Archive for novembro \19\UTC 2015

::Flores para Danielle #DesFleurspourDanielle::

19/11/2015

No meio de tantos dias tristes, um raio de luz. Uma senhora francesa foi entrevistada logo depois do atentado de Paris da última sexta-feira, 13 de novembro de 2015, e falou o que muitos pensam:

“É muito importante trazer flores para os nossos mortos. É muito importante ler várias vezes o livro de Hemingway intitulado ‘Paris é uma Festa’. Porque nós somos uma civilização bastante antiga. E damos muita importância aos nossos valores. Nós nos unimos aos 5 milhões de muçulmanos que praticam sua religião de forma livre e pacífica. E vamos lutar contra os 10 mil bárbaros, que dizem matar em nome de Alá.

Em alemão:

Es ist sehr wichtig, unseren Toten Blumen zu bringen. Es ist sehr wichtig, mehrfach das Buch von Hemingway ‘Paris est une fête’ (Paris – Ein Fest fürs Leben) zu lesen. Denn wir sind eine sehr alte Zivilisation. Und wir tragen unsere Werte hoch. Wir verbrüdern uns mit den fünf Millionen Muslimen, die ihre Religion frei und friedlich ausüben. Und wir werden kämpfen gegen die 10.000 Barbaren, die angeblich im Namen von Allah töten.

Em francês (só achei um pedaço):

Nous fraterniserons avec 5 millions de musulmans qui exercent leur religion librement et gentiment et nous nous battrons contre les 10 000 barbares qui tuent soi-disant au nom d’Allah”.

Danielle 

Um escritor francês, Karim Boukercha, gostou tanto do que a senhora disse, que resolveu iniciar uma busca na internet para encontrá-la e dar-lhe flores de presente. Ele resolveu colocar um pedido no Twitter para que ela fosse encontrada, ao mesmo tempo que iniciou uma “vaquinha virtual” aqui (agora em 4 idiomas) para ela. Em pouco tempo descobriu seu nome, que é advogada aposentada, nascida em Paris, tem 77 anos e se ocupa com muitos projetos sociais, é defensora dos Direitos das Mulheres e, como ela mesma diz, “revoltada com a estupidez”. A entrevista de Danielle rapidamente viralizou na web. Uma floricultura ficou sabendo do caso e mandou entregar flores para Danielle. Remetente: “A Internet”. E o mais legal é que a vaquinha fez muito sucesso, ela já atingiu mais de 14 mil euros hoje, 19 de novembro à noite, com contribuições de mais de 1.500 pessoas. Todas elas estão fazendo uma doação à Danielle, por terem se simpatizado com o que ela disse de forma firme, correta e convicta e como meio de contribuir de forma direta para seus projetos sociais, dentre eles uma recém-criada associação para ajudar as famílias das vítimas do último dia 13. Flores para Danielle. Asssinado: As pessoas de bem da internet. Muito comovente o que ela disse, ao ser entrevistada depois de ter ficado famosa na internet: J’ai été très heureuse de voir que beaucoup de musulmans m’ont dit “merci madame”. (Fiquei muito feliz pelo fato de que muitos muçulmanos disseram para mim “muito obrigado, madame”. )

Linda história, não é mesmo? Flores para todos! #DesFleursPourDanielle

Fontes reportagens das revistas Der Spiegel de 18.11.15 e Tribune de Genève de 17.11.15.

Anúncios

::Estudando e trabalhando na Alemanha::

03/11/2015

Veja aqui como conseguir baixar uma brochura do governo alemão sobre estudar e trabalhar na Alemanha, em inglês e em alemão, com informações bastante importantes e atuais para todos os imigrantes que estão chegando aqui na Alemanha. Boa leitura!


%d blogueiros gostam disto: