Anúncios

Archive for janeiro \15\UTC 2011

::Reportagem da revista alemã “Der Spiegel” sobre as causas da enchente em Teresópolis::

15/01/2011

Traduzo uma pequena parte da reportagem da revista “Der Spiegel” de Jens Glüsing de 15.01.11:

Zehntausende Menschen haben sich allein in Teresópolis in den vergangenen Jahren neu angesiedelt: Die Reichen aus Rio kauften teure Grundstücke in den Flusstälern, weil sie hier eine Zuflucht vor dem Stress und der Hitze der Großstadt fanden. Die Armen bauten oben an den Hängen ihre Hütten, weil die Reichen neue Jobs nach Teresópolis brachten: Sie brauchen Gärtner, Putzfrauen, Hausmeister, Kindermädchen und Köche.

Die Behörden haben der grenzenlosen Bauwut keinen Einhalt geboten: Die Reichen sind zu mächtig und die Armen zu zahlreich. Die Natur hat sich jetzt an beiden gerächt.
°°°
Muitas 10.000 pessoas tinham ocupado a cidade de Teresópolis nos últimos anos: os ricos do Rio compraram lotes caros nos vales dos rios, porque ali eles conseguiam fugir do estresse e do calor da cidade grande. Os pobres construíram suas casas nas favelas das montanhas à sua volta, porque os ricos trouxeram novos empregos para Teresópolis: eles precisavam de jardineiros, empregadas domésticas, zeladores, pessoas para tomar conta de suas crianças e de cozinheiros.

Os órgãos governamentais não conseguiram colocar ordem na construção descontrolada que assolou a região: os ricos são poderosos demais e os pobres são numerosos. A natureza acertou as contas com ambos.

::Escreva um blog::

15/01/2011

Se for uma pessoa que quer dividir suas ideias na internet mas não sabe como começar um blog, eis aqui um tutorial da própria WordPress dando mil e uma dicas sobre blogs. Bom final de semana! 🙂

::Ajuda humanitária para o Rio::

14/01/2011

O desastre na região serrana do Rio nos últimos dias está sendo visto pela Folha como o maior desastre natural no país envolvendo chuvas. Em decorrência de fortes tempestades e deslizamentos de terra, a tragédia já contabiliza 520 613 mortos.

Nota informativa do Consulado-Geral do Brasil em Munique:

Tendo em vista o desastre ambiental que atingiu três Municípios do Estado do Rio de Janeiro, com a ocorrência de 267 mortes registradas até a manhã do dia 13 de janeiro de 2011, e a devastação de grande parte da infraestrutura das cidades de Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, informamos os dados das seguintes contas bancárias, abertas por aquelas Prefeituras especialmente para recepção de ajuda humanitária aos atingidos pelas enchentes:

SOS Teresópolis – Donativos
Banco do Brasil
Agência: 0741-2
C/C: 110000-9
CNPJ – 29.138.369/0001-47

SOS Teresópolis – Donativos
Caixa Econômica Federal
Agência: 4146
C/C: 2011-1
CNPJ – 29.138.369/0001-47

Prefeitura de Nova Friburgo
Banco: Banco do Brasil
Agência: 0335-2
Conta: 120.000-3

Defesa Civil – RJ
Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0199
Operação: 006
Conta: 2011-0

Viva Rio (organização não-governamental)
Banco: Banco do Brasil
Agência:1769-8
Conta-corrente: 411396-9
CNPJ: 00343941/0001-28

Atenciosamente,

Consulado-Geral do Brasil em Munique
Sonnenstrasse 31
Telefon: (089) 21 03 76-0
Telefax: (089) 29 16 07 68
E-mail: munbrcg@t-online.de
http://www.consulado-geral-do-brasil.de

°°°

Nota minha: A Folha indica outras formas de doação. Confira aqui. Se cada um de nós ajudar um pouquinho, e pedir pros amigos ajudarem também, faremos uma corrente de solidariedade! Veja imagens do desastre p.ex. no YouTube e fique boquiaberta com a intensidade do desastre…. 😦

::Pedro Morais, a cor púrpura e borboletas azuis::

14/01/2011

Não sabe o que ouvir no momento? Está com saudade de MPB, mas das boas? Ouve sempre as mesmas músicas e gostaria de descobrir um novo cantor? Está cansado de músicas sem conteúdo e quer ser tocado por letra e arranjo, bem no fundo da alma? Achei tudo isso e mais um pouco no novo CD “Sob o Sol” do cantor, compositor e instrumentalista Pedro Morais, de 28 anos, um “Zeca Baleiro” das minhas Minas Gerais. As letras, assinadas por ele com pareceria de Magno Melo, são simplesmente maduras demais, profundas demais pra uma pessoa da idade dele, poesia pura e infinita. Quando estava em Beagá no meio do ano, rodei a cidade atrás do CD dele pra comprar, desejei tanto ouvir o trabalho dele por enquanto, que foi na internet que acabei achando aqui seu CD completo pra baixar grátis. Achava que não poderia nem divulgar isso, que era pirataria, que era ilegal, mas acabo de ler aqui que o próprio cantor está a favor da divulgação da sua obra desta forma, pois vê assim uma forma de ficar mais conhecido e de aumentar o público para suas apresentações ao vivo. Ai, como eu gostaria de ir num show dele! Gostaria também de comprar o CD, pois gosto de ver/ter o trabalho final, pegar no CD, abrir o livreto, ler as músicas, ler os agradecimentos, leio tudo mesmo. Quem sabe na próxima viagem ao Brasil? Enquanto isso, vou ouvindo as MP3, nos últimos dias repetidamente, uma vez atrás da outra. Recomendo! Vale a pena conhecer a voz e a arte deste artista, que com certeza ainda verei crescer e ficar famoso em todo o Brasil, pois talento ele tem de sobra!

***
Die Farbe Lila

Hoje à noite assisti o resto do filme “A cor púrpura” do Steven Spielberg. Vi o restante do filme, isso porque muitas vezes que me deito no sofá e quero ver um filme, acabo dormindo de cansaço. Em algum momento da minha vida eu já tinha assistido este filme, tinha ficado uma boa lembrança, mas eu não me lembrava mais dele. Com certeza eu ainda era muito jovem para ele quando foi lançado, em 1985. Que obra prima! Depois de um filme como este, seria difícil pensar que uma pessoa continue desacreditando em Deus (ou como quer que ele/ela queira chamar a força positiva, transformadora e amorosa do universo) ou que continue existindo a suposição de que nós, seres humanos, sejamos divididos em raças, classes, mais e menos inteligentes, mais e menos dignos de amor…. Voltando ao filme, ele é simplesmente fantástico! Não é por menos que o Steven Spielberg ganhou tantos prêmios com esta obra! Se houver alguém que por ventura ainda não tenha visto o filme, vá correndo comprá-lo/vê-lo/pegá-lo emprestado. Vale também a pena ver de novo! Por acaso ele está à venda na loja do Matthias, por meros 4 euros.

***

Borboletas

Borboletas por todas as partes! Passei o ano pensando fixamente numa companheira minha, a borboleta azul. Coloquei-a no logotipo da Connex, pensei nela firmemente. Acho que o ano de 2010 foi o ano das borboletas pra mim. Passei o ano vendo muitas delas, no Brasil foram muitas, até voando na frente do carro, durante as viagens e aqui, antes do inverno ter chegado, elas também estiveram muito presentes. Qual não foi minha surpresa ao constatar, no meu primeiro dia de trabalho na nova empresa, que o programa com o qual trabalho principalmente tem no logotipo, imaginem, uma borboleta azul! 🙂 O inverno chegou e elas não desapareceram. Continuei vendo-as, impressas, coloridas, multicores, de todos os formatos e formas. Sinais, bons sinais. Conversando com minha prima, constatamos que temos a mesma companheira nesta vida. E você, tem também algo/um bicho/um talismã que o acompanha pela vida?

Sinais! 01:01 da madrugada… Boa noite!

::Consultas médicas / seguro de saúde na Alemanha::

11/01/2011

Na Alemanha todos têm obrigatoriamente um seguro de saúde. Ou ele vai ser o seguro de saúde regular, exigido por lei (gesetzliche Krankenversicherung) ou vai ser privado (private Krankenversicherung). O que determina se a pessoa faz parte de um ou outro tipo de seguro é um montão de leis e, por que não, outras tantas exceções. Falando em geral, o seguro privado é o seguro dos donos de empresa (Selbständige, Freiberufler), funcionários públicos, estudantes e também pode ser o seguro de um assalariado que trabalha na Alemanha e ganha acima de, atualmente em 2011, mais de 49.500€ (salário bruto) por ano, o que é a chamada Jahresarbeitsentgeltgrenze (JAEG): o limite de ganhos anuais para os assalariados que têm seguro de saúde regular do governo. Este valor muda todo ano, então pode ser que um assalariado tenha um seguro privado e depois tenha que voltar a fazer um seguro de saúde regular, de acordo com seu salário anual do ano anterior. Ainda assim, há um terceiro grupo de assegurados: aqueles que poderiam ter um seguro privado, mas ficam no regular por opção própria (freiwillige gesetzliche Krankenversicherung).

O tipo de seguro que a pessoa tem é que vai determinar como serão suas consultas médicas. Já que os médicos tem mais opções pra faturar em cima de assegurados privados, estes têm preferência em toda e qualquer consulta, o que não quer dizer que o nível do seguro regular seja ruim, muito pelo contrário. O nível do atendimento médico na Alemanha é altíssimo, deixa sim muito a desejar no quesito “bom atendimento ao cliente”, mas ainda assim é, em geral, de alto nível. O assegurado privado chega a enfrentar até o problema oposto: como ele é fonte de renda direta para os médicos, há uma tendência maior de “espichar” o atendimento deles, sendo pedidos exames que não são 100% necessários para o diagnóstico de uma doença, só como meio de faturar mesmo em cima da doença alheia.

E como funciona o atendimento? Em geral a pessoa tem que ligar, citar seu seguro de saúde (se for privado) se nunca tiver ido ao dito médico, pedir um horário e o mais difícil: explicar por que precisa do médico e com que urgência. Não é necessário citar que algumas situações podem ser altamente embaraçosas… mas são “ossos do ofício” e quem mora aqui se acostuma com uma certa indiscrição de algumas atendentes. Isso porque as assistentes dos médicos decidem quanto tempo você vai ter que esperar – ou não – até conseguir seu horário. A duração deste tempo de espera pode durar entre algumas horas a alguns meses. Atualmente é necessário esperar-se dentre 2-4 meses para conseguir uma consulta em um médico especialista, e um psicólogo, psiquiatra ou similar tem listas de espera de muito acima de 6 meses.

Geralmente, cada pessoa tem o chamado “Hausarzt“, o médico “da casa”, portanto da família. É ele que cada cidadão aqui visita quando não se sente bem, sendo este o responsável por nos dar uma guia para o atendimento junto a um médico especializado. Isto, claro, caso a pessoa não tenha alta urgência de atendimento médico, quando irá (ou será levada) direto para o hospital (Krankenhaus). As crianças, por sua vez, vão ao “Kinderarzt” (pediatra) e nós mulheres vamos direto ao “Frauenarzt” (ginecologista) sem necessidade de guia anterior.

Para todos os participantes do seguro regular, tem-se que pagar 10 euros por trimestre para o primeiro atendimento no médico “da casa”, e daí lembrar de apresentar este comprovante em outros médicos pra evitar o pagamento dobrado da mesma taxa. Quando recebemos receitas médicas, estas são apresentadas nas farmácias (Apotheken) e pagamos só um valor médio determinado, segundo estou informada, pelo tamanho do remédio. Em geral gasto uma média de mais outros 10 euros com o pagamento de remédios, o que significa que a primeira consulta no trimestre irá custar em média 20 euros, 10 para a consulta e 10 para o remédio (falou a Mineirinha!) 🙂 Claro que há várias exceções, pois como o sistema de saúde é caríssimo e não cobre todos os gastos gerados pelos usuários, a Alemanha tem procurado cortar gastos e vários remédios hoje em dia têm que ser pagos por inteiro, não importanto se você foi ao médico anteriormente ou não. Exemplos deste grupo seriam remédios para doenças comuns tais como dores no corpo, grupe, etc. (p.ex. Aspirina, Paracetamol, Ibuprofen, etc.). Também óculos ou tratamentos dentários são pagos em parte pelo seguro, o restante é pago pelo assegurado. Para terem uma ideia de custos, os óculos do Daniel me custaram aproximadamente 120 euros.

E o que fazer se você tem dificuldades de se expressar em alemão? Em resumo: na dúvida, é melhor ir no “Hausarzt” e pedir pra ele a guia de transferência pro médico especialista, escolher qual será o médico que você vai querer marcar a consulta (por recomendação de amigos e/ou da nossa amiga internet) e dar uma passadinha lá com a guia, marcando a consulta. Há cidades que mantêm listas dos idiomas falados pelos médicos e/ou atendentes da região, e há também em outras cidades o serviço de pessoas que acompanham estrangeiros a atendimento médico para servir como intérpretes. Uma boa opção é pedir para uma amiga ou o marido ser o acompanhante, caso a conversa entre médico e paciente e os termos específicos sejam um impecilho em alemão.

No caso de assegurados privados, o procedimento é diferente: ele recebe as contas das consultas médicas pra pagar, compra seus medicamento pagando os valores completos e tem que coordenar o ressarcimento do valor junto ao seu seguro de saúde. Pra compensar, o seguro de saúde privado tem, em geral, mais regalias, tais como p.ex. atendimento pelo chefe médico no caso de uma operação, quarto individual no hospital, atendimento psicológico, melhor cobertura no caso de tratamentos dentários, etc. Os programas são bastante diversificados, assim como seus custos.

Poderia continar falando deste tema por muitas e muitas linhas… Mas acho melhor parar por aqui e perguntar se ainda ficou alguma dúvida em aberto, se vocês completariam mais alguma coisa muito importante que eu tenha esquecido, e se algum ponto ficou talvez mal explicado. Obrigada à minha leitora assídua, a Roberta, que sugeriu este tema! Agora é sua vez de deixar seu comentário! Obrigada a você também por sua participação!

::Da nossa eterna mania de achar que a vida do outro é melhor::

04/01/2011

Pronto. Hoje ouvi no rádio uma entrevista que me fez pensar. Era de um cara que tinha se proposto a não propor nada para o ano de 2011. Você reagiria talvez com a indagação: “Que cara estranho!”, mas eu, cá comigo, achei o cara o máximo. Ele disse que as pessoas têm mania de se olhar em fotos de outros tempos e de se sentir estranhas em si próprias, não sabendo mais quem são, quem eram, quem foram todas aquelas “outras” pessoas, e que há uma tendência generalizada pela insatisfação, daí a idealização e no próximo passo vem o desejo de alcançar isso ou aquilo, mudar “tudo”, querer “xyz” no ano novo (e só mudar o botãozinho para “sou feliz” se isso for alcançado), achar que só é possível ser feliz morando em tal lugar, etc.

A verdade é que toda vida é, por muitas horas, sem graça, muita gente se sente só, inútil, igual aos demais, num “trote” do dia-a-dia, afundado na areia movediça da tecnologia, domado pela rapidez dos tempos modernos, e pouca gente pára pra pensar que quase todo mundo se sente assim. A idealização nos leva a pensar que “lá” seria melhor do que aqui, que com “fulano” seria melhor do que com “ciclano”, que a vida do outro é muito melhor, e o muro das lamentações vai crescendo a cada dia um pouco mais.

As grandes mudanças acontecem devagarzinho, lá no nosso íntimo, cá conosco, são (em sua grande maioria) fruto de trabalho anterior árduo, as alegrias são tão rápidas que às vezes as reconhecemos como tais e já se foram, e (quase) todo mundo tem que dar duro pra ter o que tem/ser o que é, não importa onde quer que esteja neste mundão de Deus. Uma grande parte da vida é bastidor, uns pedaços imperdíveis são partes integrantes da minha vida, da sua, da dele(a). Tem neguinho ralando pra tudo quanto é lado. O sofrimento existe. O amor também. Temos mais é que aproveitar o calor humano pertinho da gente. Não há sentido na vida sem o tal calorzinho. E temos que ter paciência entre um momento e o outro. Que pensemos nisso.

Ainda assim, tomei até agora algumas resoluções firmes pra 2011: trabalhar mais devagar, ao mesmo tempo prestar atenção aos sinais do meu corpo, e continuar sorrindo pra vida.

Texto também inspirado neste daqui do blog “Cartas à Filo-Sofia”.

::Do preconceito::

03/01/2011

::Os números de 2010::

02/01/2011

As estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau!!!

Números apetitosos

Imagem de destaque

O Museu do Louvre é visitado por 8,5 milhões de pessoas todos os anos. Este blog foi visitado cerca de 89.000 vezes em 2010, o que quer dizer que se fosse uma exposição no Louvre, eram precisos 4 dias para que as pessoas a vissem.

Em 2010, escreveu 130 novos artigos, aumentando o arquivo total do seu blog para 604 artigos. Fez upload de 20 imagens, ocupando um total de 17mb. Isso equivale a cerca de 2 imagens por mês.

O seu dia mais ativo do ano foi 18 de junho com 725 visitas. O artigo mais popular desse dia foi ::Alors on dance – Stromae – em português::.

De onde vieram?

Os sites que lhe enviaram mais tráfego em 2010 foram mineirinhanalemanha.de, google.com.br, search.conduit.com, mail.yahoo.com e lizadelirantementefeliz.blogspot.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por alors on dance, alors on danse tradução, alors on danse, mineirinha na alemanha e stromae

Atrações em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

::Alors on dance – Stromae – em português:: abril, 2010
82 comentários

2

::Ditados e provérbios alemães:: agosto, 2008
8 comentários

3

::Costumes e tradições – 1° de Maio:: maio, 2004
7 comentários

4

O livro e onde comprar abril, 2009
58 comentários

5

::Como conseguir um emprego na Alemanha?:: julho, 2008
101 comentários

Alguns dos seus artigos mais populares foram escritos antes de 2010. A sua escrita permanece! Pense em escrever de novo sobre esses temas.

°°°

Obrigada leitores! Obrigada Liza! Se quiserem sugerir temas para 2011, estou às ordens! 😉

::Feliz 2011!::

02/01/2011

Como vocês passaram a noite de ontem? Eu estava numa festa multicultural, com gente de todo canto do mundo, muitos casais binacionais, dentre eles muitos brasileiros, festejando a passagem do ano. Eram quase 60 pessoas batendo papo, comendo, bebendo, dançando, rindo, brincando, jogando videogames e comemorando juntos. Dentre eles, um casal que recentemente comprou meu livro e que por coincidência fez amizade com uma amiga em comum, que os convidou para a mesma festa. 🙂 O Matthias levou muitos jogos de videogame da loja pra festa e junto de um outro convidado montaram uma pista de dança com um equipamento digno de uma discoteca! Misturamos a tradição alemã de soltar fogos e brindar a chegada do novo ano com champagne com nossa alegria, agitação e uma energia pra dar e vender, cuja melhor representante era a dona da festa, minha querida amiga Ceci. Os comes e bebes eram tão internacionais e diversificados quanto os convidados. Estava tudo uma delícia, a festa foi um barato! Obrigada à Ceci pelo convite, uma passagem de ano melhor do que esta aqui na Alemanha ainda está por vir, pois foi mesmo super legal.

Um momento bonito foi na hora da queima dos fogos, quando os convidados saíram no jardim com cálices de champagne com falsos cubos de gelo que eram iluminados intermitentemente pelas cores azul, vermelha e verde. Vocês já viram esse tipo de “gelo”? Ele é feito na China, foi vendido no Brasil e enviado pela mãe de uma das brasileiras presentes pra alegrar nosso Ano Novo! Deu quase uma volta ao mundo! Adorei! Outro momento simbólico foi a queima do “Ano Velho”, um boneco de pano que na Colômbia simboliza as coisas ruins do ano passado, para que entremos o ano de 2011 com o pé quente e levando só pensamentos positivos conosco!

Pessoalmente, pra mim o ano de 2010 foi um ano de muitas conquistas e muitos objetivos alcançados, e portanto tenho muitíssimo a agradecer. Espero que você também tenha tido uma boa virada de ano e que possa se inspirar e dar partida no ano de 2011 pelo discurso do Lula, que achei por bem publicar aqui por ser um momento histórico do nosso país, e por ele ser um exemplo de humildade, coragem e força de vontade. Termino com aquela musiquinha, desejando paz e alegria em 2011 para todos: Feliz Ano Novo, adeus Ano Velho, que tudo se realize, no ano que vai nascer! Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender!


%d blogueiros gostam disto: