::A primeira bicicleta a gente nunca esquece::

O Daniel ganhou a primeira bicicleta com pedais de presente. Bicicleta com pedais? Sim, a bicicleta anterior era sem pedais e tinha sido um presente da vovó do Brasil. Ela parece ser um artigo pouco conhecido no Brasil, se não estou enganada. Na Alemanha há vários modelos diferentes de bicicletas sem pedais que podem ser vistos no site da Amazon. Achei uma bicicleta parecida de madeira no Brasil que se chama “Bichiclo” aqui.

Sempre me disseram aqui na Alemanha que através da bicicleta sem pedais a criança aprenderia a ter equilíbrio bem mais rápido e não iria precisar de bicicleta com rodinha, e isso realmente é verdade: ele aprendeu a andar de bicicleta em poucas horas! Só não sabe ainda frear direito, o que estamos treinando com ele… O mais curioso é que o capacete protetor dele foi mais caro do que a própria bicicleta, pois por conhecer meu filho e seu jeito destemido comprei um bom capacete, novinho em folha, e a bicicleta foi de segunda mão, porque ela vai servir só para alguns meses neste ano e depois vai ser passada pra frente. Para quem por ventura ainda não conheça as palavras : Laufrad (literalmente “roda para andar”) é a bicicleta sem pedais, Fahrrad (“roda para conduzir”) é a com pedais e Kinderfahrradhelm (capacete de bicicleta para crianças) significa capacete protetor.

Se você está também procurando uma boa bicicleta usada para curtir o sol na Alemanha, agora nesta época há bons mercados de bicicleta usadas, pequenos anúncios nos jornais e mesmo em lojas especializadas é possível perguntar por bicicletas de segunda mão, como no caso da bicicleta do Dani, que foi encontrada numa dessas lojas. Bons passeios!

P.S.-Escrevi este texto ontem à noite e deixei para publicá-lo hoje. O capacete já mostrou sua utilidade hoje, pois o Daniel desceu uma rampa bem longa de bicicleta, bateu o rosto de frente no portão de uma garagem e chegou em casa com o Matthias e com a Taísa chorando até, com a boca e o nariz todo ensanguentados!… Felizmente, além de um corte de 1 cm por dentro dos lábios, não aconteceu nada mais!… Ele chegou até a desmaiar depois do choque, e agradeço por nao tê-lo visto mais uma vez inconsciente, por nao ter visto o acidente e acima de tudo por ele não ter perdido dentes! O mais incrível é que passada uma hora, onde ele ficou deitado com gelo na boca, chorou ainda em estado de choque e só podia tomar bebidas com um canudinho, o papai perguntou se ele queria andar de bicicleta e ele respondeu imediatamente que sim!…

Anúncios

Tags: , , , , , ,

11 Respostas to “::A primeira bicicleta a gente nunca esquece::”

  1. Ana Says:

    Putz, Sandrinha!
    Ainda bem que ele não ficou com medo!
    Que ele leve esta capacidade de superação para o resto da sua vida!

    ____________________________________________________________

    Meu filho sofreu um acidente de bicicleta, quando tinha 11 anos, e fraturou a perna, além de ter tido pequenas rachas no crânio. Susto, cirurgia, meses com a perna engessada… Quando passo a mão na cabeça dele sinto o calo ósseo, no local.

    Tempos depois caiu (na mesma bicilcleta, que ele não abriu mão de continuar andando) e quebrou o nariz – que era perfeito – e agora exibe pequeno alargamento, também em razão do calo ósseo…

    E quebrou um ombro, porque caiu de um cavalo, aos 5 anos. E quebrou outro ombro, quando caiu, descendo de um ônibus, aos 17…

    O que posso dizer é que realmente foram “acidentes”. Ele tem temperamento tranquilo, embora esteja sempre envolvido em alguma coisa.

    E, aos 25 anos, continua obstinado, determinado e correndo atrás do que acredita. Não ficou nenhum trauma, nenhum medo.

    Temos mais é que agradecer aos Anjos da Guarda dos nossos meninos!!

    Grande beijo!


    Ana
    http://roccana2.blogspot.com/

    • Sandra Santos Says:

      Oi Ana,
      Obrigada pelo apoio, dando seu filho como exemplo a ser seguido! E obrigada também por ter tido paciencia de digitar o mesmo comentário por duas vezes!
      Boa semana para vc e beijos,
      Sandra

  2. Laudenice Says:

    Oi Sandra 🙂 nada como ser jovem e cheio de coragem pra enfrentar o que der e vier 🙂 que vcs aproveitem muito essa primavera que finalmente resolveu dar o ar de sua graca. Estou planejando ir pra Überlingen talvez mês que vem, qualquer coisa te dou um toque 🙂 adoraria te rever. Beijos

  3. ceci Says:

    ai Sandrinha, tadinho. O Dani é sapequinha mesmo com a carinha e os cabelos! de anjinho né?! Mas normal, a Celle caiu inúmeras vezes e quebrou braço, se ralou toda também. Acho que nós maes sofremos mais que a crianças né? Espero que seu anjinho já esteja bem. beijinhos a você e à todos aí!! parabéns atrasado pro livrinho!
    Ceci

    ps: ‘Bichiclo’ é ótimo!

  4. Roberta Says:

    Olá, Sandra! Venho acompanhando seu blog já tem um tempinho, e estou gostando muito! Está de parabéns! Devo ir morar aí na Alemanha daqui a uns dois anos, então procuro informações sobre o país e sua cultura, para já ir me familiarizando! Você tem dicas para me dar? =)
    Gostei muito da história do seu filho… me lembrei de quando aprendi a andar de bicicleta, e é uma ótima experiência, né?
    Voltarei mais vezes para acompanhar seu blog!
    Abraços! :*

    • Sandra Santos Says:

      Oi Roberta,
      Obrigada pelos parabéns. As maiores e melhores dicas que tenho estao todas contidas no livro, que sao um resumo dos textos mais lidos e comentados aqui e da minha época de colunista no Viver na Alemanha. Se tiver interesse em adquirir o livro, é só falar.
      Um beijo,
      Sandra

  5. Vera Joana Says:

    Oi Sandra!
    Que bom que o seu filho não perdeu a vontade de andar de bicicleta, hein! Vou confessar uma coisa, meu marido me deu minha primeira bici no meu aniversário de 36 “aninhos”, em outubro do ano passado! Aprendi a andar com ele me empurrando no fim da tarde de um sábado em um parque! Foi sensacional! Aprendi a andar e desde então, curto de montão andar de bici!
    Ah, comecei a ler o seu livro, muito gostoso! Na verdade, ainda tenho muito trabalho para fazer, mas a curiosidade era muito grande!
    Continue escrevendo!

    • Sandra Santos Says:

      Oi Vera,
      Que bom que vc está gostando do livro!
      Andar de bicicleta é mesmo muito bom e nunca é tarde para comecar – ou recomecar – a andar. E como o Daniel decidiu, também nunca parar!
      Um beijo,
      Sandra

  6. ::Meio dia de férias:: « Mineirinha n’Alemanha Says:

    […] como recordação do rei do pop. Depois saímos para fazer um passeio de bicicleta. Desde o acidente do Daniel, hoje foi a primeira vez que ele tentou descer algumas ruas, pois até hoje ele descia da bicicleta […]

  7. Roseanny Lima Says:

    Para os papais e mamães que adoram incentivar o desenvolvimento das crianças sugiro uma bicicleta de madeira chamada Bichiclo para crianças de 2 á 5 anos, que traz para as terras brasileiras o conceito alemão de desenvolver equilíbrio, autoconfiança e independencia em seus filhos.

    A Balão Cultura tem esse produto. Olha que linda a bicicleta:
    http://www.balaocultura.com.br/index.php?route=product/product&filter_name=bicicleta&product_id=588

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: