Posts Tagged ‘Angela Merkel’

::Enquanto isso…::

01/10/2020

Li hoje no newsletter da revista alemã Der Spiegel que enquanto o mundo se põe louco tentando sobreviver a Trumps, Bolsonaros ou Orbáns, muita gente se distrai assistindo a discursos da Angela Merkel, mesmo não entendendo nenhum alemão. Dizem que assistir programas onde ela discorre sobre temas de maneira lógica e ponderada faz com que as pessoas fiquem mais calmas!

O artigo dizia o seguinte de uma alemã que mora nos EUA: “Eu assisto as falas da Angela Merkel para pelo menos me dar um sentimento de normalidade. O meu terapeuta faz o mesmo – e ele nem entende alemão.”

Acima, a chanceler Angela Merkel explica um modelo de cálculo de por que é tão necessário controlar o crescimento dos casos de coronavírus.

::Coronavírus: quatro motivos que permitiram à Alemanha flexibilizar a quarentena::

24/04/2020

A reportagem da BBC News Brasil é da Elisa Kriezis, que é editora de vídeos e trabalha em Londres. Ela é alemã e grega e fala português!

::Angela Merkel vê a crise do coronavírus como o maior desafio desde a Segunda Guerra Mundial::

19/03/2020

Ontem a Angela Merkel falou na tevê durante 25 minutos procurando convencer os alemães a ficarem em casa e a manterem distância de outras pessoas ao sair de casa. Este foi o seu primeiro discurso ligado a uma crise durante seus 14 anos de governo, e somente pensando nisso já dá pra imaginar que a situação aqui é seria mesmo. O objetivo dela era de que todos sigam as recomendações dos especialistas, pensando em seus entes queridos e em pessoas doentes e idosas, e afirmou que se as medidas já adotadas não surtirem efeito, outras inevitavelmente virão (e daí ficaríamos mesmo confinados às nossas casas).

Desde ontem, 18/03/20, todas as lojas exceto supermercados e farmácias, além de alguns restaurantes e algumas filiais de bancos estão fechadas. Além destas, serviços de entrega, drogarias, bancos, posto de gasolina, comércio por atacado, lojas de bebidas, “Sanitätshäuser”*, Correios, cabeleireiro, lavanderia, venda de jornais, loja de construção, loja de jardinagem e lojas de produtos pra animais. Podemos por exemplo fazer compras pela internet e elas são entregues em casa. Já fiz algumas e, apesar de terem anunciado que as entregas iriam se atrasar, a maioria chegou aqui em casa dentro de 1-2 dias. Os Correios também continuam funcionando, mas fazem entregas sem contato físico e os carteiros passarão a assinar a entrega mesmo de encomendas registradas para evitar o contato. Todas as atividades de lazer estão fechadas: museus, teatros, bibliotecas, saunas, piscinas, etc. Todas as escolas estão fechadas, as crianças estão estudando sozinhas em casa, recebendo material dos professores por e-mail. Os parquinhos estão fechados, as crianças deveriam ficar a maior parte do tempo em casa, mas um passeio na natureza continua recomendado, desde que se respeite a distância social. Todas as pessoas que podem, estão trabalhando em Home Office. Aqui em casa, eu e meu marido trabalhamos de casa, enquanto meu filho de 14 anos fez um plano próprio com horários para estudar, pausas, e até para praticar ginástica em casa. Esta já é a segunda semana que estamos em casa, pois já tínhamos começado com nossa reclusão voluntária por conta própria na semana passada, depois que fiquei doente e a ficha caiu.

(more…)

::Como notícias inventadas – vulgo “fake news” – ganham o mundo…::

15/11/2017

Quem se lembra de ir à caixa dos Correios no Brasil, nos idos de 1900 e lá vai pedrinha, e buscar cartas mas encontrar… correntes?!? Eu me lembro disso nitidamente. A caixa de Correios lá de casa era na descida da rampa e eu tinha desenvolvido estratégias especiais pra ter certeza de que tinha mesmo algo lá antes de descer pra buscar. E quando chegava lá e só achava correntes… eu ficava p. da vida!

O tempo passou e as correntes ganharam o Brasil e assim o mundo através da internet. Infeliz combinação essa, viu? Pior ainda misturada à nossa mania de enaltecer outros países e falar/pensar mal do Brasil, daí a notícia vira prato cheio.

Dessa vez a notícia inventada que já estou até cansando de ver repetidamente na internet é sobre a chanceler alemã Angela Merkel. A notícia não pode ser verdadeira por várias razões:
a) já pesquisei duas vezes e não acho nada parecido na internet em alemão
b) professores não fazem parte das profissões mais bem pagas na Alemanha
c) a Merkel gosta conhecidamente de ficar em cima do muro com relação a várias questões e dificilmente defenderia um grupo profissional da forma referida no artigo, muito menos denegrindo assim outros profissionais. Não faz o estilo dela. Além de gostar de ficar em cima do muro por questões estratégicas, ela é integrativa e procura zelar pelo respeito na sua comunicação.

IMG_6899
Bom, vamos fazer uma coisa? Antes de repassar uma corrente, pense:
a) pra quê?
b) vai fazer diferença pro mundo?
c) se fizer, dê uma pesquisadinha básica na internet antes de propagar a notícia. A listinha das notícias falsas, hoax, fake news, etc. agradece!

Já comentei que gosto da democracia da internet, onde qualquer um pode emitir sua opinião, mas notícias falsas são definitivamente o revés dessa liberdade!…

::DSDB – À procura de um presidente para a Alemanha::

01/06/2010

Como em outros programas de tevê (DSDS – Deutschland sucht den Superstar – Alemanha à procura de um superstar), a partir de hoje a Alemanha entrou na febre do DSDB – Deutschland sucht den Bundes- präsidenten (veja os possíveis nomeados aqui), em busca de um novo presidente depois do Horst Köhler ter inesperadamente deixado seu posto ontem.

Dentre os nomes possíveis, aparecem no momento 5 mulheres, dentre elas duas que eu admiro: Margot Käßmann, teóloga e pastora que tinha deixado há alguns meses todos os postos de direção na Igreja Evangélica Luterana simplesmente por ter sido pega bêbada ultrapassando um sinal vermelho e que já foi aclamada por uma multidão de fiéis durante o último congresso da igreja em Munique, e a Ursula von der Leyen, médica, que já foi a ministra que implementou o Elterngeld (benefício do governo para pais de crianças nos primeiros anos de vida), além de ter defendido a expansão de vagas no jardim de infância no país, e é atualmente Ministra do Trabalho. A decisão tem que ser tomada no prazo de um mês. Será que mais uma mulher chegará à liderança do país e tomará o cargo de presidente ao lado da chanceler Angela Merkel?

::361°C de Tolerância / 361°C Toleranz::

29/08/2009

O Youtube lançou uma campanha junto do movimento “Laut Gegen Nazis” (Falando alto contra os nazistas) para que estudantes aqui na Alemanha façam vídeos a favor da diversidade, da tolerância e contra o racismo.

A campanha conta com o apoio da chanceler Angela Merkel e de muitos artistas e personalidades, dentre eles a banda de rock alemã Silbermond. Os prêmios são atrativos: um concerto da banda na escola do grupo ganhador da campanha, uma viagem a Berlim e distribuição de câmeras para produção de vídeos entre os participantes ganhadores. Mas o mais bonito é o sentido da campanha. Ela afirma o seguinte:

Façam seu filme a favor da tolerância – contra a discriminação e o racismo!

Como pode ser que a intolerância e a discriminação, também entre jovens e nas escolas, estejam crescendo na Alemanha?

Com a campanha “361°C de Tolerância” vocês podem mostrar que são contra este desenvolvimento e que não querem apoiá-lo. Façam seu filme a favor da tolerância e o entreguem para o concurso. Podem ser feitos filmes de curta duração, uma reportagem ou um vídeo de música relacionado ao tema. O grupo Silbermond vai cantar na escola do grupo vencedor em novembro!

Dêem uma olhada nos vídeos da campanha aqui. Principalmente o vídeo com várias personalidades comentando o que significa a campanha “361°C de Tolerância” e o que significa ser tolerante vale muito a pena ser visto!

***

Dreht euren Film für Toleranz – gegen Ausgrenzung und Rassismus!

Wie kann es sein, dass Intoleranz und Diskriminierung in Deutschland auch unter Jugendlichen und an Schulen wieder zunehmen?

Bei „361° Toleranz” könnt ihr ein Zeichen dafür setzen, dass ihr diese Entwicklung nicht hinnehmen wollt und anders seid. Dreht euren eigenen Film zum Thema „Toleranz” und reicht ihn hier beim Videowettbewerb für Schüler ein. Schnappt euch eine Kamera, motiviert eure Freunde und Mitschüler und produziert einen Kurzfilm, eine Reportage oder ein Musikvideo zum Thema. Für die Gewinner des Wettbewerbs spielen SILBERMOND im November exklusiv an deren Schule!


%d blogueiros gostam disto: