Anúncios

Posts Tagged ‘Áustria’

::Cartão azul UE (blue card): facilitando a entrada de estrangeiros universitários no mercado de trabalho da Alemanha::

01/08/2012

A partir de hoje profissionais de fora da UE (União Européia) com formação universitária, principalmente das áreas de Informática, Engenharia e Medicina, terão maiores chances para conseguir um emprego na Alemanha. Para tanto eles terão que conseguir aqui no país uma oferta de emprego que os garanta ganhar pelo menos um salário de cerca de 45 mil euros por ano e terão assim a possibilidade de obter um visto de permanência no país. No caso de cargos onde a mão de obra anda bastante escassa (p.ex. Informática e Tecnologia de Comunicação), o limite cai para um salário de cerca de 35 mil euros por ano. Também está sendo expandido o visto para estudantes estrangeiros que tiverem terminado seus estudos dentro da Alemanha: eles terão a partir de agora um visto de 18 meses para a busca de um emprego. Durante os estudos, terão o direito de trabalhar 120 dias ou 240 dias em meio-período. O visto do cartão azul UE será válido por até 4 anos e perderá sua validade se o estrangeiro perder seu emprego ou tiver necessidade de ajuda social do governo. Se o contrato de trabalho continuar válido depois de 3 anos, será possível conseguir um visto de permanência com maior abrangência. Se o estrangeiro apresentar conhecimento de alemão de pelo menos nível B1, este limite cai para 2 anos. É importante ressaltar que este cartão também é válido para outros países da UE. É possível conseguir um visto de 6 meses para a busca de emprego, mesmo antes da oferta concreta, se a pessoa puder provar que poderá manter-se aqui durante o período acordado com as autoridades.

Na prática, a chance maior é para quem fala alemão razoavelmente bem, tem uma formação universitária em Ciências Exatas (aqui denominada MINT – Mathematik, Informatik, Naturwissenschaften, Technik) e tem uma qualificação muito procurada por aqui no momento, como p.ex. Coordenadores Sênior de Projetos SAP / CRM com excelente conhecimento de ABAP e JAVA.

Fonte: Diversas da mídia alemã, dentre elas Wikipedia e MIGAZIN, artigo de 01.08.12.

::Aprenda alemão n’Alemanha! – cursos de alemão na Alemanha::

03/07/2012

Boas novidades! Fechei um acordo de cooperação com duas excelentes escolas de alemão aqui na Alemanha:

CDC (Carl Duisberg Centrum)

O CDC tem 50 anos de experiência no ensino da língua e da cultura da Alemanha e oferece o seguinte:
– cursos de alemão para jovens e adultos (p.ex. preparação para a entrada em uma universidade ou alemã; cursos preparatórios para estar apto a trabalhar na Alemanha)
– treinamentos interculturais
– cursos de alemão combinados com o programa ACCESS, que auxilia a conseguir uma vaga em uma universidade alemã, ou combinado com a busca de uma escola alemã para adolescentes
– cursos de alemão em combinação com estágios na Alemanha
– programas especiais para médicos estrangeiros que queiram atuar profissionalmente na Alemanha
– cursos de alemão combinados com eventos culturais e esporte
– viagens organizadas pelo CDC para o treinamento do idioma alemão (p.ex. viver e aprender na casa do professor, visitas a pontos turísticos, etc.)
– organização de viagens para classes e grupos
– auxílio na obtenção de visto e translado até a cidade do curso
– e muito mais!

Veja todos os detalhes na página da escola em 11 idiomas (português, alemão, inglês, espanhol, etc.) aqui.

O CDC oferece seus serviços em várias cidades alemãs: Berlim, Colônia, Munique, Radolfzell (Lago de Constança – Bodensee). Quem vier aqui pra região onde moro, o Lago de Constança, e tiver sido intermediado por mim, ganha de brinde um encontro comigo a combinar! 🙂

Importante: Quem quiser contratar algum serviço do CDC não deve por favor se esquecer de me citar como intermediadora: Sandra Santos / http://www.mineirinhanalemanha.de

Veja o vídeo abaixo sobre a comemoração de 50 anos do CDC:



Institut Humboldt

Este instituto tem mais de 30 anos de experiência no ensino do idioma alemão e oferece programas similares para jovens e adultos. Ele mantém escolas nas seguintes cidades: Berlim, Freiburgo, Colônia, Munique, Regensburg, Meersburg e Constança no Lago de Constança (Bodensee), Affhollerbach, Bad Dürkheim, Bad Schlussenried, Lindenberg, Reimlingen, Schloss Wittgenstein, Schmallenberg, Schloss Ratzenried e Viena/Áustria. Verifique os cursos oferecidos em cada uma das cidades citadas acima clicando aqui.

A página do Insituto Humboldt pode ser acessada em alemão, inglês, espanhol, francês e polonês aqui.

É importante lembrar: Quem quiser contratar algum serviço do Humboldt Institut não deve por favor se esquecer de me citar como intermediadora: Sandra Santos / http://www.mineirinhanalemanha.de

Abaixo um vídeo em inglês sobre um dos institutos Humboldt na cidade de Lindenberg:

::Cultura alemã: Brezel::

16/10/2011

Brezel (antigamente chamada de brezitella), Bretzel, Brezl ou Breze na Baviera, na Áustria Brezn ou Brezerl, no sul da Alemanha (parte Schwäbisch, rosa no mapa abaixo) Bretzet ou Bretzg / Bretzga (sing./pl.), no sul da Alemanha (parte Badisch-Alemannisch, marrom no mapa abaixo) também Bretschl, para os americanos Pretzel, é um pão típico da região sul da Alemanha, cuja forma sempre tem um laço no meio da massa. O formato do pão indica sua região e há diferentes tipos de Brezel dependendo da tradição e da ocasião em que é feito. Em Munique costuma-se encontrar Brezels gigantes, de uns 30 cm de comprimento! Eles são chamados de Wiesnbrezn e são feitos na época do Oktoberfest. “Uma” Partybrezel (observem que em alemão é uma palavra feminina, die Brezel) pode chegar a ter o tamanho de 50 cm ou mais, e é feito sob encomenda depois que o padeiro é informado sobre quantas pessoas irão participar da festa. Parece que há também Brezels doces, que eu aliás nunca comi ou vi nestes anos de Alemanha.

Há uma lenda que diz que um padeiro foi desaforado para com seu senhor e este lhe condenou à morte. Mas considerando que tratava-se de um padeiro muito bom, disse-lhe:
„Back einen Kuchen lieber Freund, durch den die Sonne dreimal scheint, dann wirst du nicht gehenkt, dein Leben sei dir frei geschenkt.“

“Faça um bolo meu amigo, através do qual os raios do sol possam ser vistos três vezes, então não será enforcado e receberá sua vida como presente”.
Assim foi inventado o Brezel.

O Brezel é visto com pão de dieta e também é indicado pra quem está com desarranjo intestinal. Pode ser comido simples, depois de retirado um pouco do sal grosso, com manteiga, salame, presunto, Nutella, salgado ou doce. É comido no café-da-manhã acompanhando um café, em festas em ambientes fechados ou festas ao ar livre, acompanhando por exemplo uma cerveja ou um refrigerante. É parte integrante da cultura alemã e é realmente muito gostoso!

Pra quem quiser fazer o seu próprio Brezel, indico a receita do blog da Quelen, aliás cheio de receitas super gostosas e leves!

Fonte: artigo da Wikipedia.

::Ainda pensativa::

10/04/2010

„Der beste Weg, die Zukunft vorauszusagen, ist, sie zu gestalten.”
Willy Brandt (1913-92), dt. Politiker (SPD), 1969-74 Bundeskanzler, 1971 Friedensnobelpreis

“A melhor maneira de prever o futuro é formá-lo”.
Willy Brandt (1913-92), político alemão (partido SPD), chanceler alemão 1969-74, Prêmio Nobel da Paz 1971
 
„Beachte immer, dass nichts bleibt, wie es ist und denke daran, dass die Natur immer wieder ihre Formen wechselt.”
Marc Aurel (121-180), s. 161 röm. Kaiser

“Preste atenção para o fato de que nada contina a ser como era antes e considere que a natureza sempre assume novas formas”.
Marco Aurélio (121-180), imperador romano
 
„Von den Chinesen können wir einiges lernen. Man hat mir gesagt, sie hätten ein und dasselbe Schriftzeichen (Wei ji) für die Krise und für die Chance.”
Richard von Weizsäcker (*1920), dt. Politiker (CDU), 1984-94 Bundespräsident

“Podemos aprender muito com os chineses. Disseram-me que eles têm uma só palavra (Wei ji) que significa ao mesmo tempo crise e oportunidade”.
Richard von Weizsäcker (nascido em 1920), político alemão (partido CDU), presidente da Alemanha de 1984-94

„Glück ist wie ein Maßanzug. Unglücklich sind meist die, die den Maßanzug eines anderen tragen möchten.”
Karl Böhm (1894-1981), östr. Dirigent

“A felicidade é como um terno feito sob medida. Infelizes são, na maioria das vezes, aqueles que querem vestir o terno de uma outra pessoa”.
Karl Böhm (1894-1981), maestro regente austríaco

„Das Glück besteht darin, zu leben wie alle Welt und doch wie kein anderer zu sein.”
Simone de Beauvoir (1908-86), frz. Schriftstellerin u. Philosophin

“A felicidade significa viver como qualquer um no mundo e ao mesmo tempo em ser incomparável a qualquer outro ser na Terra”.
Simone de Beauvoir (1908-86), escritora e filósofa francesa

„Glück ist ein Wunderding. Je mehr man gibt, desto mehr hat man.”
Germaine de Staël-Holstein (1766-1817), frz. Schriftstellerin schweizer. Herkunft

“A felicidade é uma coisa mágica. Quanto mais ela é dada, mas é recebida de volta”.
Germaine de Staël-Holstein (1766-1817), escritora francesa de origem suíça
 
„Wenn ein Drache steigen will, muss er gegen den Wind fliegen.”
Aus China

“Se um papagaio quer voar no céu, tem que voar contra o vento”.
Da China

::Pergunta do dia::

28/04/2008

Depois de ler a notícia da mulher que vinha sendo martirizada por seu pai durante 24 anos, escondida em um porão na Áustria junto de 3 filhos tidos com o pai(!), além de outros 3 que viviam no andar de cima em liberdade, e lembrando também da história de 2006 da Natascha Kampusch, que tinha conseguido fugir depois de 8 anos de cativeiro e provocado a morte do agressor, coloquei pra mim a seguinte questão: quantas mulheres são mantidas em regime de cativeiro dentro da Áustria? E no mundo?


%d blogueiros gostam disto: