Anúncios

Posts Tagged ‘Kinderhorizonte’

::GAC-Grupo de Amigos da Criança::

26/01/2009

Durante minha viagem recente ao Brasil, um dos lugares que tive mais prazer de ter visitado foi o projeto GAC-Grupo de Amigos da Criança (apoiado pela ONG alemã Kinderhorizonte e.V.), que fica na favela Morro do Papagaio em Belo Horizonte. Eu e meu marido somos padrinhos de duas crianças da idade dos nossos filhos. Não houve nada mais recompensante e que enchesse mais o meu coração de alegria do que constatar com meus próprios olhos que lá a nossa pequena contribuição está sendo bem investida e que as crianças estão se ocupando de atividades legais, sendo mantidas longe da criminalidade, enquanto seus pais estão trabalhando e recebendo seu salário honestamente. Na minha opinião é importante para o Brasil que crianças, mesmo as faveladas como no caso do GAC, cresçam com o máximo de sentimento de cidadania. E isso é muito mais possível através deste projeto, que chega a fazer milagre cuidando de 220 crianças com apenas 18 funcionários.

Eu, que já ajudava o GAC e vou destinar 10% do lucro do livro Mineirinha n’Alemanha para eles, ainda quero chamar a atenção de todos para a possibilidade de apadrinhar uma criança ou de contribuir de qualquer outra forma com o projeto GAC e com suas creches. A ONG alemã Kinderhorizonte e.V. cuida do contato entre os padrinhos-apadrinhados e se compõe de pessoas totalmente altruístas, que cuidam de tudo relacionado ao projeto sem nenhum ganho financeiro. Um outro ponto positivo do projeto é que uma parte dos alemães que dele participam mora em Belo Horizonte e portanto há visita periódica no GAC e em suas creches. Desta forma é possível acompanhar como a contribuição da ONG Kinderhorizonte está sendo investida e participar ativamente das atividades, festas e de um pouco do dia-a-dia do projeto. Outro ponto importantíssimo, que me convenceu a apoiá-los mesmo antes de conhecê-los pessoalmente, é que este projeto não desperdiça nada com propaganda ou com envio de material para os apadrinhados. O contato com os padrinhos é mantido mensalmente e é feito completamente por e-mail, assim como ocorre com a comunicação entre padrinhos e apadrinhados, fazendo com que o que é investido seja completamente repassado para o projeto. O GAC acaba de perder uma verba mensal que vinha recebendo da LVA e está precisando urgentemente da ajuda de outras pessoas e organizações para manter os custos mensais com as crianças e os funcionários do projeto. Participe você também: por um brilho no olhar das crianças! Fotos da minha visita ao GAC podem ser vistas aqui no Flickr.


%d blogueiros gostam disto: