::Inglês aprende alemão em uma semana::

Ontem tinha lido um artigo fantástico datado de 02.03.2009 da revista alemã “Der Spiegel” sobre a existência de uns 50 savants (pessoas altamente inteligentes, donas de uma inteligência fenomenal em alguma área de conhecimento) no mundo, no caso de um deles, o autista inglês Daniel Tammet, que aprendeu alemão em uma semana. No mesmo dia à noite, assisti uma entrevista na televisão com ele (programa Beckmann, canal ARD), e constatei que ele fala realmente um alemão muito bom – curiosidade: com sotaque francês, pois ele mora na França. 😉 Ele tem uma afinidade imensa com números e idiomas e deu várias dicas e informações altamente interessantes para quem que se desenvolver nestes dois campos de conhecimento:

Os números e as palavras têm cores e formas (redondas, forma de asas, etc.). Apfel (maçã) para ele é vermelha, Gras (capim) é verde, e começa com “g” de grün (verde). 53 é um número “gordo”, 37 é um número com formato de uma asa… Fiquei super curiosa para sabe a forma dos números 13 e 41…

Para aprender um idioma, tem-se que ter muito prazer e pouco estresse;

Os métodos da escola (decorar, repetir declinações, etc.) é o pior. O melhor seria aprender um idioma como uma criança, como alguém que aprende sua língua pátria, de forma intuitiva, sem analisar demais, mas se propondo a “entrar dentro” deste novo mundo;

É preciso sentir o idioma que se está aprendendo e procurar entender suas estruturas;

Ele sempre começa lendo livros infantis para ter prazer com as estorinhas e porque são fáceis de ler e com desenhos. Depois, ele continua com literatura para adultos, revistas, etc., sempre lendo aquilo que o interessa, que o dá prazer;

Fala o mais cedo possível e o máximo possível, usa o idioma o mais rápido possível;

Encontra similaridades entre as palavras. Por exemplo, ele observou que em alemão as palavras que começam com « kn » são geralmente pequenas e redondas, como Knoblauch (alho), Knopf (botão) e as que começam com « str » são longas e finas como Strasse (rua), Strand (praia), Strahl (raio), Strumpf (meia);

Para ele, que assimila um idioma com todos os seus sentidos, que estão interconectados entre si, as palavras têm cores e formas e são ligadas a sentimentos;

Ele ensina que em muitos casos palavras que são mais usadas, costumam ser curtas, e palavras menos usadas são mais longas;

Ele descreve a língua alemã como um idioma poético, transparente e elegante. Concordo! 🙂

Ele sugere que todos nasceram com talento para matemática e para idiomas. Só que os talentos são esquecidos ao longo do tempo, principalmente na escola, onde os métodos de ensino não são sempre os melhores.

Seu recado: “Eu acredito, que todo ser humano tem determinadas habilidades e talentos. Eu espero que as minhas experiências sirvam para que cada um descubra em si seus talentos e os desenvolva. Todo mundo pode desenvolver sua mente. E isso dá muito prazer”.

Outro lado interessante de uma pessoa como Daniel Tammet é que ele contou suas dificuldades no dia-a-dia: ele não consegue, por exemplo, guardar a fisionomia de pessoas, pois elas são cheias de detalhes e a cada dia a pessoa muda um pouco. Mais fácil seria guardar a fisionomia de uma foto… Outra coisa que ele não consegue é dirigir carro. Ele tem muita informação e muito detalhe pra observar, e não consegue se ater ao objetivo principal de guiar o carro. Achei esse cara fantástico! Resumindo, me parece que ele ensina a não “lutar” contra as coisas, mas ser curioso, interativo e “ir na onda” do novo.

Anúncios

Tags: , , , ,

14 Respostas to “::Inglês aprende alemão em uma semana::”

  1. Laudenice Says:

    Poxa Sandra, que inveja, soh de lembrar o quanto eu penei e ainda peno 🙂 pra falar o meu alemaozinho :D:D:D beijos

  2. Taty Says:

    Nossa, é muuuito verdade o que ele disse “aprender um idioma como uma criança”… eu tive sérios problemas em aprender inglês quando pequena… quando fui para uma escola que focava em neurolinguistica abri as portas apara o prazer das línguas. Hoje falo inglês e espanhol fluentes e alemão e francês básicos, além do português. E tenho certeza de que se tivesse tempo aprenderia até Russo…. mas o problema, e que ele tem razão, é que as pessoas devem criar sua metodologia de aprendizado… muitos acabam vendo apenas os que as escolas ensinam e não aprende tudo….
    Beijos

  3. Maira Says:

    Achei fantástico tb, mas nao muito diferente do q eu fiz pra aprender alemao em um ano. A gde diferenca é q eu precisei de uma ano e q eu nao escolhi aprender alemao porq queria, mas sim porq precisava e acho q essa é a forma mais difícil, pois vc precisa aprender a querer aprender ja estando dentro do processo. Quase todas pessoas q conheci na escola estavam na mesma situacao e descobrimos o prazer em aprender alemao juntas, pois “inventamos” o nosso dialeto e para nos conhecermos melhor era preciso melhorar nosso alemao. Conheci outras pessoas q nao tiveram muita sorte com amigos nos primeiros meses e simplesmente desistiram. Bem complexo. Eu queria ser um gênio tb, saco! E tb queria ver a língua alema com toda essa pompa q ele descreve, mas acho ela inteligente pra caramba, mas dura. Sem musicalidade q é o q eu mais amo nas línguas latinas. ((((-:

  4. Tania Aparecida Belderrain Spillmann Says:

    O artigo acima é muito bom. Eu aprendi alemão porque quiz e porque gosto. Na verdade sou prof. de 4 idiomas e tenho a capacidade de aprender tudo muito rápido. Também usei muitos truques que o nosso amigo inglês também usou. Vou passar as dicas para os meus alunos que aprendem português para estrangeito. Acabei de guardar o seu artigo.

    Abraços de Reutlingen na Alemanha

    Tânia

  5. Meire Bagoli Says:

    O artigo é ótimo. Parabéns.

  6. Anderson Says:

    Muito interessante esta matéria! Ela nos incentiva ainda mais a estudar idiomas, o que aliás, para mim, é um prazer. Infelizmente vou “dar um tempo” no Alemão, pois preciso me concentrar no Inglês. O motivo: vou preparar alunos para o Vestibular, através de um projeto voluntário desenvolvido em minha Igreja. Com as dicas de Daniel Tammet espero fazer alguns progressos… Beijos, Mineirinha!

    • Sandra Santos Says:

      Ei Anderson,
      Que pena que vc vai dar uma parada no alemao, mas será por uma causa justa. Realmente, com os ensinamentos do Daniel Tammet e sob a perspectiva dele o “medo do desconhecido” com relacao a idiomas fica menor. Depois quero ficar sabendo das suas experiencias como professor, ok? 😉
      Um beijo,
      Sandra

  7. Ciça Says:

    Eu faco qualquer coisa para falar, entender e escrever alemao melhor! Oh cabeca a minha!!!

  8. Paula Says:

    eu vi uma entrevista sobre savants, são realmente pessoas fascinantes!

  9. Lu Says:

    Oi Sandra! 🙂
    Bem interessante esse post, já li algo sobre isso… e quanto a ele ver cor e formas, eu vejo cores em todas as palavras q eu falo, penso, escrevo…rsrs e já li que isso é “um quase-defeito” no cérebro…tem gente que “ouve som” em imagens e tal, bem interessante…diferente dele eu gravo todas fisionomias e números que vejo e minha memória as vezes me dá medo rsrs…mas só…aprender alemão em 1 semana já não faz parte de mim hahaha
    bjss
    ps: pesquisa por Sinestesia http://newserrado.com/2008/05/08/sinestesia-sinta-cheire-oua-e-deguste-as-cores/
    Luana

  10. Idiomaniac Says:

    Olha, com todo o respeito, aprender alemão em uma semana é uma piada. Eu falo seis línguas, e posso dizer que aprendo idiomas em tempo recorde, todos meus professores e conhecidos ficam impressionados. Mesmo assim, pra aprender alemão, levei seis meses (que é um tempo absurdamente curto pra maioria das pessoas). Logo, dizer que aprendeu em 1 semana, sem conhecimento prévio da língua, é pura e deslavada mentira.

    • Sandra Santos Says:

      Será? Se a pessoa divulgou e provou, nao duvido a nao ser que me provem o contrário. Bom, mas se levarmos em consideracao que nem os alemaes sabem alemao 100%, ainda estamos todos em processo de aprendizado, hehehehe…
      Um abraco,
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: