Anúncios

Posts Tagged ‘humor’

::Para rir e aprender alemão – Ja, Schatz!::

09/08/2014

Ja, Schatz! (Sim, meu tesouro!) – Esta é uma resposta comum aqui na Alemanha entre namorados e casados. Uma história super bem montada e original do cabaretista Bodo Wartke:

E aqui o mesmo título em inglês:

::Missão: fazer compras de supermercado na Alemanha::

19/01/2011

Sabem que eu achei que há muito já tinha comentado sobre a rapidez dos caixas de supermercado aqui na Alemanha? Eles são tão rápidos, que muitos clientes não conseguem equiparar seu “nível de atendimento” e deixam, coitados dos clientes, a desejar. E olha que hoje em dia eles, ou elas, na maioria mulheres, por fora padronizadas como simpáticas dando “bom dia” e “espero que a senhora tenha ficado satisfeita com o atendimento”, ou algo como “até a próxima”, por dentro são geralmente mal educadas e rudes. Elas, hoje em dia, “só” escaneiam as mercadorias, enquanto que as “feras” do passado sabiam de cor um código de uns 4 dígitos de cada produto do Aldi, e digitavam aquilo em um ritmo alucinante… E quando menos esperamos, lá estamos nós, “empacando” a fila sem querer e colhendo olhares não muito gentis… Reclamar? E quem gosta de ficar perdendo tempo em fila? Mesmo porque eu mesma já dei entrada em uma reclamação direta por escrito, direcionada ao supervisor da minha região da rede de supermercados Aldi, isso depois de terem gritado comigo e com meu marido por não termos sido rápidos o suficiente para passar nossas mercadorias no caixa. Isso aconteceu quando o Daniel, nosso filho, era pequeno e dava mais trabalho na fila, ocasião quando nos desdobrávamos, até eu, Matthias e Taísa ao mesmo tempo, pra darmos conta do recado da missão de “fazer compras no supermercado na Alemanha”… A resposta do supervisor foi decepcionante:
– Ele queria que eu descrevesse a funcionária, para poder chamar a atenção dela diretamente. Respondi que nao se trata de uma só funcionária, trata-se do sistema;
– Ele disse que o sistema é assim e que não vai mudar. Se mudasse, isso significaria que seria mais lento, o que faria com que o preço dos produtos tivesse que ser corrigido pra cima.

Imaginem bem: segundo a lógica do sistema, pagamos também, ou economizamos, em cima do mau humor e do mau tratamento que é direcionado a nós mesmos! Viva o capitalismo!

::Dia-a-dia com risadas::

29/05/2008

O Matthias vive me fazendo rir. Hoje ele achou o passaporte dele que estava perdido há algumas semanas e ele nem esquentava, e dentro do passaporte tinha uma aspirina. Sua reação:

Uau! Hoje pra mim é como Natal e Páscoa ao mesmo tempo!

Mais tarde pergunto se ele quer comer um doce que ganhei da minha amiga, que eu mesma nem me atrevo a comer por ser cheio de chocolate (e de calorias!). A resposta dele:

Ah, não, isso daí é um Granatsplitter (um doce tradicional alemão feito com restos de bolos ou com a base de biscuit de um bolo e com cobertura de chocolate), eu não gosto disso de jeito nenhum.

Não, Matthias, não é não. Minha amiga fez em casa, por dentro tem só a base de biscuit de um bolo, além disso chocolate. É só.

Não, eu não quero isso não. Só de me lembrar da última vez que comi isso, o meu estômago já revira todo. Dei a primeira mordida e vi vários pedaços de bolos diferentes misturados numa massa só, não quero nem lembrar…

Dá pra acreditar que ninguém vai comer e o bendito vai acabar indo pro lixo?


%d blogueiros gostam disto: