Anúncios

Posts Tagged ‘bandeira’

::Os benefícios da Copa::

25/06/2006

Eu tenho notado umas coisas super positivas agora durante a Copa que não quero deixar de relatar.

O slogan da Copa é “bem-vindo entre amigos” e a Alemanha está conseguindo honrar este slogan. Antes do início dos jogos, a única certeza era de que a eficiência alemã iria cuidar para que tudo corresse da melhor maneira possível, sem maiores contratempos, com a melhor infra-instrutura e excelente organização. O grande medo estava do lado do movimento de extrema-direita dentro do país, que hoje em dia não alcança grandes proporções, mas poderia ter sido capaz de estragar parte da festa e que via a Copa como grande oportunidade para lutar por seus tolos ideais. Apesar desse pessoal de extrema direita ter se preparado com muito material publicitário, CD, música, camisetas com slogans de extrema-direita, etc., eles saíram às ruas, pelo menos até agora, uma única vez, e conseguiram reunir só algumas centenas de pessoas. No mesmo dia, na mesma cidade, foi feita uma passeata que reuniu muitas mil pessoas mostrando ser a favor da multiculturalidade e contra o movimento neonazista. Isso bastou para que eles desistissem de atuar (pelo menos até agora) e o clima de festa de todas as raças, cores, sabores e nacionalidades se instalou.

O alemão sempre teve problema pra assumir sua nacionalidade. Eles morrem de medo de serem acusados de extremistas, têm problemas para mostrar orgulho da Alemanha, das conquistas e dos pontos positivos do país, não se sentem bem em declarar seu amor à pátria. Isso por causa do passado pesado do país e porque este é visto e revisto na escola, nos meios de comunicação, quase sem parar, dia e noite e noite e dia, como maneira de mostrar que sim, lógico, a Alemanha errou, e não quer repetir esse erro jamais. Mas com isso eles acabam passando um sentimento de culpa para as gerações que hoje, na minha opinião, não têm como arcar com o peso dos erros do passado.

Como moro bem pertinho da Suíça, é muito interessante observar a paisagem quando se ultrapassa a fronteira. Imediatamente aparecem bandeiras suíças de todos os tamanhos e em todo canto, mostrando como o suíço é orgulhoso do seu país. Em tantos anos na Alemanha, poderia contar nos dedos de uma mão as vezes em que vi uma bandeira dentro do país.

Agora, com a Copa, e com tanta gente de tantos países por aqui, e também bem devagar, pelo fato do time alemão ter ido avançando na competição e ter adquirido o respeito do torcedor que antes que não dava nada por ele, bem devagarzinho mesmo começaram a aparecer bandeiras alemãs nas janelas, bandeiras bem pequenininhas nos carros, brincadeiras sobre “seremos campeões” ou afirmações de que “vai dar Brasil contra Alemanha na final” e as vendas da camiseta oficial da seleção alemã pularam de 250.000 na Copa anterior para, no momento, mais de um milhão de camisetas. O torcedor encontra, junto do futebol, sua identidade e se sente bem como alemão, e desta forma também muito bem com outras nacionalidades.

O tema da música oficial da Copa do cantor alemão Herbert Gronemeyer se chama “Zeit, dass sich ‘was dreht” (É hora de acontecer algo) e essa música é bonita, não só porque tem duas interpretações: é hora do time da Alemanha ganhar, mas acima de tudo é hora de acontecer algo bom no país, e ninguém pode negar que isso já foi alcançado, mesmo que ainda estejamos no meio das oitavas de final. Mesmo se a Alemanha não for campeã nas competições, o país já ganhou com a Copa.

Outra coisa super bonita é que muitos alemães (ou europeus, em geral) não vestem só a camiseta da sua Seleção, e nem dependuram só sua bandeira, mas vestem também outras camisetas de outras seleções, festejam junto de outras torcidas e dependuram em suas casas ao lado da bandeira alemã muitas outras bandeiras, mostrando respeito e admiração por outros times.

E muito legal também é ver que tantos voluntários ajudam, em todo o país e a qualquer hora do dia e da noite, a garantir que a festa seja bonita, positiva e que se alguém festejar demais ou passar da conta, haverão pessoas para ajudá-los imediatamente, com serviço médico, ambulância, todo o esquema montado para evitar qualquer transtorno maior. As rádios locais dão assistência aos torcedores em direção aos estádios, com serviço de informação sobre o trânsito local feito em vários idiomas, de acordo com o jogo que estiver por acontecer.

Juntando tudo, só posso dizer que o clima melhorou neste país com a Copa, não só na temperatura, mas também dentro da cabeça das pessoas. Que ele continue assim por muito tempo, pois faz muito bem ao país!


%d blogueiros gostam disto: