::Mulheres difíceis – Parte 3::

Assisti hoje à noite uma parte do filme que conta a história verdadeira da Tina Turner, intitulado “What’s love got to do with it“. Como minha memória está piorando com o passar dos anos, tenho a vantagem de poder ver o mesmo filme repetidas vezes e em cada uma delas vibrar com o desenrolar da história… Desta vez vi só o finalzinho, mas quando o filme acabou, fiquei me perguntado se tinha listado a Tina Turner como um exemplo de mulher difícil, conforme os posts que escrevi aqui e aqui. E não é que tinha esquecido dela? Como pôde ser possível? Deve ter sido devido à minha idade… Eu sou muito feliz também por já tê-la visto uma vez ao vivo, ela tem uma energia muito contagiante e não é pra menos!

Tina: independentemente de onde quer que você esteja hoje em dia: te admiro, te idolatro, gosto muito do seu caráter e da força inspiradora que você tem e mostrou tão bem no filme de sua vida. Que o amor e a harmonia continuem a te acompanhar por seu caminho. E que você continue sendo exemplo de uma mulher difícil pra todas nós.

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: