Posts Tagged ‘coincidências’

::Balanço e sororidade::

03/01/2021

Interessante! Quanto mais falo sobre o meu novo livro, mais percebo como uma palavra interessantemente é desconhecida das pessoas, não importa em que idioma. Trata-se da palavra sororidade, uma das razões pelas quais escrevi o HERstory, que significa o apoio que uma mulher pode dar à outra, um ato de amor e solidariedade entre mulheres. O que naturalmente não quer dizer que o livro não tenha um conteúdo que possa e deva ser lido por homens, muito pelo contrário. Já tive a honra de ter o livreiro da Livraria Páginas, que me entrevistou durante a live do lançamento, como o meu primeiro leitor homem. Ganhar a perspectiva de homens que querem entender melhor a condição feminina é uma benção em rumo à busca do equilíbrio de forças femininas e masculinas, que todo ser humano tem, no mundo. Não somos oponentes, não estamos em luta, portanto deveríamos estar nos apoiando também em termos de gênero, o que nem sempre faz parte da realidade, eu sei, mas é o meu ideal e a razão pela qual eu escrevo. Escrever é terapia e liberta!

Juntando-se a esta percepção, presencio também as coincidências que a vida vem me trazendo, talvez também por causa do livro, penso eu. Pois o livro chama seu autor e seus leitores, na minha opinião. Hoje foi o dia de me deparar com uma companheira de viagem, que afirma que os nossos dons sempre arrumarão um jeito de nos encontrar. Bem na linha do HERstory! Vamos trocar nossos livros! Que felicidade!

E provavelmente amanhã o meu próprio exemplar vai chegar às minhas mãos! Para quem escreve, esta é uma emoção ímpar, semelhante a quando damos à luz aos nossos filhos! É um filho literário, na realidade! Outro livro que vai chegar até a mim é o da última coletânea da qual participei este ano: Contos, Contas e Surtos da Pandemia. Dois presentes!

O bonito foi que hoje, inesperadamente, vendi um livro para uma pessoa que não fala português como língua materna, mas entende o português, por ter interesse no tema como mulher e pela nossa conexão através da Hildegarda de Bingen.

Nos últimos dias consegui também, um presente para mim, escrever quatro poemas para participar de duas novas coletâneas. Fiquei feliz, pois um poema só sai quando quer!…

Um dia de conexões e coincidências! Que já começou de madrugada, quando olhei pra tela do meu celular e li 3:03 do dia 03/01/20. Muito mágico para quem gosta de sinais como eu!

Quais são ou foram os seus últimos sinais?

Deixa eu voltar para o meu crochê. Ele, junto à escrita, leitura e o acompanhamento de muita música ao longo do dia têm sido minhas válvulas de escape nesta quarentena. E as suas? Mais algumas sugestões para me passar? O Facebook me lembra todo dia das coisas ótimas que andei fazendo nos últimos anos, entre as passagens dos anos, e ao mesmo tempo que adoro relembrar, fico na esperança de dias melhores.

Há dois anos atrás, escrevi o poema abaixo, que eu traduzi hoje para o inglês:

Ponto de Nada

Em algum lugar do universo

Pontinhos de nada que somos

Fazemos sentido para alguém

Alguém sabe quem fomos

Quanta gratidão

Escondida nesse fato

Um montão de alegria

Resumida em um retrato

Amor incondicional

Lágrima no olhar

À moda tradicional

E tudo muda num piscar

Sandra Santos – 31/12/18

Point of nothing

Somewhere in the universe

We are little dots of nothing

We make sense to someone

Someone knows who we were

How much gratitude

Hidden in this fact

A lot of joy

Summarized in a portrait

Unconditional love

Tears in the eye

In the traditional way

And everything changes in a flash

Sandra Santos – 31/12/18

::Coincidências::

26/03/2008

Será que a data de aniversário de uma pessoa determina em grande parte sua ”sorte“ na vida? Final de semana passado me aconteceu um fato curioso: conheci uma pessoa com a mesma idade que eu, mas que nasceu no mesmíssimo dia que meu irmão, e descobri que de caráter e de sorte os dois são super parecidos. Fiquei encucada com isso. Ambos são inteligentes, felizes consigo mesmos e sortudos, fazem sua parte, lógico, mas pode-se dizer que a sorte absolutamente os acompanha, os brindando com boas coisas durante suas vidas. Achei super interessante essa descoberta! O que você acha de minha suposição?

::Irmão quarentão/Coincidência::

13/02/2008

Meu irmão Ted fez 40 anos ontem e não se deixa abalar. Abaixo segue sua fórmula bem humorada para a eterna juventude:

“Se vocês consideram que estou bem aos 40, a fórmula é somente se preocupar com o que merece preocupação. 50% dos problemas não são problemas ou não se tornarão problemas, são só produtos da sua imaginação. Não dê importância a estes pensamentos e não sofra por antecipação. 30% dos problemas se resolvem por si mesmos. Outros 10% alguém resolve. Dos 10% que restaram, 5% não têm solução e por isto mesmo estão solucionados. No final você só tem que se preocupar realmente com 5% dos problemas. Este é o ensinamento do filósofo Alexandre, he, he, he…”

Acho que essa teoria só deve se aplicar aos homens…he, he, he…. Mas que funciona no caso dele, isso funciona! Parabéns, Ted!

***

Esta semana me aconteceu uma “coincidência” louca: passei num local às 14:10 hrs. de carro, pensei numa pessoa, logo em seguida a vi andando na calçada da rua por onde estava dirigindo. Estava no caminho de casa pro trabalho. Eu e essa pessoa nos olhamos firmamente olho no olho por alguns segundos.

No outro dia ouvi a secretária eletrônica do meu trabalho e uma pessoa que trabalha no edifício que fica “naquela rua” tinha me ligado para falar sobre “aquela” pessoa, exatamente às 14:10 hrs….. Pode?!?


%d blogueiros gostam disto: