Posts Tagged ‘demissão’

::Situações extremas durante a quarentena::

13/04/2020

Existem pessoas que não estão tendo uma vida fácil agora durante a quarentena… A título de exemplo, imaginem as mulheres que sofrem com maridos violentos dentro das quatro paredes do seu lar… Aqui números de contato para ajuda no caso de mulheres na Alemanha que porventura estejam passando por uma situação de violência doméstica durante a quarentena. Em caso de urgência, disque 110 ou 08000/116016.

Há mil e uma situações ligadas ao direito trabalhista na Alemanha também, algo que conheço relativamente bem por ser formada e ter anos de experiência na área como diretora de Recursos Humanos. Por exemplo, se você estiver GRÁVIDA e for mandada embora na Alemanha, mesmo que seja no período probatório e mesmo que o seu empregador ainda não tenha recebido a informação oficial do médico sobre sua gravidez, a recisão de contrato é INVÁLIDA. Basta apresentar atestado de gravidez dentre as duas semanas seguintes à sua recisão. Garanta seus direitos, que podem ser argumentados através da Lei da Maternidade, parágrafo 17. Conhecendo seus direitos, você pode reagir bem melhor e sair de situações desgastantes de cabeça erguida.

Caso tenha outra dúvida, escreva no comentário.

::Liberdade de expressão x sigilo empresarial – quando a Apple tenta impedir o lançamento de um livro na Alemanha::

21/02/2020

Um ex-funcionário da Apple aqui na Alemanha estava prestes a lançar um livro intitulado “App Store Confidential”. Ele tinha se desligado da empresa e já estava dando entrevistas e fazendo promoção do livro junto aos meios de comunicação. Segundo ele, tudo o que ele conta no livro não é ligado ao sigilo empresarial, todos os dados de faturamento etc. da empresa são apresentados com prova de que eles estão disponíveis ao grande público. Além disso, ele apresentou o livro antes do lançamento para que responsáveis da empresa pudessem lê-lo. Tudo nos conformes. Mas… ele seria desligado da empresa no final de março, e agora recebeu uma carta de demissão imediata. Os advogados da Apple entraram com uma ação contra o autor e contra a editora tentando evitar que o livro seja lançado, alegando que ele está pondo em aberto o sigilo das práticas da empresa.

O super interessante é que a última vez que um livro foi impedido de ser lançado aqui na Alemanha foi em 2007. Só isso já torna o caso bastante incomum, porque a liberdade de expressão, ainda mais no campo literário, é prezada e tem valor. Vou seguir esse caso, e você? Leia aqui um pouco mais sobre o caso.

::”Midori-san”, a planta blogueira::

24/10/2008

Achei no IPC Digital, um periódico online para brasileiros no Japão, a seguinte notícia:

“Midori-san”, uma planta de 40 centímetros que fica em um vaso sobre o balcão de um café em Kamakura (Kanagawa), posta artigos em seu blog todos os dias com a ajuda de um sensor que mede sinais elétricos de suas folhas, sensíveis à luz e ao contato humano.

O projeto é de pesquisadores da Universidade Keio, que colocaram detectores para capturar sinais na superfície da planta e, por meio de algoritmos de computador que também analisam as condições climáticas, transformá-los em frases em japonês.

Não é incrível? O que será que essa planta conta a cada dia? O que vão inventar ainda mais neste mundo ? Outra notícia que me chamou a atenção foi o anúncio de que a Sony japonesa prevê queda de 59% nos lucros em 2008 e outra notícia falando da demissão de brasileiros no Japão. Curioso foi ler também os comentários dos leitores, principalmente de pavel/pavil/celestino/aline/sergio. É pra chorar de rir.

Ah sim, já ia me esquecendo: lá nos comentários do último artigo citado está escrito que operário aqui na Alemanha trabalha só 7 horas por dia, mas isso praticamente não existe mais. As jornadas de trabalho aumentaram novamente nos últimos anos. No momento muitos trabalham 38-40 horas por semana, dentro ou fora da indústria. Li que foi feita uma pesquisa e cada 6° trabalhador na Alemanha trabalha mais de 48 horas por semana. Outra pesquisa mostra que o ideal, na opinião do trabalhador alemão seria trabalhar 34,5 horas, o que implicaria na criação de 2,4 milhões de novos postos de trabalho.


%d blogueiros gostam disto: