Archive for novembro \30\UTC 2011

::Calendário de advento!::

30/11/2011

A partir de amanhã começo mais uma vez este ano um calendário de advento. Desta vez com um mix de músicas, pensamentos e talvez outras coisinhas no eixo Brasil-Alemanha. Serão 24 portinhas até o Natal com muita coisa legal. Viajem comigo! Até amanhã!!!

Anúncios

::Mensagem de otimismo – O divino está em toda parte::

29/11/2011

Este pensamento eu recebi de uma outra prima linda, desta vez vindo dos EUA, da Ciléia. Obrigada por dividi-lo conosco, Ciléia!


Lembre-se que Deus é amor e o seu oposto é o medo. O medo manipula, controla, limita e instiga em seus seguidores sentimentos arrogantes de que sua crença é a mais correta, ou a única. Pense bem, se Deus criou um planeta tão diverso com tantas culturas que expressam várias maneiras de explicar o Divino, porque a sua, ou a minha maneira de interpretar a Vida, O Divino, é a única correta? Não seria isso a prova de egoísmo e um pensamento limitado? Teremos a oportunidade de aprender com outros pontos de vistas caso coloquemos nossos preconceitos e intolerância de lado. Ao invés de tentar converter os outros, porque não nos unimos a eles para que possamos ampliar nossa consciência, humildade, tolerância e amor? Podemos criar um mundo maravilhoso caso cada um de nós sinceramente tenha a coragem de colocar nossas certezas de lado, e passemos a abrir nosso coração para o que nos parece distinto, principalmente com relação a como o Divino é percebido e expresso em outras culturas ou sistemas de crenças.
Quando percebermos que a única coisa que separa um Ser Humano de outro é o sistema de crença aprendido ou assumido e que crenças podem ser criadas ou descriadas de acordo com a vontade individual, com certeza brigas e guerras darão lugar para compreensão, amizade e amor.

Pense nisso com seu coração.

Que você encontre paz e…. seja um SER HUMANO POR INTEIRO

Ciléia

::Mensagem de otimismo – Crise e Oportunidade::

28/11/2011

Recebi esta mensagem da minha querida prima Lílian, que acaba de chegar no Brasil de volta de um ano na África. Obrigada, Liloca!

“Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”. Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que as soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la.”

*Albert Einstein*

::Glück auf Brasilianisch – Sorte em Português Brasileiro::

26/11/2011

Hoje à noite vi o filme “Glück auf Brasilianisch” no canal ARD da TV alemã. O título do filme significa “Sorte em Português Brasileiro” (os alemães dão para o português falado no Brasil a conotação de “Brasilianisch”, enquanto que o português de Portugal é chamado de “Portugiesisch”).

O filme é a estória de um profissional e pai de família com três filhos que fica viúvo e passa por dificuldades ao tentar driblar a vida dupla no trabalho e em casa com os filhos. A brasileira, cuja atuação é feita pela atriz Chilena Carolina Vera, que mora na Alemanha desde os 10 anos de idade, mostra a imagem de uma mulher brasileira independente, elegante, sensual e competente. No filme, ela inicialmente trabalhava na empresa do ator principal, fala 5 idiomas e pelo fato de estar desempregada aceita trabalhar na casa dele, cuidando de sua casa e seus filhos, que por sua vez passam a admirar as muitas qualidades positivas da brasileira. O filme logicamente termina com um final feliz e só peca um pouquinho no nome escolhido para a atriz principal, que foi Ana Mendez ao invés de Mendes, o que teria ficado mais autêntico. No mais, o filme é leve, bem feito e bom para ser visto numa noite com a família. Gostei, indico e pode ser visto aqui nesta medioteca!

::Lançamento do 2° volume da série “Causos” para Rir e Casos para Refletir dia 26/11/11 em Beagá::

24/11/2011

Minhas queridas mamãe Eny e tia Aracy estão prestes a lançar o 2° volume da série “Causos” para Rir e Casos para Refletir. É um livro pra quem gosta de bons “causos” e casos (verdadeiros e imaginados), daqueles que se contam numa roda de amigos ou na caída da noite no pé da cozinha. Quem estiver em Beagá não pode perder o lançamento e aproveitar pra conhecer uma parte da família da Mineirinha, minhas verdadeiras musas inspiradoras! Ah, que vontade de poder participar!!! Segue o convite delas abaixo:


Oi pessoal
Finalmente após muito esforço, trabalho e dedicação, conseguimos publicar o 2º. volume da série “Causos” para Rir e Casos para Refletir.
Faremos o lançamento e a tarde de autógrafos num barzinho muito aconchegante chamado BALAIO DE GATO, que fica na Rua Piauí, 1052 – Funcionários, no dia 26 de novembro (sábado), das 12 às 16 horas.
Estamos preparando algumas surpresas para vocês, tudo com muito humor, amor e carinho!
Nossa filha e sobrinha LILIAN que se encontrava na África, também estará presente, repassando algumas das suas vivências naquele continente.
Sua presença é muito importante para nós! Venha e traga quantas pessoas você quiser.
Um abraço carinhoso das autoras:
Aracy Miranda Costa e Eny Miranda Santos

::Pra enfrentar os dias cinzentos e tristes do outono…::

23/11/2011

Mimnha mamãe querida me mandou um e-mail com uma dica jóia de como levantar o astral e enfrentar os dias cinzentos e tristes do outono europeu… Confiram aqui. Obrigada, mamãe! 🙂

::Atlas do radicalismo de direita na Alemanha::

21/11/2011

O jornal “Der Spiegel” fez um levantamento que vale a pena ser visto, analisado e comentado. A cor está ligada à cor do nazismo… Veja aqui.

::Dicas para aprender e/ou aperfeiçoar alemão::

12/11/2011

Quando eu era estudante o mais difícil pra mim era atender minha sede do saber. Eu tive a sorte de crescer com uma “senhora” biblioteca dentro de casa, mas mesmo assim era difícil achar respostas para minhas perguntas. As escolas não distribuíam livros e na universidade tinha que estudar lendo cópias horríveis de xerox. As aulas de idiomas tinham pouco material, tudo muito caro, e na realidade até hoje livros são muito caros no Brasil.

Hoje em dia eu fico boba e maravilhada com a facilidade de conseguir chegar a uma resposta. A internet nos trouxe uma imensa biblioteca pra dentro de todas as casas, democratizou mesmo o saber. Os livros de escola aqui na Alemanha são de alta qualidade, a tecnologia está aí e muitas crianças têm smartphones, mas o que “pega” é a diferença de idade do professor para o aluno. O aluno é multimedial, o professor é do “arco da velha”. Outro dia minha filha chegou em casa admirada da professora não saber o que é um chat e eu expliquei pra ela que quando ela nasceu, em 1995, a internet estava chegando por aqui. As aulas de hoje já poderiam utilizar os recursos que estão à mostra, mas os alunos passam a maior parte do tempo tendo aula com o professor na frente usando recursos de outrora: cartonagens, flipcharts, cassetes, etc. Alguns colegas de sala da Taísa, minha filha, acabam de voltar dos EUA e viram que lá todos os alunos, pelo menos na escola que visitaram, um ginásio, tinham um iPad. Pra mim pelo menos os smartphones deveriam fazer parte da sala de aula, o professor deveria se interessar pelas possibilidades da tecnologia atual e integrar isso na sala de aula.

Quando tinha aula no Goethe em Beagá ficava louca com os materiais que eles tinham, a biblioteca era linda e os livros também. Eu adorava os brindes que eles distribuíam pra quem acertasse p.ex. o maior número de preposições ou gêneros de substantivos, e foi numa dessas que ganhei uma agenda em alemão que para mim ficou sendo meu supra-sumo por um tempo. Quando mostravam pra gente um filme em alemão então, eu achava o máximo. Hoje em dia está tudo aí na internet pra quem quiser pesquisar. Com certeza vocês já pesquisaram muito, eu estou, pra falar a verdade, meio por fora do que é visto como um material muito bom na internet, à disposição de todos. Recebi uma dica do meu leitor Breno, ver documentários em alemão da medioteca da Bayerisches Fernsehen (televisão da Baviera). Obrigada, Breno! Clique aqui e contribua também com outros leitores deixando suas próprias dicas, as melhores fontes do saber pra aprender ou aperfeiçoar o alemão por conta própria. A comunidade agradece! Ah, sim, a minha dica, do comecinho e de hoje em dia continua sendo a leitura constante da revista “Der Spiegel“, que agora com um smartphone pode ser lida todo dia na cama, antes de dormir. Os artigos são muito bem escritos e eu adoro o tipo de jornalismo deles. Ah claro, e ir ao cinema aqui na Alemanha, pois os filmes são sempre dublados e sem legenda. E qual é a sua dica? Bom domingo!

::Ich geh mit meiner Laterne – dia do São Martin na Alemanha::

12/11/2011

Ontem foi o dia do São Martin e pra lembrar esta bonita tradição deixo aqui este vídeo fofo com a letra básica da música. Veja a explicação de quem ele foi no comentário do post abaixo escrito para a Luma.

Ah, e hoje li que no dia de ontem muitas pessoas se casaram por aqui, ainda mais os carnavalescos (vestindo fantasias de carnaval!), pois o carnaval na Alemanha começa no dia 11.11 às 11.11 horas, hehehehe… Mas também houve separação neste dia de um casal russo, que tinha se casado em 09.09.09 e não tinha sido feliz no casamento! De qualquer forma, a data é inesquecível!

Achei ainda outros significados para a data 11/11/11:
– Alguns acreditam que o agrupamento numérico – 11/11/11 – sugere a abertura de um portal energético na Terra, que trará renovação para a humanidade;
– Há ainda quem tente relacionar o dia a grandes acontecimentos globais, como o ataque às Torres Gêmeas nos Estados Unidos (11/09), o terremoto e o tsunami no Japão (11/03) e a catástrofe na região Serrana do Rio de Janeiro (11/01/2011);
– Do ponto de vista da Numerologia, todo número formado pela repetição de algarismos é um Número Mestre, como o 11, 22, 33 e 99, por exemplo. A simbologia do 1 indica independência, originalidade e dinamismo. No caso do mestre 11, essas características são potencializadas. O especialista ainda informa que a soma dos dígitos da data 11/11/2011 (1+1+1+1+2+0+1+1) gera o número 8, que simboliza poder de realização:
– A primeira lição deve ser Um-Um-Um-Um; Unicidade de Deus, Unicidade nas relações humanas, Unicidade de força, Unicidade de tempo, Unicidade de objetivo, Unicidade em cada esforço – Unicidade – Unicidade!”;
– O espiritualista André Mantovanni fala que neste dia abre-se um “Portal de Consciência”, é o décimo primeiro dia do décimo primeiro mês do décimo primeiro ano do terceiro milênio. Somos co-criadores do universo. O que pensarmos, vai acontecer. Ainda segundo ele, é importante exercitar a gratidão. Pronto: fechei o ciclo deste post e do anterior! 😀

O número 11 é visto como um sinal de que todas as pessoas são uma só, e sugere o fim da ganância e da desconexão. Muito legal, não é mesmo?

Tirei daqui, daqui, daqui (com vídeo do André Montovanni) e por último daqui.

::Wir sind am Leben – Rosenstolz::

11/11/2011

Há algumas semanas estava com vontade de colocar esta música linda aqui no blog. Agora acabo de achá-la no blog da minha querida Neusa, autora do livro “O Paraíso sem Bananas”. Adaptei a traduςão, assim como a entendo, e divido com vocês uma das músicas mais bonitas dos últimos tempos aqui na Alemanha. Em termos musicais sou da opinião de que a Alemanha está passando por uma época ótima, com textos profundos e muita banda legal. Sinto-me como na minha adolescência no Brasil, naqueles bons tempos da Legião Urbana, Kid Abelha, Paralamas do Sucesso e todas as bandas e cantores de Minas que tanto amo. Com vocês, a banda alemã Rosenstolz! Depois da traduςão da música tomei a liberdade de repitir o resumo que a Neusa fez sobre o autor da mesma e os motivos que os levaram a escrever este texto profundo e inquietante. Espero que gostem!

Wir Sind Am Leben – Nós estamos vivendo
Hast du alles probiert? Você já deu tudo o que tinha pra dar?
Hast du alles versucht? Você já tentou tudo o que tinha pra tentar?
Hast du alles getan? Você já fez tudo o que tinha pra fazer?
Wenn nicht, fang an! Se não, a hora é agora!
Hast du wirklich gelebt? Você viveu de verdade?
Hat deine Welt sich wirklich gedreht? A sua vida foi realmente como você gostaria que tivesse sido?
Hast du alles getan? Você já fez tudo o que tinha pra fazer?
Wenn nicht, fang an! Se não, a hora é agora!
Was willst du sagen? O que você quer dizer?
Wen willst du fragen? O que você quer perguntar?
Was willst du erleben. O que você quer experimentar?
Und was willst du geben? E o que você quer doar/dar?
Wer gibt dir den Frieden. Quem te oferece paz?
Und was ist liegengeblieben? E o que ficou por fazer?
Ich kann deinen Herzschlag hören. Eu posso ouvir as batidas do seu coraςão.
Keiner wird dich zerstören. Ninguém vai destruir você.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Weil dein Herz noch Feuer fängt. Porque o seu coraςão ainda é capaz de pegar fogo.
Weil dein Herz die Liebe kennt. Porque o seu coraςão conhece o amor.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
An was willst du glauben. No que você quer acreditar?
Oder glaubst du an dich? Ou você acredita em você?
Wie oft wirst du betrogen? Quantas vezes você foi enganado?
Wie oft belügst du dich? Quantas vezes você mente para você mesmo?
Wieviel Türen wirst du öffnen? Quantas portas você vai abrir para você mesmo?
Welches Schloss knackst du nie? Qual é a dificuldade que você não consegue ultrapassar?
Wie oft kannst du widerstehen. Quantas vezes você pode consegue resistir?
und wann gehst du in die Knie? E quando você cai de joelhos?
Warum wirst du weinen? Por que você vai chorar?
Und wie oft bleibst du stumm? E qauntas vezes você fica calado?
Und für wen wirst du beten? E por quem você vai rezar?
Weisst du wirklich warum? Você sabe realmente por quê?
Und bei wem wirst du schlafen? E na companhia de quem você quer dormir?
Und vor wem rennst du weg? E quem é que você evita?
Ich kann deinen Herzschlag hören. Eu posso ouvir as batidas do seu coraςão,
Keiner wird dich zerstören. Ninguém vai destruir você.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Weil dein Herz noch Feuer fängt. Porque o seu coraςão ainda é capaz de pegar fogo.
Weil dein Herz die Liebe kennt. Porque o seu coraςão conhece o amor.
Du bist am Leben
Du bist am Leben
oh oh oh…
Und hast du dich verlaufen, E você se perdeu.
ich bin da, bring dich nach haus’. Estou estou aqui, levo você para casa.
Ich kann deinen Herzschlag hören. Eu posso ouvir as batidas do seu coraςão.
Keiner wird dich zerstören. Ninguém vai perturbar você.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
Du bist am Leben. Você está vivendo.
oh oh oh…
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
Ich kann deinen Herzschlag hören. Eu posso ouvir as batidas do seu coraςão.
Keiner wird uns zerstören. Ninguém vai nos destruir.
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
Weil unser Herz Feuer fängt. Porque o seu coraςão ainda é capaz de pegar fogo.
Weil unser Herz Liebe kennt. Porque o nossocoraςão conhece o amor.
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
Wir sind am Leben. Nós estamos vivendo.
oh oh oh…

Composiςão: Peter Plate – 44, neto de um diplomata alemão. Nasceu em Nova-Delhi. Ficou conhecido no país em 1991 como integrante do dueto pop Rosenstolz (AnNa und Peter). Ficou por dois anos (2009-11) afastado do trabalho – vítima de Burn-out. Perdeu os sentidos em uma de suas últimas apresentaςões ao vivo, totalmente desgastado por crises de depressão e ataques de pânicos, os quais há muito tempo tentava driblar para não se afastar dos palcos. Há poucas semanas tivemos o prazer de conhecer o novo trabalho do dueto – “Wir sind am Leben”, o qual festeja a vontade de viver e a superaςão dos medos. Medos que nos impregnam mais frequentemente do que gostaríamos…

Autoria do parágrafo acima: Neusa Cortez, blog “O Paraíso sem Bananas“.


%d blogueiros gostam disto: