::Verdades & máscaras::

Conheci um casal de gêmeos no domingo passado no parquinho. Ambos de 6 anos, sozinhos, sem os pais, sem brinquedos. Vi que eles estavam em volta do Daniel e seus brinquedos, que estava brincando na areia, e cheguei perto deles, começando uma aproximação. Eram uma menina e um menino. A menina me pediu que a ajudasse a subir num brinquedo. Fiquei perto dela, ajudando-a a rodar no brinquedo, e em um par de segundos ela me contou grande parte de seus medos e problemas:

– “Meus pais são separados. Meu pai mora aqui neste bairro e eu moro com minha mãe na cidade x. Nós somos gêmeos, temos 6 anos e temos uma irmã de 10 anos. O meu pai está em casa com a minha irmã, está a ajudando a fazer o Para-Casa. A minha mãe já foi casada com meu pai, depois teve um namorado que se chamava x, e depois dele ela tem agora o terceiro, y. O y é muito nervoso e briga muito conosco. Minha mãe também briga. Nós não fazemos praticamente nada e eles vêm brigar conosco o tempo todo.”

Pensei em como ela tinha se expressado e em como os seres humanos mudam com o passar do tempo. Muitas pessoas têm uma necessidade tremenda de parecer ser algo que não são ou de não deixar transparecer nenhum medo ou dúvida, com medo daquilo que os outros vão pensar delas. Continuei a conversar com a menina. Alguns minutos me fizeram fazer uma reflexão. Perguntei onde estavam os brinquedos deles. Eles disseram que o pai não os tinha deixado tirá-los da garagem. Voltei em casa e busquei mais brinquedos de areia. Os três começaram a brincar juntos. Eu coloquei meu fone de ouvido e fiquei ouvindo música no Spotify, curtindo um pouquinho de sol, apesar do frio e do vento forte, e continuei pensando na vida…

Anúncios

Tags: , , , ,

6 Respostas to “::Verdades & máscaras::”

  1. Mary Says:

    Que pena, quantas crianças mal amadas como estas!! e que mãe, neste troca troca de parceiros!!

  2. mariannapsi Says:

    Ooooh meu Deus! Pq colocam crianças nesse mundo se não podem ou não querem amá-las?
    Como poder ajudar esses pequenos?
    Meu coração fica sofrido com tanta injustiça e impotência 😦

    E que bela atitude a sua Sandra, poder tornar alguns momentos menos dolorosos dessas, nessas vidinhas…

    • Sandra Santos Says:

      Taí uma combinação muito boa aqui na Alemanha, a de brasileiras que entram no campo da educação. Há muito por se fazer neste campo por aqui. Cada um dá sua pequena parcela de contribuição.
      Um beijo, Marianna!
      Sandra

  3. mariannapsi Says:

    Querida Sandra, gosto muito da Alemanha, mas eu gostaria ainda mais, se independente de papéis e/ou profissões, o povo fosse mais empático…e isso o Brasileiro tem de sobra, ainda bem! Veja o seu exemplo nesse post…

    Beijao,
    Mari

    • Sandra Santos Says:

      Oi Marianna,
      Acho que até aí a mistura faz bem: eles com suas qualidades, nós com as nossas, p.ex. a empatia, não é mesmo? Die Mischung macht es!
      Liebe Grüße
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: