Anúncios

Posts Tagged ‘2011’

::Os números de 2011 do blog da Mineirinha::

02/01/2012

Feliz Ano Novo!

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

O Museu do Louvre, em Paris, é visitado todos os anos por 8.5 milhões de pessoas. Este blog foi visitado cerca de 79.000 vezes em 2011. Se fosse o Louvre, eram precisos 3 dias para todas essas pessoas o visitarem.

Clique aqui para ver o relatório completo

::21/12 – Calendário de advento da Mineirinha::

21/12/2011

Ufa!… Só mais um dia de trabalho e depois vou entrar de férias! 🙂

Aqui uma amostra de fotos representativas do ano de 2011, tiradas por pessoas de 125 países diferentes. Espero que gostem!

::Da nossa eterna mania de achar que a vida do outro é melhor::

04/01/2011

Pronto. Hoje ouvi no rádio uma entrevista que me fez pensar. Era de um cara que tinha se proposto a não propor nada para o ano de 2011. Você reagiria talvez com a indagação: “Que cara estranho!”, mas eu, cá comigo, achei o cara o máximo. Ele disse que as pessoas têm mania de se olhar em fotos de outros tempos e de se sentir estranhas em si próprias, não sabendo mais quem são, quem eram, quem foram todas aquelas “outras” pessoas, e que há uma tendência generalizada pela insatisfação, daí a idealização e no próximo passo vem o desejo de alcançar isso ou aquilo, mudar “tudo”, querer “xyz” no ano novo (e só mudar o botãozinho para “sou feliz” se isso for alcançado), achar que só é possível ser feliz morando em tal lugar, etc.

A verdade é que toda vida é, por muitas horas, sem graça, muita gente se sente só, inútil, igual aos demais, num “trote” do dia-a-dia, afundado na areia movediça da tecnologia, domado pela rapidez dos tempos modernos, e pouca gente pára pra pensar que quase todo mundo se sente assim. A idealização nos leva a pensar que “lá” seria melhor do que aqui, que com “fulano” seria melhor do que com “ciclano”, que a vida do outro é muito melhor, e o muro das lamentações vai crescendo a cada dia um pouco mais.

As grandes mudanças acontecem devagarzinho, lá no nosso íntimo, cá conosco, são (em sua grande maioria) fruto de trabalho anterior árduo, as alegrias são tão rápidas que às vezes as reconhecemos como tais e já se foram, e (quase) todo mundo tem que dar duro pra ter o que tem/ser o que é, não importa onde quer que esteja neste mundão de Deus. Uma grande parte da vida é bastidor, uns pedaços imperdíveis são partes integrantes da minha vida, da sua, da dele(a). Tem neguinho ralando pra tudo quanto é lado. O sofrimento existe. O amor também. Temos mais é que aproveitar o calor humano pertinho da gente. Não há sentido na vida sem o tal calorzinho. E temos que ter paciência entre um momento e o outro. Que pensemos nisso.

Ainda assim, tomei até agora algumas resoluções firmes pra 2011: trabalhar mais devagar, ao mesmo tempo prestar atenção aos sinais do meu corpo, e continuar sorrindo pra vida.

Texto também inspirado neste daqui do blog “Cartas à Filo-Sofia”.

::Feliz 2011!::

02/01/2011

Como vocês passaram a noite de ontem? Eu estava numa festa multicultural, com gente de todo canto do mundo, muitos casais binacionais, dentre eles muitos brasileiros, festejando a passagem do ano. Eram quase 60 pessoas batendo papo, comendo, bebendo, dançando, rindo, brincando, jogando videogames e comemorando juntos. Dentre eles, um casal que recentemente comprou meu livro e que por coincidência fez amizade com uma amiga em comum, que os convidou para a mesma festa. 🙂 O Matthias levou muitos jogos de videogame da loja pra festa e junto de um outro convidado montaram uma pista de dança com um equipamento digno de uma discoteca! Misturamos a tradição alemã de soltar fogos e brindar a chegada do novo ano com champagne com nossa alegria, agitação e uma energia pra dar e vender, cuja melhor representante era a dona da festa, minha querida amiga Ceci. Os comes e bebes eram tão internacionais e diversificados quanto os convidados. Estava tudo uma delícia, a festa foi um barato! Obrigada à Ceci pelo convite, uma passagem de ano melhor do que esta aqui na Alemanha ainda está por vir, pois foi mesmo super legal.

Um momento bonito foi na hora da queima dos fogos, quando os convidados saíram no jardim com cálices de champagne com falsos cubos de gelo que eram iluminados intermitentemente pelas cores azul, vermelha e verde. Vocês já viram esse tipo de “gelo”? Ele é feito na China, foi vendido no Brasil e enviado pela mãe de uma das brasileiras presentes pra alegrar nosso Ano Novo! Deu quase uma volta ao mundo! Adorei! Outro momento simbólico foi a queima do “Ano Velho”, um boneco de pano que na Colômbia simboliza as coisas ruins do ano passado, para que entremos o ano de 2011 com o pé quente e levando só pensamentos positivos conosco!

Pessoalmente, pra mim o ano de 2010 foi um ano de muitas conquistas e muitos objetivos alcançados, e portanto tenho muitíssimo a agradecer. Espero que você também tenha tido uma boa virada de ano e que possa se inspirar e dar partida no ano de 2011 pelo discurso do Lula, que achei por bem publicar aqui por ser um momento histórico do nosso país, e por ele ser um exemplo de humildade, coragem e força de vontade. Termino com aquela musiquinha, desejando paz e alegria em 2011 para todos: Feliz Ano Novo, adeus Ano Velho, que tudo se realize, no ano que vai nascer! Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender!

::Novidade para 2011: publique seu texto no “Mineirinha n’Alemanha”!::

25/12/2010

Como foi o Natal de vocês? O meu foi jóia, passamos o Natal na casa da minha cunhada junto de seus filhos, meu sogro e mais uma outra cunhada e seu filho que tinha acabado de chegar da Espanha. As crianças (e os adultos) curtiram seus presentes, a comida estava ótima, voltamos felizes pra casa. Hoje fomos fazer um passeio na floresta tomada pela neve, é frio, é cansativo, mas é gratificante admirar a natureza, ouvir a falta de barulho do inverno e agradecer pelo dia, pela vida. Fechamos o dia num café da cidade, comendo bolos típicos e tomando café/cappuccino/Lumumba (chocolate quente com bebida alcóolica) pra esquentar. Espero que vocês tenham aproveitado o Natal tanto quanto nós!

Queria oferecer meu espaço para outras pessoas e meus leitores, pra caso tenham algum texto que gostariam de publicar aqui no “Mineirinha n’Alemanha” a partir de 2011. Este espaço tem aproximadamente 10.000 visitas por mês e é um bom local para divulgar ideias e novidades para o público de língua portuguesa espalhado pelo mundo, principalmente no eixo Brasil-Europa. Se quiser enviar algo para publicação, é só deixar um comentário neste ou noutro post qualquer e entrar em contato. Claro que a decisão final quanto à publicação fica ao meu encargo, ok?

Além desta ideia, também queria criar um espaço para pessoas apresentarem seus CVs e a pedido receberem ofertas de emprego para pessoas de língua portuguesa dentro da Alemanha pesquisados por mim. O mesmo poderia ser criado no Brasil para estrangeiros e/ou brasileiros vivendo no exterior querendo voltar pra Terrinha. Aceito comentários/sugestões/ideias a respeito!

Desde já, desejo Feliz Ano Novo e muitas realizações, saúde e solidariedade no ano que se aproxima!


%d blogueiros gostam disto: