Anúncios

Posts Tagged ‘Du’

::Dutzen – tratar alguém por você em alemão::

13/02/2014

Durante a última viagem que fiz com os chefes de seção da minha empresa, decidi oferecer a eles o “du”, já que já tratava alguns deles por você, e outros por “Sie” (senhor/a). Pensei que eles eram as pessoas com as quais eu trabalhava cotidianamente e depois de alguns anos de empresa, essa decisão era perfeitamente cabível, além do mais porque temos mais ou menos a mesma faixa etária. Todos aceitaram minha oferta, a não ser um dos engenheiros, por sinal um dos mais respeitados e mais antigos na empresa. Foi um tal de senhora Santos, Sandra, senhora Santos, Sandra, pessoalmente, por escrito, que me deixou um tanto quanto insegura. Não sabia se ele não queria aceitar minha oferta. Resolvi comentar isso por e-mail, já que todas as vezes que nos víamos, outras pessoas estavam por perto. Escrevi mais ou menos o seguinte: “olá senhor x, se o senhor não quiser me tratar por você, está tudo bem pra mim, não se importe.” Ao que ele respondeu: “Oi Sandra, a sua oferta está ok pra mim, eu só tenho que me acostumar a chamar uma chefe do departamento de pessoal de você, mas eu acho que vou conseguir com o tempo.” Eu dei um sorriso quando li aquilo. Que interessante, minha posição é mesmo digna de muito respeito! Pra mim é ele que merece todo o meu respeito, pois sem ele a empresa não existiria. Ele é uma das peças principais dentro da empresa. Eu o admiro muito pelo que é, como é, pelos seus conhecimentos e pelo que atingiu dentro e fora da empresa, pelo respeito que ele tem de todos os que trabalham com ele. Que ele seja exatamente a pessoa que esteja tendo mais problemas em me chamar pelo nome, é na realidade um elogio pra mim.

Talvez uma pessoa que não more aqui na Alemanha nem entenda exatamente o que estou querendo transmitir. Mas aqui existem pessoas que passam a vida inteira trabalhando juntas, ou vizinhos, ou conhecidos, e tratam-se a vida inteira por senhor e senhora, o que faz com que todas as frases tenham que ser conjugadas de forma diferente. O “Sie” cria uma certa distância e um ar de respeito entre as pessoas, que só é substituído pelo “du” em certas circunstâncias. Dentro da empresa, o mais velho oferece para o mais novo (de idade) o “du”, a pessoa acima na hierarquia oferece para a outra abaixo da hierarquia, e por aí vai. Com o tempo, há uma grande mistura de “Sie” e “du”, o que faz do dia-a-dia uma boa de uma salada.

Uma vez ofereci o “du” para um senhor de idade dentro da empresa, que disse que agradecia muito, mas que não aceitaria por ter certeza de que não conseguiria me tratar por você, também por minha posição de responsável pela área de RH.

Em outra ocasião, me foi oferecido o “du” e eu nem soube dar tanto valor. Foi quando entrei em outra empresa, nos idos de 1998. A senhora mais antiga no departamento, de mais idade e portanto a mais respeitada, me ofereceu o “du” logo na primeira pausa, no meu primeiro dia de trabalho, dizendo que ela tinha gostado de mim. Isso permaneceu por muitos anos, mesmo depois de tantos anos onde não trabalhávamos mais juntas. Hoje em dia eu a vejo muito pouco, mas quando isso acontece, ela me trata como uma filha, por continuar gostando de mim, e por ter uma filha mais ou menos da mesma idade que eu, o que pra mim é uma honra. Ela é a amiga alemã de mais idade que tenho aqui. Hoje em dia eu sei muito bem dar valor a esse pequeno detalhe da cultura alemã.

::Dica pra aprender alemão – parte 6::

25/06/2012

Ouvir música legal como esta daqui do rapper alemão Cro, chamada simplesmente “Du” (dica minha: ouça no volume máximo ;-)):

Sie sagt, sie würde gern ans Meer
Mal wieder weg von hier
ist egal wohin einfach weit weit weg und der Stress bleibt hier
und am besten gleich
sie sagt man ich hätt’ gern Zeit
wär nicht gern reich
ich will nur so viel dass es stressfrei reicht
ey verdammt man ich wär gern bei ihr
sie will nach London Paris einfach raus in die Welt und smilet yeah
und jeder Club spielt ihr Lieblingslied
sie will nie wieder heim yeah
und sie glaubt fest dran
aber schaut mich an sagt “was ist mit dir sag hast du ‘nen Wunsch?”
Ne eigentlich ist alles cool

Denn Baby glaub mir das beste bist du,
hey vergiss mal den Rest und hör zu
ich will nie wieder weg
denn es ist cool
Ja ich weiß es gibt viel was mir gefällt (2x)

Baby ich zerbrech’ mir den Kopf
denn was bringt mir das Geld
wenn ich dich nicht seh’
und jedes mal wenn du mich dann ansiehst
bleibt meine Welt kurz stehen
und ich weiß ganz genau dass du dich g’rade fragst
ob das mit uns geht
kaum bin ich da muss ich weg
doch versprech dir jetzt
bin bald wieder da yeah
ich bin in London Paris
man ich glaub ich bin jetzt ein Star yeah
nein ich denk nicht nach
sondern mach nur was ich war yeah
denn diese Welt ist geil
jeder Tag zur Zeit macht Spaß
und es ist wahr
es gibt viel was mir gefällt

und Baby glaub mir das Beste bist du,
hey vergiss mal den Rest und hör zu
ich will nie wieder weg denn es ist cool
Ja ich weiß es gibt viel was mir gefällt (2x)

Baby
und alles Geld der Welt hat plötzlich keinen Wert
wenn du mich ansiehst
und alles dreht sich um sich selbst
fühlt sich an als ob man fällt
nichts was uns jetzt noch hält
nur wir Zwei gegen die Welt

und Baby glaub mir das Beste bist du,
hey vergiss mal den Rest und hör zu
ich will nie wieder weg denn es ist cool
Ja ich weiß es gibt viel was mir gefällt (2x)

Baby glaub mir das beste (3x)
du
Baby glaub mir das beste (3x)
du

Ou esta daqui, que também é show de bola, mas é mais difícil de entender porque ele deixa as frases sempre sem terminar, faltando sempre a última palavra… e não se deve levar a mal que ele canta sempre “sunny” com sotaque alemão, pronunciando como um “z” :-):


%d blogueiros gostam disto: