::Medos e surpresas de viagem::

Viajar requer coragem. Ainda mais viajando sozinho.

Temos que ter coragem pra nos lançar no desconhecido. Coragem pra virar aprendiz de novo, pra se sentir burro e fora do lugar. Coragem pra dar muitos foras, pra não saber como reagir e precisar de ajuda alheia. Com isso, podemos dar de cara com agradáveis surpresas e reconhecer no ser humano totalmente desconhecido um anjo mandado pelo universo, um guia, pura bondade e boa vontade de cuidar de alguém que nunca tinha visto antes em sua vida.

Viajar de avião, ainda mais em longas distâncias, requer loucura. Loucura pra entregar sua vida pra um desconhecido e sua máquina em forma de pássaro, que pode ir a velocidades acima de 900 km/h, em alturas acima de 12.000 metros, levar cargas de até 275.000 kg e passar por temperaturas externas de -70 graus pelas quais não sobreviveríamos em condições normais. Às vezes vê-se outro bichão passando bem pertinho da gente e dá aquele frio na barriga misturado com admiração pelas pistas invisíveis desenhadas nas alturas. É preciso loucura pra entregar sua vida pra pássaros grandes, mas por incrível que pareça são os pequenos que dão mais medo. Sente-se o barulhão do motor, tudo é minúsculo no interior do bicho e voa-se a alturas bem mais baixas, o que faz com que tenha-se ainda mais consciência da doideira que se está fazendo. As recompensas, quando tudo dá certo, não poderiam ser maiores: o bicho enfia bem no meio do escuro e sai do outro lado do mundo, apresentando lindas imagens durante seu percurso. O ar, acima das almofadas gigantes formadas por nuvens de todas as formas, continua sendo um dos lugares onde me sinto melhor espiritualmente e, que contradição, em plena liberdade (pois no fundo sou um pássaro também), ainda que com a idade meu corpo não responda mais sem resquícios à maratona da viagem e que eu tenha ficado mais medrosa, pensando nos que ficaram pra trás e desejando que eles tivessem a oportunidade de dividir a viagem comigo.

Viajar de carro no exterior também requer coragem. Muita coisa pode ser diferente: marcha automática, sistema métrico e limites de velocidade, regras de trânsito, lado da direção (e olha que ainda não me vejo dirigindo do lado do passageiro). Pegar o carro e fazer pequenos trajetos de A pra B pode ser legal e prático. Mas o bom mesmo é descobrir aquilo que é recomendado na região e ir em busca do desconhecido. As surpresas, pelo menos desta vez, não poderiam ser melhores. Vi um dos lugares mais lindos que já tinha visto em toda a minha vida (La Jolla na Califórnia) e tive uma experiência tão mágica de telepatia que ficará guardada na minha memória pro resto da minha vida.

Viajar requer condição física pra andar longos trajetos, muitas vezes carregando peso, pra se adaptar a novos fusos horários e pra se recobrar de jatlags.

Viajar requer uma língua que fale outras línguas e que esteja disposta a experimentar novos sabores. Tem muita comida gostosa espalhada por aí esperando por novos apreciadores, ainda que a saudade pelo arroz e feijão, se possível da mãe da gente, seja constante.

Viaja quem é doido desvairado, quem é essencialmente curioso, quem tem família pra agüentar as pontas na outra ponta, quem tem medo pelo desconhecido mas acima de tudo se sente atraído por ele e suas belezas. Quando o medo é dominado, ele vai ficando cada vez menor e a magia toma conta do momento. A saída da zona de conforto é brindada com lindos presentes do universo. Pois no final das contas o mundo é uma bola cheia de belezas e a curiosidade vence sempre.

20131124-174104.jpg

Anúncios

Tags: , , , ,

2 Respostas to “::Medos e surpresas de viagem::”

  1. ivaldomoreira Says:

    Mineirinha querida, adorei a reflexão! Essa sensação vertiginosa sempre nos acompanha a cada viagem e toda vez que nos colocamos diante dela é como se fosse a primeira vez! Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: