::Grande decepção no desfecho do causo Paula::

A decepção com o desfecho do causo Paula na Suíça foi realmente grande: enquanto que principalmente no Brasil tentam repassar para a população um argumento, no mínimo, altamente duvidoso (vejam abaixo o comentário que acabo de receber por e-mail da minha mãe), aqui anunciaram através de informantes do meio policial que a advogada estava provavelmente atrás de uma ajuda governamental da Suíça para vítimas, que gira em torno de 50-100 mil francos suíços.

“A família disse que ela sofre de uma doença chamada Lupus que ataca o sistema imunológico e os médicos daqui têm explicado na tv, que a doença causa alucinações, mania de perseguição, etc.”.

E pensar que Lupus é uma doença que impede a pessoa de conviver com a luz do sol… Será que a família da dita cuja está agora tentando salvar sua pele no Brasil? Dizem que o tal namorado suíço dela sumiu, vai ver que ele também estava querendo faturar em cima da história… Pelo que tudo indica uma pessoa de mau caratér que, tentando denegrir a imagem da Suíça e faturar com isso, acabou denegrindo a imagem do Brasil no exterior. O certo é que os brasileiros, principalmente os que vivem na Suíça, devem se distanciar desta história, pois a loucura e a ganância de uma pessoa não podem e não devem ser repassadas para todo o grupo de brasileiros no exterior.

P.S. em 25.02.2009 – Acho que não tenho o direito de julgá-la. Quem sou eu para tentar adivinhar o que se passou na cabeça desta pessoa, quais foram seus reais motivos… Quem sabe ela seja mesmo doente e não possa responder por seus atos? Mostrando meu mea-culpa deixo meus pensamentos acima, mesmo tendo mudado de idéia quanto a este caso. Obrigada Juliane, por me ter feito refletir mais sobre o ocorrido!

Anúncios

Tags: , , , , , ,

10 Respostas to “::Grande decepção no desfecho do causo Paula::”

  1. Claudia Says:

    Repórter Mineirinha resumindo as notícias do dia! Quando nao dá tempo de ler o jornal, eu venho aqui e fico logo informada :o)… Aff, que estória, hein? Beijos, Claudia

  2. Luis Alberto Friedrich Says:

    Quando vi a primeira foto dela, no 1º dia, eu logo falei p/minha esposa, isto foi autoflagelo, pois dificilmente este tipo de corte, sendo criminalmente, são superficiais, como o desta pessoa.
    Pior, veio o nosso presidente logo após o acontecido, defender ela e sua familia, como explicar um fanfarrão na politica Internacional?

    • Sandra Santos Says:

      Oi Luis Alberto,
      Espero que ele tenha tirado uma licao do acontecido. Da próxima vez, ele deveria observar e esperar o desenrolar dos fatos. Como um bom mineiro! 🙂
      Um abraco,
      Sandra

  3. Tania Aparecida Belderrain Spillmann Says:

    Me desculpe. Dessa maneira essa brasileira estaria provavelmente estragendo a nossa imagem aqui na Europa. É uma vergonha!!!!!!

  4. Fabiana Kühn Says:

    Olá Paula,

    Achei seu site por acaso. Gostaria de entrar em contato com você. Vivo na Alemanha há 2 anos e agora criei um site, tendo em vista a visao limitada que eles tem a respeito de nós no Brasil. Gostaria de falar um pouco mais desse proejto com você.

    Um abraco,

    Fabiana

  5. ceci Says:

    que vergonha! espero que os suiços nao generalizem!!! eu te disse desde o comeco que esta historia era estranha ne? e esse tal namorado hein?! onde anda o cara?

  6. Juliane Says:

    Oi Sandra, moro na alemanha há quase 3 anos e leio sempre suas reportagens no viver-na-alemanha.de e gosto muito.Gostaria de escrever um pouco sobre o caso Paula.Eu li na terra.com uma reportagem do comentarista Franciso Vianna e ele disse: “Se Paula errou, erram também todos aqueles que acreditaram nas evidências sem verificar o que acontecia.Vivemos uma cultura do imediatismo. Se age primeiro para pensar depois. O grande tribunal da opinião pública muitas vezes julga antes de verificar as provas reais. Cede-se facilmente a manipulação.É preciso refletir sobre os antigos para melhor compreender os tempos presentes. Caso contrário, continuaremos presos à comunicação espetáculo, a confundir máscaras com o verdadeiro rosto da realidade. Ou seja, misturar neuroticamente fatos com versões. Essa é a lição maior do caso da brasileira Paula: não se vê com os olhos, se vê com os fatos.” Resolvi enviar um pouco do que o colunista escreveu porque li a sua materia sobre o caso e alem de concordar com ele, achei interessante , nao sei se voce leu essa materia também, mas se leu, desculpe-me, se nao, segue mais uma informacao sobre o assunto e espero que eu nao esteja sendo inoportuna.
    obrigada

    • Sandra Santos Says:

      Obrigada Juliane, ainda nao conhecia a matéria e vou le-la em seguida. Seja sempre bem vinda aqui no meu blog, também para exercer seu poder de opinar e trocar idéias conosco. Um beijo, Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: