voltado para outras pessoas e centrá-lo só em você mesmo: Quem é você? Do que você gosta de fazer? O que te dá prazer no dia-a-dia? O que queria ser quando ficasse “grande”? O que você faz bem e com pouco esforço? Quais são os últimos acontecimentos que te deixaram feliz e orgulhoso de si próprio? O caminho do auto-conhecimento é o caminho certo para achar um emprego que combine com você e com sua vida atual.

O próximo passo será aprender como se candidatar a uma vaga numa empresa aqui na Alemanha. Prepare seus documentos do jeito que os alemães esperam recebê-lo: com uma carta convidativa com relação à sua pessoa, um currículo em forma de tabela, suscinto e de no máximo duas páginas, contando somente o necessário e o essencial, tente reunir cartas de recomendação de pessoas que possam escrever positivamente sobre você, e não se esqueça de caprichar na foto, na apresentação da papelada e de copiar seus diplomas, mesmo que ainda não tenham sido reconhecidos aqui (claro que dependendo da profissão, sem reconhecimento, não será possível trabalhar na sua área, eu sei). Você pode também preparar tudo isso em um arquivo PDF, se ficar grande pode comprimi-lo, e assim economizar sempre que a empresa permitir a candidatura a uma vaga por e-mail.

Antes de começar a se candidatar, é importante também definir pra você o que é importante no momento: Quantas horas quer trabalhar no máximo? Aqui há vários modelos de trabalho integral/parcial. O que tem a oferecer? Em que tipo de empresa gostaria de trabalhar? De grande ou de pequeno porte? Em grupo ou sozinho? Como seria a empresa ideal? A quantos quilômetros da sua casa no máximo? Quem vai tomar conta das crianças enquanto você for trabalhar? Como fará para resolver eventualidades, p.ex. doença do filho, etc.? Faça o máximo de perguntas internas, encontre para si seu trabalho atual “ideal”.

Depois começa a busca em si: não se limite a simplesmente enviar currículos para empresas que ofereçam vagas no jornal ou na internet. Seja criativo e diferente dos demais: faça uma pesquisa das empresas na sua região que lhe interessam, também com a ajuda da “Agentur für Arbeit”, e envie seus documentos com uma carta se apresentando e mostrando suas qualidades. Isso seria o que aqui chamam de “Initiativ-Bewerbung”. Se no anúncio constar um número de telefone, ligue para o responsável da área. Demonstre interesse ao telefone. Mencione esse contato telefônico na sua carta de apresentação.

Aqui há várias dicas muito boas sobre a parte da papelada. Ultima dica: coloque no cabeçalho da sua carta, sempre bem visível, todas as maneiras através das quais pode ser contactado e irá retornar o contato (número de telefone, de celular e e-mail). O próximo passo será a entrevista pessoal. Ok, amanhã eu continuo com a segunda parte deste artigo…

.
°°°
01.08.12 – Veja também uma nota atual sobre o cartão azul UE e oportunidade de headhunting agenciado por mim neste post.

::Oito coisas a fazer antes de morrer::

14/07/2008
Sonhos

Recebi esta tarefa da Ana, do Roccana, com as seguintes regras:
1º) Devemos fazer uma lista com 8 coisas que sonhamos fazer antes de morrer;
2º) Ao finalizar convidar 8 parceiros de blogs amigos;
3º) Deixar um comentário no blog de quem nos convidou;
4º) Deixar um comentário no blog dos nossos convidados, para que saibam da intimação;
5º) Mencionar as regras.
.

Então vamos lá… Eu diria que sonho com o seguinte:

  1. Aproveitar meus netos ao máximo (já parto do pressuposto de que serei avó!)
  2. Ver meus filhos felizes e realizados pessoal e profissionalmente
  3. Visitar o máximo de países do mundo
  4. Escrever um livro (pelo menos um auto-biográfico)
  5. Sentir que cresci espiritualmente
  6. Sentir que fiz o máximo que podia por meus semelhantes
  7. Estudar psicologia e/ou filosofia quando me aposentar
  8. Envelhecer com saúde e disposição ao lado do Matthias!

Convido os seguintes blogueiros pra brincar comigo: Silvia, Maira (bem-vinda!), Paula, Sol, Ubirajara, Carla, Claudia (em seu nome ou no da sua filhota) e Denise.

::Hoje é um dia especial::

13/07/2008

Hoje é um dia especial: eu e o Matthias comemoramos nosso 1° aniversário de casamento! Já estamos juntos há quase 8 anos, o Daniel já tem 3 de idade, mas o dia de hoje foi comemorado com direito a café-da-manhã feito por ele e jantar no restaurante espanhol, o mais gostoso da cidade. Só não deu pra ser romântico porque o Daniel não dá trela e bagunça o que pode e não pode e quase nos fez mais uma vez chegar à conclusão que restaurantes e ele são incompatíveis – pelo menos pelos próximos 15 anos.

Se você ainda não tinha percebido que meus textos voltaram a ter acentos: Meu PC voltou!

::De trem pela Alemanha & Europa::

12/07/2008

Andar de trem aqui na Alemanha é super gostoso e é meu meio de transporte predileto. O país tem quase 34.000 km de trilhas e quase 6.000 estacoes ferroviárias. Quase dois milhoes de pessoas e mais de 300 toneladas de produtos sao transportados por ano através das vias férreas. Nesta página, que existe em 9 idiomas, dentre eles o ingles e o espanhol, pode-se planejar viajens de trem nao só dentro da Alemanha, mas também pela Europa.

Há tíquetes bem em conta, como o Inter-Rail, porém somente válido para pessoas que morem há pelo menos 6 meses na Europa. Como há trens noturnos, há muitas pessoas que passeiam de dia e viajam à noite de trem, economizando os hotéis. Há também várias categorias de precos, que dependem do comforto e da velocidade do trem escolhido. Geralmente, como o software da Deutsche Bahn (Linhas Ferroviárias Alemas) logicamente foi feito para gerar lucro, se voce procurar uma viagem sem mexer em nenhuma opcao apresentada, a tendencia será que o programa procure pela viagem mais rápida e, consequentemente, mais cara.

Vou dar alguns exemplos de como viajar mais em conta de trem aqui na Alemanha:
– Observar os tíquetes promocionais (Schönes-Wochenende-Ticket e os tíquetes dos estados, como p.ex. Baden-Württemberg Ticket ou Bayern-Ticket (dependendo do trajeto que for fazer, pode ser que valha mais a pena comprar os tíquetes dos estados em questao);
– Observar os tíquetes regionais para viagens para distancias máximas de 50 ou 100 quilometros;
– Observar o valor de tíquetes diários e para grupos;
– Dar uma olhada, antes de comprar o tíquete desejado, se a Deutsche Bahn está com alguma promocao. No momento, p.ex., há uma promocao para viagens dentro da Alemanha para 2 adultos acompanhados de suas criancas por 49 euros;
– Se for ficar aqui por um ano, pode ser que valha a pena comprar os cartoes Bahncard 25, Bahncard 50 ou até o Bahncard 100, que lhe darao respectivamente 25%, 50% ou 100% de desconto em todas as passagens adquiridas ao longo de um ano (Se quiser comprar um Bahncard, clique aqui);
– Verificar se há precos especiais como p.ex. Sparpreis 25 e Sparpreis 50 – descontos de 25% e 50% no preco da passagem individual (uma vez ganhei 50% de desconto na 1a. classe e minha viagem ficou mais barata do que se tivesse viajado de 2a. classe);
– Ao solicitar a procura através do programa da página citada acima, faca várias pesquisas olhando o preco dos trens mais rápidos, depois sem ICE (o mais rápido), e depois sem ICE/IC/EC (as opcoes mais rápidas) e, por último, somente usando trens regionais. Observe as possíveis ofertas em cada resultado, o tempo de viagem e o número de trocas de trem que terá que efetuar durante o percurso.

A compra das passagens poderá ser feita online, através do seu cartao de crédito. Se nao quiser observar tudo isso, pode comprar sua passagem diretamente na estacao ferroviária, mas terá que pedir expressamente a “opcao mais em conta” pois se nao falar nada, poderá receber somente a opcao mais rápida e consequentemente mais cara. Se for estudante ou acima de 60 anos, nao deixe de citar este detalhe, que pode resultar em um tíquete mais barato. Se comprar sua passagem na internet, seu tíquete será um arquivo PDF, que irá receber por e-mail depois de efetuada a compra, sendo que o documento apresentado na compra será seu documento de identidade, tendo que ser apresentado ao longo de toda a viagem. Um resultado de uma procura poderia dar no seguinte:

08:31 Konstanz 2
09:15 Zürich 1

09:36 Zürich 4
10:28 St. Gallen 6

Os horários, um pouco inacreditáveis para nós, sao mesmo os horários em que os trens deixarao a plataforma da estacao ferroviária em questao, muitas vezes pontualmente, apesar da Deutsche Bahn nao gozar de bom conceito perante a populacao alema por conta de seus constantes atrasos. O número depois da cidade será o número da plataforma. Por consegüinte, o número depois da cidade de chegada ou onde haverá uma troca será a plataforma onde voce irá chegar, o outro número depois do próximo horário, ainda na mesma cidade, o número da plataforma para onde voce deverá se dirigir. Normalmente ainda há dados sobre o nome do trem, o que voce ainda poderá reconfirmar nos painéis de aviso dos trens. Interessante é que cada trem, com seu respectivo nome, vai sempre parar num exato lugar da plataforma, que normalmente é dividida em partes (A-E, p.ex.). Isto significa que se voce tiver feito uma reserva para o vagao 252, irá poder verificar, mesmo antes do trem chegar, onde exatamente o vagao irá chegar, já podendo se dirigir de antemao à parte da plataforma correspondente.

Eu, da minha parte, adoro viajar de trem aqui! É muito prazeiroso, ainda mais contando que na maioria das vezes estou viajando com o Daniel e ele adora viajar de trem, tendo espaco e podendo se movimentar, ir ao banheiro, ao restaurante, dar oi pra outros passageiros, brincar, etc. Há vagoes ou parte de vagoes especiais para criancas, há restaurantes, há vagoes com células separadas com 6 lugares e vagoes com lugares divididos por mesas, onde 4 pessoas podem sentar-se juntas. Há vagoes dormitórios e há a possibilidade até de viajar e levar seu carro junto na viagem, pois em várias rotas é feito também o transporte de carros.

As paisagens vistas do trem sao, em sua maioria, muitíssimo mais bonitas e interessantes do que as vistas de carro, das rodovias de alta velocidade aqui na Alemanha (Autobahn). Caso o seu trem se atrasar, ainda pode tentar falar com o pessoal de bordo para se informar se o próximo trem ainda poderá esperar na outra estacao, e se nao for possível e sua viagem se prolongar por causa do atraso, nao deixe de investir um tempinho na reclamacao, pois receberá um formulário para preencher e tentar ser resarcido de pelo menos uma parte do valor pago pelo seu tíquete.

Dependendo do tipo de trem que escolher, encontrará um conforto similar a uma viagem de aviao, com cadeiras super anatomicas, conexao de internet e programa de rádio. Os trens mais simples tem assentos menos luxuosos, sao mais barulhentos e menos confortáveis. Há trens de dois andares, na cor vermelha, como os onibus double decker de Londres.

O interessante com relacao a espaco aqui na Alemanha é que cada passageiro, mesmo se tiver reservado só um lugar, pensa, ou melhor tem certeza de que o lugar do lado dele também lhe pertence!… Invariavelmente a pessoa ocupa primeiro para si própria dois lugares. Somente se voce perguntar se o lugar está vago ou se alguém chegar e mostrar a reserva para o outro assento, é que este será liberado. Antes de se sentar, observe as reservas: elas estarao sempre anotadas na parede do trem, de forma eletronica nos trens mais rápidos e de forma escrita nos mais lentos.

Se eu me lembrar de mais alguma informacao interessante ou se alguém de voces que mora aqui quiser completar mais alguma coisa, pode incluir seu comentário. Eu e os próximos turistas rodando pela Alemanha agradeceremos!

::Momento arco-íris::

09/07/2008

Muito obrigada pelas palavras de voces… Ando precisando… Realmente concordo com tudo o que escreveram. Muito obrigada de coracao.

Agora um momento muito arco-íris, com todas as cores e brilho: minha irma Re deu a luz no domingo retrasado ao seu primeiro filho, Dominic (que já ganhou apelido de “Mimi”). Acabo de receber esta fofo linda, fofa, doce… Nao dá vontade de morder? 🙂 Bem vindo ao mundo, Dominic!!!

Dominic 1

::Ouvindo Maria Rita – Samba Meu::

08/07/2008
Maria Rita

o meu samba vai curar teu abandono
o meu samba vai te acordar do sono
meu samba não quer ver você tão triste
meu samba vai curar a dor que existe
meu samba vai fazer ela dançar
é o samba certo pra você cantar

Mais sobre ela (em alemao) aqui.

%d blogueiros gostam disto: