Anúncios

::Quando me tornei feminista::

me too printed paper wall decor

Foto por Lum3n.com em Pexels.com

Quando me tornei feminista
Percebi que feminismo
Não é o oposto de machismo
O machismo determina
A suposta superioridade masculina
O feminismo busca
A igualdade entre os gêneros

Quando me tornei feminista
Descobri que não moro sozinha em família
Não preciso da “ajuda” do meu marido
Nem de meus filhos
Todos devemos nos ajudar
Pois dividimos um espaço comum

Quando me tornei feminista
Nasci filha e mulher
Tive uma mãe forte como modelo
E muitas professoras pela frente
Vi mulheres dependentes
E outras independentes
Avaliei várias formas de viver
E determinei minha opção de vida

Quando me tornei feminista
Foi um processo inconsciente
Dos gibis da Mônica
Para os desenhos da Penélope Charmosa
Passando por heroínas nas fábulas
Em filmes e peças de teatro
Também do teatro da vida

Quando me tornei feminista
Busquei meu lugar ao sol
Tive coragem de deixar tudo pra trás
Recomecei do zero
Fiz uma vida nova
Encontrei pessoas
E cavei meu futuro

Quando me tornei feminista
Tomei decisões
Nem sempre acertadas, mas tomei
Tive vergonha de algumas
Caí incansavelmente
Fui abalada e me reergui
(Re)aprendi a gostar de mim

Quando me tornei feminista
Passei a querer mais da vida
Redefini meu caminho
Busquei uma nova versão de mim
Decidi o que não mais servia
Fui eu e mais ninguém

E quanto a você,
Quando se tornou feminista?
E o que significa aliás
O feminismo para você?
Por que ser feminista?

Não há nada mais feminista
Do que emitir sua própria opinião
Ofereço meu espaço
Para que o faça, se quiser
Quer seja em prosa, verso
Ou poesia

O feminismo agradece!

4 Respostas to “::Quando me tornei feminista::”

  1. Silvia Regina Angerami Says:

    Perfeito seu texto, Sandra!! Eu me tornei feminista quando estava na faculdade (na ECA-USP) e fizemos um audiovisual chamado Maria Maria, com aquela música do Milton Nascimento pelos idos dos anos 80! Sempre pensei que maridos não têm de ajudar e sim dividir tarefas! Hoje em dia vivemos assim! Bjs 💋

    • Sandra Santos Says:

      Que legal que vc sabe até definir o momento em que se tornou feminista! Eu acho que já nasci assim, com esse olhar observador e indignado quanto às injustiças na sociedade.
      Um beijo grande,
      Sandra

  2. Carla Scheidegger Says:

    Eu não me tornei feminista, eu me percebi feminista porque sempre fiquei indignada com comportamentos machistas de homens e mulheres. Já lá na infância, acompanhando a paixão que meu irmão tinha pelo futebol (e sabendo cada detalhe dos jogos por conta disso) quando me disseram que “eu não deveria gostar tanto de futebol”. Depois, não pude desenvolver minhas boas habilidades no handball porque “as mulheres se machucam demais”. Observando as meninas ajudando em casa, enquanto seus irmãos ficavam com os pés pra cima. Ao ter que ouvir os comentários de um professor na faculdade sobre as “vadias” que gostavam de tomar cerveja com a galera. Ao “carregando o piano” em um evento e um diretor que passa comentar que eu deveria empacotar as caixas de material em outra posição (wtf!). Ao ter a reponsabilidade por 90% do faturamento da empresa e, ainda assim, receber menos do que o primeiro homem abaixo de mim na hierarquia. Ao dar a notícia da minha gravidez para um amigo e, antes do “parabéns”, escutar “pena pela sua carreira”. Ao responder animada à uma pergunta de um familiar sobre meus novos rumos com o empreendedorismo social e escutar ao final: “você está mesmo empolgada, mas não vá esquecer dos seus filhos, heim!”. A lista de “cortes” e tentativas de me colocar num lugar, do qual sem o feminismo as mulheres jamais teriam saído, é extensa.

    • Sandra Santos Says:

      Realmente, Carla, a lista das muitas vezes que a sociedade tenta nos colocar “no nosso lugar” é extensa. Cabe a nós mostrar e deixar claro qual é o lugar que vemos para nós dentro da sociedade!
      Um beijo grande,
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: