Anúncios

::The Great Hack – O Resumo da ligação da Cambridge Analytica, com dados do Facebook e as eleições do Brasil, dos USA, do Brexit…::

1563656483-header-1563725218

Por obra do acaso, se é que alguém acredita nisso, esse novo documentário do Netflix saiu no dia em que o Facebook concordou em pagar a super multa de cinco bilhões de dólares para fechar o processo com a Cambridge Analytica, por causa da violação de dados causada através do uso de dados de 87 milhões de usuários do Facebook… Esse valor foi até agora a maior multa que uma empresa de tecnologia teve que pagar por violação de dados… E imaginem que esse valor nem incomodou a empresa, que ganhou 15 bilhões de lucro nos primeiros três meses de 2019…

Em alemão, o documentário do Netflix se chama “Cambridge Analyticas Großer Hack” (The Great Hack), mostrando como a empresa usou dados do Facebook para manipular eleições mundo afora (inclusive a brasileira), o Brexit, a vitória do Trump… A ideia é “destruir tudo para depois montar de novo”. Mas… o que restará depois que todo o sistema democrático e as grandes cooperações internacionais tiverem sido destruídas?!? Como será o mundo lá pra frente?… E quem está por trás de tudo isso? Desestabilizar a democracia no mundo, começando por semear discórdia e separação das populações nas maiores potencias, não é uma tática desconhecida… Enquanto o povo se odeia e perde tempo se atacando, os Grandes vão seguindo seu programa… que com certeza não é o de defender os direitos do povo e os Direitos Humanos…

A técnica da empresa Cambridge Analytica foi a de coletar dados do Facebook, montar um quadro psicológico e de preferências das pessoas, com até 5.000 pontos de dados por pessoa, podendo assim avaliar a tendência de voto do eleitor, identificar os que ainda não tinham candidato definido e inundar seu WhatsApp e mural do Facebook com notícias que o influenciasse a votar em determinado candidato. Na Inglaterra, a tendência foi a mesma, a de identificar quem ainda estava indeciso antes da votação, e inundar seu mural com notícias pro-Brexit, muitas delas baseadas em dados falsos. Dizem que depois que o Brexit aconteceu, o que mais surgiu no Google foram perguntas relacionadas a “o que vai acontecer depois do Brexit” ou “o que significa o Brexit exatamente para a Inglaterra”…

Ficam muitas perguntas em aberto…

Quem dita as regras no momento?

Pra onde estamos indo?

Quem é manipulado?

Quem manipula?

Qual é o papel da Rússia nisso tudo?

A que ponto ainda existe liberdade de expressão e opinião?

Quais são as novas Cambridge Analyticas que estão manipulando nossos dados, depois que essa empresa deixou de existir?

Quantas fake News existem nas eleições ao redor do mundo?

Ainda existe eleição imparcial no mundo?

Notem: a foto acima mostra o Steve Bannon junto com o filho do nosso atual presidente. O Steve Bannon era um dos fundadores e o vice presidente da Cambridge Analytica e ajudou, dentre outros, também o atual presidente do Brasil a chegar ao poder. Bannon considera Salvini (da Itália), junto com presidente brasileiro e o primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán, seus melhores representantes do The Movement, grupo baseado em Bruxelas e criado por Bannon, que articula uma rede de partidos extremistas no mundo. Em fevereiro deste ano, Steve Bannon escolheu Eduardo B. para ser o representante do seu grupo na América Latina…

O documentário da Netflix afirma que o Trump chegou a gastar um milhão de dólares por dia em propaganda feita no Facebook. A pessoa que dirigiu a campanha do Trump à Presidência dos EUA afirmou ter investido em mais de cinco milhões de mensagens visuais no Facebook, enquanto Hillary Clintou disse ter tido 66.000 mensagens. Essa mesma pessoa vai dirigir a campanha de Trump para 2020.

Fontes: reportagens diversas, tais como The Guardian de 12/07/19, Zeit Online de 24/07/19, Die Welt de 26/07/19 . Foto da página do The Intercept, reportagem de 21/07/19.

Tags: , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “::The Great Hack – O Resumo da ligação da Cambridge Analytica, com dados do Facebook e as eleições do Brasil, dos USA, do Brexit…::”

  1. arnoldcortez Says:

    Oi querida Sandra!
    Muito interessante seu post! Aliás, sua página continua encantadora como sempre foi! Impregnada de profissionalismo, porém com toques muito pessoais. sobre o “The Great Hack “, acho extremamente triste as angústias, os medos, as esperanças, as necessidades dos seres humanos serem analisadas e utilizadas tão friamente para a satisfação de interesses tão pessoais e mesquinhos. É difícil acreditar, mas é a realidade. E infelizmente, num misto de perplexidade, estagnação, angústia e desespero percebemos o planeta sendo administrado por pessoas incompetentes, anti-democráticas, preconceituosas, que se deixam manipular, servir as elites sedentas de mais poder econômico e que têm também capacidade de manipular as massas ignorantes. Está muito complicado em acreditar em perspectivas (sócio-econômica) positivas para a grande maioria da população global. No entanto, não podemos perder as esperançãs em dias melhores ou corremos o risco de cair numa profunda depressão coletiva.
    Lindo fim de semana, apesar de todos os pesares!
    Grande abraço!

    • Sandra Santos Says:

      Querida Neusa,
      Obrigada pelo seu carinho!
      Adotei um novo posicionamento que está me deixando mais em paz: o de profunda observadora, quase não repetidora ou comentadora de acontecimentos desagradáveis, crente -com muita fé- num futuro melhor pra todos, sem desânimo.
      Adorei essa frase sua: “não podemos perder as esperançãs em dias melhores ou corremos o risco de cair numa profunda depressão coletiva.”
      Um beijo no coração,
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: