::Pesquisa de opinião::

08/05/2020

Em poucos dias atingi minha meta e estou muito agradecida por todos que participaram. Continuem respondendo! A pesquisa é sobre as etapas durante a busca de um emprego no exterior, suas experiências e dificuldades. Neste final de semana eu pretendo fazer o sorteio do livro, conforme prometido. Gratidão!

Clique aqui para acessar o questionário (em inglês).

::A Mineirinha passeando por aí::

01/05/2020

Hoje foi o dia do meu primeiro livro sair pra passear, e ontem fui entrevistada muito por causa dele. Ele foi meu primeiro filhote de papel. Go, Mineirinha, go!… Curiosa pra ver onde ele ainda vai me levar!… E para onde eu o vou levar!…

Outro dia, ainda no começo da quarentena que hoje já se estende por 8 semanas no meu caso, eu abri um newsletter e adorei o poema que li. Achei o endereço da autora e escrevi pra ela. Depois li que ela estava na Califórnia. Mandei uma pergunta pra ela no meu e-mail. Alguns minutos se passaram e recebi um poema de volta de volta como resposta!

::Uma carta de volta::

E como você vive e quais são os seus medos durante esta crise?

Que pergunta para enfrentar

depois da meia-noite, vinda do outro lado do mundo!

No seu país agora e hora

de descansar de todos esses medos diários e existenciais

até que, como Jacó e o anjo mal

nos concedam uma benção

Eu tenho medo de que pessoas que eu amo possam morrer

Eu tenho medo porque minha filha está herdando um mundo

muito mais duro do que ela merece.

Eu tenho medo porque momentos desesperadores chamam

por medidas desesperadoras e eu

não me sinto desesperada o suficiente.

Devo continuar? Eu tenho medo

que as pessoas estejam muito longe

da ideia real da verdade.

Eu tenho medo que tenhamos esquecido

como falar, e como escutar.

Eu tenho medo de que o tecido que nos mantém juntos

seja muito mais fino do que eu pensava que era

e que as pessoas continuem escorregando entre suas linhas.

E como você vive?

Com sofrimento. Com medo. Com sorrisos.

Com tédio. Com . Com alegria.

Com raiva. Com esperança.

Com a firme convicção de que nada

cancela nenhuma outra coisa.

A morte não cancela a vida.

O sofrimento não cancela a felicidade.

O medo não cancela a convicção.

Nem nenhuma dessas frases ditas ao contrário.

Faça um vaso do seu coração

Que seja suficiente para conter todas as emoções.

Imagine que você seja o ceramista.

Espiche o barro. Encontre contentamento com a mesa giratória.

Aceite que aquele vaso

nunca chegará a ficar pronto.

Autoria: Lynn Ungar 18/03/20 – poema original publicado aqui.

Tradução: Sandra Santos em 01/05/20

::Oremos pelo Brasil e pelo mundo!::

01/05/2020

🇩🇪 Indo para minha 9a. semana de isolamento e quarentena com a minha família, e sabendo que ainda vou ficar mais 5 semanas em casa antes de voltar ao trabalho, rezo para que o isolamento social e as recomendações da OMS sejam seguidas com mais afinco no Brasil 🇧🇷 e no mundo e que o número de dias até que a taxa de mortalidade no Brasil duplique seja cada vez maior, até que a pandemia comece a ficar mais branda por aí. Amo muito meu país de origem e o povo brasileiro e não quero vè-ló sofrer como a Itália, Espanha, França ou USA. Ficar em casa, lavar as mãos e manter 2m de distância ou usar máscaras é o mínimo que posso fazer pelo meu semelhante! 🙏❤️

https://mrc-ide.github.io/covid19-short-term-forecasts/index.html

::Visto de turista ETIAS para a Europa::

01/05/2020

A partir de 2021, “cidadãos de todos os países que são isentos de visto para ingresso no Espaço Schengen (61 países ao todo) deverão solicitar o ETIAS antes de viajar (…)”.

ETIAS significa European Travel Information and Authorization System e o visto permitirá que a pessoa permaneça por 90 dias em países do Espaço Schengen.

Leia a notícia completa aqui.

How will ETIAS system work?

::O que é, afinal, Kurzarbeit e como está o mercado de trabalho alemão atualmente?::

01/05/2020

Kurzarbeit (ao pé da letra “trabalho curto”) é a redução temporária de horas trabalhadas causada por uma crise. A intenção é evitar demissões. O trabalhador passa a receber um salário reduzido, que é pago pela empresa e pelo governo de forma conjunta. Esse tipo de medida existe em alguns países europeus, tais como a Alemanha e a Suíça, por exemplo. A situação atual do coronavírus está levando a novas discussões e estão sendo estudados novos patamares para que as pessoas afetadas possam ter uma maior parte do seu salário pago durante a crise, apesar da redução de horas trabalhadas. Eu também faço parte deste time e estou de Kurzarbeit desde o começo de abril. Em maio passo a trabalhar uma porcentagem maior de horas e a expectativa é de que voltemos a trabalhar no escritório dentro do “novo normal“ com máscaras, sem elas adotando a distância mínima de 2m, etc.

Ao todo, 10,1 milhões de trabalhadores na Alemanha estão de Kurzarbeit. Desde março de 2020, empresas com pelo menos 10 funcionários podem dar entrada no pedido de ajuda governamental. No ano de 2009, quando eu mesma era responsável por organizar o Kurzarbeit dentro de uma empresa industrial, 3,3 milhões de pessoas precisaram reduzir a sua carga de trabalho para passar pela crise.

Atualmente há 308 mil desempregados a mais do que no mês anterior. Ao todo, a Alemanha conta no final de abril de 2020 com uma taxa de 5,8% ou 2,444 milhões de desempregados. Imaginem como estaria a situação se não houvesse a ferramenta do Kurzarbeit! Viva a social democracia! A título de comparação nos EUA, há atualmente mais de 30 milhões de pessoas desempregadas. O objetivo aqui na Alemanha é que a empresa mantenha seu quadro de funcionários atual e desafogue suas finanças através da ajuda governamental.

O número de vagas em aberto naturalmente caiu, ao mesmo tempo em que o número de desempregados está subindo. Em abril de 2020 há um total de 626 mil vagas a serem preenchidas, 169 mil a menos do que no ano anterior. Observo que apesar de ainda ser um número considerável, geralmente o perfil das vagas em aberto não combina com o dos desempregados, o que vem demonstrando a dificuldade do mercado de preencher determinadas vagas.

A pergunta sobre o Kurzarbeit me foi colocada durante o programa “Eu chego lá!”, do qual tive a honra de participar contribuindo para a seção “como fazer um CV na Alemanha”, a convite da Carla Scheidegger da Carlotas e da Chiara Vigoriti-Zeller. Fiquei muito grata pelo convite!

Se tiver curiosidade, veja aqui uma lista mais detalhada das ajudas governamentais direcionadas aos trabalhadores e às famílias dentro da Alemanha.

Se você, leitor do Mineirinha, tiver mais alguma dúvida com relação ao mercado de trabalho na Alemanha, não hesite em deixar a sua dúvida nos comentários!

Fontes: site da Wikipedia sobre Kurzarbeit, Familienportal (Portal da Família) e artigo do Management Magazin de 30.04.20.

::Vamos espalhar amor por aí?::

29/04/2020

::Admirável mundo novo::

27/04/2020

Fiquei emocionada ao ler isso daqui! As perguntas sintetizam tudo:

Como posso servir?

Como posso ajudar?

Aqui está o link para o Projeto Open Air.

::Pesquisa de opinião::

26/04/2020

Estou fazendo uma pesquisa de opinião para entender o que uma pessoa que vem de outro país precisa, na sua opinião, para estar apta a se candidatar para um emprego no exterior.

Preciso da ajuda de vocês, leitores do blog e ex-coachees, para que preencham este formulário.

Entre todos aqueles que preencherem e deixarem seus endereços de e-mail, irei sortear um dos meus livros à escolha do leitor sorteado!

Agradeço imensamente pela ajuda!

::De volta às origens & back to my origins::

26/04/2020

Ontem consegui finalmente redefinir ou sintetizar quem sou e o que ofereço: consultora de carreira / mentora de sonhos internacionais / escritora / poetisa. Sim, tenho muitos outros “eus”, mas este é o que pulsa mais forte dentro de mim e sempre pulsou, cidadã do mundo e conectadora de mundos que sempre fui. Estou em êxtase, conectada com minha essência!

°°
“Querid@,Encontre o que você ama e deixe que aquilo te mate. Deixe que isso saia de você como um todo. Deixe que isso tome conta de você, se grude nas suas costas e te pese até que você eventualmente desapareça. Deixe que isso lhe mate e que devore os seus restos mortais. Porque todas as coisas irão devorá-lo, algumas mais devagar e outras mais rápidas, mas é muito melhor ser morto por um amor.

Enganadamente seu, Henry Charles Bukowski”

Caso precise de mim, visite http://www.connexconsulting.de ou deixe um comentário!

°°
“My dear, find what you love and let it kill you. Let it drain you of your all. Let it cling onto your back and weigh you down into eventual nothingness. Let it kill you, and let it devour your remains.For all things will kill you, both slowly and fastly, but it’s much better to be killed by a lover.

Falsely yours, Henry Charles Bukowski”

In case you should need to connect, visit http://www.connexconsulting.de ou leave a comment!

::Ponto de nada::

25/04/2020

Em algum lugar do universo
Pontinhos de nada que somos
Fazemos sentido para alguém
Alguém sabe quem fomos

Quanta gratidão 
Escondida nesse fato
Um montão de alegria
Resumida em um retrato

Amor incondicional 
Lágrima no olhar
À moda tradicional
E tudo muda num piscar

Sandra Santos – 31/12/18

P.S.-Esqueci de publicar este poema no meu livro. Outros poemas de minha autoria estão no livro Poemas da Mineirinha n’Alemanha.


%d blogueiros gostam disto: