Posts Tagged ‘Arte’

::’A Ressurreição Feminina’ e mais um pouco do livro HERstory::

13/01/2021

Os caminhos que me fizeram chegar ao meu novo livro HERstory passam por todos os anos da minha vida e certamente se concentram naqueles meses do primeiro lockdown durante a pandemia de 2020, quando, há quase um ano atrás, eu recebi um newsletter me convidando para participar de encontros por Zoom sobre crescimento pessoal, inspirado em Viktor Frankl.

Através desses encontros, dos quais participo até hoje, fiz valiosas amizades durante este tempo louco da pandemia, e enquanto tantos se isolam e se encasulam, eu meio que ressurgi em mim mesma, reunindo muitas das minhas reflexões pessoais – que acredito serem de valia também para outras pessoas – no meu novo livro HERstory – escreva a sua história! Nos últimos dois dias, aliás, aconteceu um fato inédito na minha “carreira” de escritora: vendi quase 60 livros em dois dias, 51 deles para a mesma pessoa que leu meu livro e comprou outros 50 para presentear para suas clientes. Gratidão imensa por este presente!!!

Mas voltando ao grupo, uma das pessoas que considero ser um dos maiores tesouros do grupo de crescimento pessoal é a arte-terapeuta Isa Levy, cujo trabalho eu admiro muito, além de prezar muito sua pessoa. Ela atende em Londres, escreveu um livro e me deu um presente maravilhoso de 50 anos. Trata-se da imagem da pintura que é a mais representativa dos 450 quadros que ela pintou, em sua maioria, entre os 50 e os 60 anos, ‘A Ressurreição Feminina’.

Female Resurrection – Isa Levy

Confesso que quando ganhei aquela imagem não sabia o que fazer com ela. Agradeci, a guardei em um canto do meu laptop, até que a mensagem chegou até a mim e fiquei emocionada! Aquela pintura poderia fazer parte do livro que eu estava escrevendo! Escrevi para ela e perguntei se ela concordava com a minha proposta, e ela disse que a imagem era um presente e como tal eu o poderia usar como quisesse. Com a ajuda da minha filha, e a figura da Isa, a capa do livro nasceu e o meu novo projeto ganhou uma identidade visual.

Hoje a Isa mandou um link para uma entrevista que ela deu para uma página judaica. Nela, assim como no livro que escreveu e nas pinturas que pintou, ela conta um pouco de sua trajetória e da dificuldade de achar seu lugar no mundo como uma filha não-conformista de judeus, nascida logo depois do peso da 2ª Guerra Mundial em 1948.

Antes de ler a entrevista, eu tinha dado uma passada na sua página profissional como arte-terapeuta. Quanta beleza! Ela consegue expressar a beleza de seu ser na página, acredito que provavelmente as pessoas se sintam convidadas a interagir com ela através daquela expressão de quem ela e do que ela acredita. Ela é realmente uma pessoa autêntica, centrada, um presente da vida para mim!

No artigo que comentei anteriormente, ela explica como a figura que ela me deu de presente surgiu na vida dela:

“Em minha pintura enorme de 2,10 x 1,50 m – ‘A Ressurreição Feminina’ – eu estava me conformando com a morte de minha mãe e outras quatro mulheres também, algumas delas da minha idade. Eu questionava como se poderia celebrar a vida, enquanto ao mesmo tempo experimentava uma infinidade de mulheres ao meu redor morrendo; talvez uma parte de mim também estivesse morrendo. Ao mesmo tempo, eu havia herdado uma tela muito grande de 2,10 x 1,50 m em branco – sempre querendo trabalhar em uma tela tão grande – esta era a minha oportunidade.

Decidi colocar a fêmea na cruz comemorando as perdas femininas como um símbolo do sofrimento feminino que se assemelhava a uma cena de crucificação.

O que meu conceito original não previa, era que a figura central perderia a cabeça durante o processo de pintura e não deixaria espaço para eu retificar o problema; mas uma vez superado o choque, pude ver que havia se tornado uma cena de transcendência, respondendo à minha pergunta original – “como se pode segurar o sofrimento e a celebração da vida ao mesmo tempo” – ela havia ressuscitado. Foi realmente um milagre; e assim chamei o quadro de ‘Ressurreição Feminina’ – uma imagem transcendente de sofrimento e transformação.”

Isa Levy

Quer saber mais sobre a tela e sobre nossos livros? Leia o texto completo da entrevista (em inglês) aqui. Nossos livros podem ser encontrados em várias plataformas da Amazon ao redor do mundo, tanto aqui quanto aqui, por exemplo. A Isa também oferece sessões de psicoterapia por Skype!

::Pixel-Arte de Belo Horizonte::

30/06/2014

Acaba de passar aqui na Alemanha uma reportagem sobre um belohorizontino que adora retratar cenas do futebol e da Copa em pixels bem grandes. Se nao me engano, o nome dele era Matheos Toscano. Alguém pode confirmar? Nao tenho certeza se achei o site dele… Mas olhem só que original! 🙂 Diretamente de Belo Horizonte, uai!

A mordida do Suarez:

A cambalhota do Klose:

O Pepe dando uma cabecada no Müller:

E agora no jogo Alemanha x Algéria, quem vai ser o vencedor?
Deutschland_Algerien

::W. O. Götz::

27/01/2014

Fiquei conhecendo o artista agora há pouco e ele está prestes a fazer 100 anos, cego há 3 anos, agnóstico, defensor da liberdade, amante de arte rápida e certeira. Curta comigo as várias fases do artista W. O. Götz aqui.


%d blogueiros gostam disto: