::As fronteiras e as máscaras::

Tempo de pandemia é tempo de reflexão… e eu, assim como você, também venho refletindo muito sobre mim e sobre o mundo que me cerca desde o início desta loucura toda.

Por exemplo, venho refletindo sobre a tendência à radicalização de parte da população mundial, um fenômeno que parece ser igual em todo país, cada um tentando controlar o incontrolável da melhor maneira possível, nem que seja de uma maneira que poderia ser considerada há pouco inconcebível.

Tenho pensado nos líderes. Que pena termos tantos líderes ruins ocupando posições centrais neste momento! Que tenhamos mais força e lucidez para decidirmos por outros líderes em um futuro próximo, a cada eleição! Que não deixemos para o outro decidir, que não nos ausentemos na hora do voto. A maioria das mulheres é democrata nos EUA. Talvez elas já tenham descoberto que elas podem decidir as eleições em novembro?

Tenho pensado nos refugiados, neste impasse que parece não ter fim e no que cada um de nós, pessoas físicas, pode fazer para tentar atenuar o grande problema que parece mais uma avalanche. Achei esse site aqui, o Kiva, onde venho contribuindo com mulheres e pessoas afetadas pelo COVID, dentre eles também refugiados ou pessoas vivendo em condições precárias em várias regiões do mundo.

O que mais andei fazendo em termos filantrópicos durante a pandemia? Participei da produção do e-book “Lugares Apaixonantes pelo Brasil” para promover o turismo brasileiro e ajudar grupos em dificuldade desde que a pandemia se instalou. Para apoiar este projeto lindo feito por 70 brasileiros espalhados pelo Brasil e pelo mundo, que já ajudou comunidades em todas as regiões brasileiras e tem recebido grande apoio na mídia, clique aqui.

Participei de outros projetos literários também, tanto ligados à pandemia quanto outros, como um onde foram reunidas 21 Histórias de Superação. Depois de ter tido a alegria de receber o meu livro aqui na Alemanha e ter lido as outras histórias, fiquei pensando que este livro é um excelente presente durante a pandemia, quando tantos se encontram desanimados e desacalentados. Lendo o livro, a pessoa recebe uma injeção de ânimo, amor e empoderamento. São todas histórias reais, escritas por pessoas que tiveram a coragem de falar sobre desafios que as tocaram e que elas conseguiram transpor, os ressignificando. Se tiver conseguido levantar sua curiosidade, e se tiver alguém que precisa de uma livro assim ou que deva ganhar um pouco do seu carinho em formato de letras, aviso que tenho ainda alguns volumes com minha mãe no Brasil, disponível para envio em todo o território nacional. Aqui na Alemanha, tenho disponível a versão em PDF e dentro em breve o livro também estará acessível como audiobook. Uma amiga aqui na Alemanha queria presentear uma aniversariante no Brasil e aproveitou para dar este livro de presente! Outro dia eu vi também outra pessoa ganhando o livro como forma de apoio nas horas difíceis. Tem sempre alguém precisando de acalento. Se gostou da ideia de presentear alguém, entre em contato!

E quais as são suas ideias e seu pensamento a respeito do servir e do doar? O que tem feito no seu mundinho particular? Claro que só podemos fazer bem pouquinho, mas se todos fizerem uma pequena parte, teremos feito algo em conjunto e mudado um pouco o quadro que ora se apresenta. Não podemos deixar as grandes questões da atualidade só nas mãos dos governantes. Eu posso ser um pouco da mudança que quero ver no mundo. E quero ter mais ideias a respeito! Agradeço se deixar a sua ideia ou iniciativa abaixo nos comentários!

Para terminar, aqui uma reflexão que recebi hoje no grupo de WhatsApp da família, vinda da minha prima Denise e de autoria desconhecida:

A máscara era para prevenção do COVID, mas trouxe consigo alguns propósitos. Ela veio também para:

  • Baixar o nariz de quem vivia com ele empinado;
  • Puxar as orelhas até entender que foram feitas para ouvir;
  • Bloquear a boca até entender que é preciso pensar mais e falar menos;
  • Esconder o rosto para aprender a olhar e sorrir com os olhos;
  • Cobrir os lábios para aprender a amar com o coração;
  • Ela veio para dizer que “ninguém é melhor que ninguém!”
    Pare! Pense! Ouça! Se solidarize!
    Sorria com os olhos e ame de coração!
    A vida é um sopro… e a máscara é uma reflexão!

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: