Posts Tagged ‘Mineirinha n’Alemanha’

::Mineirinha n’Alemanha::

03/07/2020

Há alguns meses atrás o meu primeiro livro, o Mineirinha n’Alemanha, foi escolhido pelo Celso da Batatolândia com um dos 6 livros mais importantes para entender os alemães e a Alemanha. Como escritora, foi uma grande honra ser colocada ao lado de João Ubaldo Ribeiro!

Hoje recebi um retorno de uma leitora sobre o livro, o que demonstra sua atemporalidade e me deixou de novo muito feliz com mais um feedback positivo sobre ele:

“Terminei seu livro e gostei muito! Pena que não li antes de vir pra Alemanha; teria me poupado muitos perrengues! 😊

Seu livro é muito interessante e muito informativo também! Compartilhamos muitas experiências, mas com pontos de vista diferentes! Muitos legal ver isso!

Realmente o seu é um livro necessário, de utilidade pública!”

::Sentimento de gratidão::

16/06/2020

Um sentimento de gratidão enorme, desses que quase deixa o coração da gente explodir dentro do peito, é o que sinto no momento ao voltar ao questionário que eu fiz há umas semanas atrás e verificar o resultado do mesmo!

Quando preparei esse questionário, recebi ajuda de todos os lados, mas por outro lado algumas pessoas me perguntaram quanto investiria para conseguir respostas e algumas diziam que o questionário tinha ficado muito longo (o que é verdade) e que tinham receio de que muitos abririam o arquivo, mas não completariam todas as perguntas.

O resultado final é de que 121 (!) pessoas contribuíram para uma pesquisa bastante extensa, que me possibilitará avaliar ainda melhor os desejos e expectativas de quem está buscando um emprego no exterior, mas especificamente na Europa. E dessas 121 pessoas, 72 pessoas deixaram seu endereço de e-mail para serem informadas sobre o projeto da Connexx e para participar de um sorteio de um livro.

Acabo de fazer o sorteio (usando um random number generator na internet)… and the winner is

Kaka Furst!

Como não sei se é alguém que fala português, acabo de enviar um e-mail em inglês oferecendo um ou dois livros meus autografados ou um livro à escolha da pessoa no valor de 20 euros, caso ela não fale português.

Se você sabe quem ela é, diga pra dar uma olhada na sua caixa postal!

Queria deixar mais uma vez um grande agradecimento a todos que participaram. Um projeto não pode andar pra frente se muitas pessoas não derem sua parcela de contribuição. E no caso da Connexx, constato que recebi muito apoio! Por isso, sinto pura gratidão!!!

::O livro “Mineirinha n’Alemanha” também é grátis na Amazon!::

20/05/2020

Pra quem tem Kindle Unlimited, o meu livro “Mineirinha n’Alemanha” (além dos meus dois outros livros) está (e sempre foi) de graça na Amazon, em todas as plataformas ao redor do mundo! Na minha opinião ele continua atualíssimo, porque muitas questões do expatriado são atemporais, e resolvê-las (o que começa pelo entendimento) é crucial para viver bem no exterior. Fica a dica!

Link para a oferta da Amazon na Alemanha

Link para a oferta da Amazon no Brasil

Detalhe: se clicar no meu nome, verá todos os meus livros. TODOS são de graça pelo Kindle Unlimited!!!

Já tava bão? E tem mais!…

Em virtude da quarentena a AMAZON disponibilizou vários livros DE GRAÇA por um período limitado. Totalizando quase 400 mil reais em desconto. Quem baixar vai ter o livro PRA SEMPRE e ler quando desejar.

Por favor, ajude a compartilhar este post para o maior número de pessoas.

🤓 50.000 eBooks grátis – Amazon
Acesse a Coleção completa:
➡️ https://amzn.to/2JOb68I

Acesse por área:

🏠 Home Office
350 ebooks https://amzn.to/2R8p1ut

👩🏻‍💼 Administração, Negócios e Economia
1250 ebooks https://amzn.to/2UNXgtb

🤝 Autoajuda
238 ebooks https://amzn.to/2UO6WUG

🖥 Computação, Informática e Mídias Digitais
42 ebooks https://amzn.to/3e2qZpM

🙏 Religião e Espiritualidade
130 ebooks https://amzn.to/2UQMouE

🍽 Gastronomia e Culinária
760 ebooks https://amzn.to/2Rj1Yge

🧟‍♀ Fantasia, Horror e Ficção Científica
181 ebooks https://amzn.to/2xb256W

🦸🏻‍♀ HQs, Mangás e Graphic Novels
32 ebooks https://amzn.to/3aSjdNo

👶🏻 Infantil
109 ebooks https://amzn.to/2wrpP6w

👔 Política
213 ebooks https://amzn.to/34nhE7B

👩🏼‍⚕ Medicina
180 ebooks https://amzn.to/39QoJi7

👮🏻‍♀Policial, Suspense
52 ebooks https://amzn.to/3ecTjpM

::A Mineirinha passeando por aí::

01/05/2020

Hoje foi o dia do meu primeiro livro sair pra passear, e ontem fui entrevistada muito por causa dele. Ele foi meu primeiro filhote de papel. Go, Mineirinha, go!… Curiosa pra ver onde ele ainda vai me levar!… E para onde eu o vou levar!…

Outro dia, ainda no começo da quarentena que hoje já se estende por 8 semanas no meu caso, eu abri um newsletter e adorei o poema que li. Achei o endereço da autora e escrevi pra ela. Depois li que ela estava na Califórnia. Mandei uma pergunta pra ela no meu e-mail. Alguns minutos se passaram e recebi um poema de volta de volta como resposta!

::Uma carta de volta::

E como você vive e quais são os seus medos durante esta crise?

Que pergunta para enfrentar

depois da meia-noite, vinda do outro lado do mundo!

No seu país agora e hora

de descansar de todos esses medos diários e existenciais

até que, como Jacó e o anjo mau

nos concedam uma benção

Eu tenho medo de que pessoas que eu amo possam morrer

Eu tenho medo porque minha filha está herdando um mundo

muito mais duro do que ela merece.

Eu tenho medo porque momentos desesperadores chamam

por medidas desesperadoras e eu

não me sinto desesperada o suficiente.

Devo continuar? Eu tenho medo

que as pessoas estejam muito longe

da ideia real da verdade.

Eu tenho medo que tenhamos esquecido

como falar, e como escutar.

Eu tenho medo de que o tecido que nos mantém juntos

seja muito mais fino do que eu pensava que era

e que as pessoas continuem escorregando entre suas linhas.

E como você vive?

Com sofrimento. Com medo. Com sorrisos.

Com tédio. Com . Com alegria.

Com raiva. Com esperança.

Com a firme convicção de que nada

cancela nenhuma outra coisa.

A morte não cancela a vida.

O sofrimento não cancela a felicidade.

O medo não cancela a convicção.

Nem nenhuma dessas frases ditas ao contrário.

Faça um vaso do seu coração

Que seja suficiente para conter todas as emoções.

Imagine que você seja o ceramista.

Espiche o barro. Encontre contentamento com a mesa giratória.

Aceite que aquele vaso

nunca chegará a ficar pronto.

Autoria: Lynn Ungar 18/03/20 – poema original publicado aqui.

Tradução: Sandra Santos em 01/05/20

::Outro poema sobre os dias atuais (português/inglês)::

07/04/2020

:Charada::

Trata-se

Da quantidade de ar (energia)

Que você está em condições

De transportar até seu pulmão

Mas também trata-se

Do estado de saúde mental

Que você mantém

Durante estes dias

A esperança

Esquenta seu coração

O medo

Pode fazer seu pulmão parar de funcionar

Tenhamos esperanças!

-/- :

:Charade::

It’s about The amount of air (energy)

That you are able to put Into your lungs

But it’s also about

The state of mind

That you keep

During these days

Hope

Warms up your heart

Fear

Can put an end to your lungs

Let’s hope!

Sandra Santos – 06/04/20 (5a. semana de quarentena/5th week of quarantine)

P.S.-Se gostou deste poema e quer ler mais, encontrará meu livro “Poemas da Mineirinha n’Alemanha” nas páginas da Amazon em todo o mundo!

::Com vocês, a Marmeladenoma (Vovó Geléia), star do YouTube!::

27/03/2018

Esta semana eu descobri uma vovozinha aqui na Alemanha que lê fábulas na internet (YouTube) e mantém um canal de LiveStream para se comunicar com seus fãs. Ela tem um canal no YouTube, uma página na internet, e assim interage com seus fãs, recebe p.ex. muitas cartas deles, respondendo uma a uma e as enviando pelos Correios junto de um cartão de autógrafo. Ultimamente, ela andou ganhando muitos prêmios na vida real e ficou famosa na Alemanha, tendo atualmente 191 mil seguidores, que ela chama carinhosamente de seus “netos”.

Humilde e dona de uma voz doce e serena, que sabe modular dependendo sobre quem está lendo, ela se apresenta como Vovó Geléia (Marmeladenoma) e tem 86 anos. A Vovó Geléia faz questão de sempre dizer que não seria nada sem o neto dela, o Janik, de 16 anos, para quem ela lia muitas fábulas quando criança, que teve a ideia de criar o canal no YouTube, inventou seu nome artístico e é que é quem entende de técnica, faz, produz e publica os vídeos.

Um dia, um star do YouTube muito famoso aqui na Alemanha, o Gronkh, a descobriu e sugeriu que seus seguidores fossem fazer uma visita a ela. Assim, ela ficou famosa da noite para o dia e já foi visitada pelos seus quase 200 mil seguidores mais de 10 milhões de vezes. Além de ler fábulas, ela responde perguntas colocadas pelos seus seguidores e conta de sua vida e do passado, e essa é a parte que mais gosto, nostálgica como sou. Ela tem também vários outros vídeos onde interage, brinca e troca ideias com seus fãs.

Acho a ideia do canal dela fantástica por várias razões:”crianças”, segundo ela de 11 a 80 anos têm a oportunidade de conhecer mais das fábulas e do passado, através dela pessoas de várias gerações se reúnem e trocam ideias, ela é um catalisador e ponte para as gerações, lendo fábulas antigas, p.ex. dos irmãos Grimm, difundindo a cultura e a História alemãs. E o mais importante é que ela se sente querida e amada, e tem a oportunidade de passar mais tempo com seu neto, produzindo os vídeos para seu canal. Há até uma oportunidade prática para o canal dela: como ela lê fábulas conhecidas, há a oportunidade de procurar pelas histórias em um livro ou na internet e aprender ou treinar a pronúncia das palavras em alemão com ela! E: quem lê, viaja no pensamento!

Quem diria que uma velhinha de 86 anos faria carreira na internet e se tornaria um star! Ela é uma fofa e merece o carinho que vem recebendo. Que viva ainda muitos e muitos anos acalentando a alma de seus netos de todas as idades!… Uns devem estar pensando se ela é uma das mais pessoas mais idosas no YouTube e a resposta é negativa: a pessoa mais idosa que tem um canal no YouTube é a Mastanamma, com 106 anos de idade! Até eu fiquei com vontade de ler histórias, como dizia minha tia “causos” e casos da Mineirinha n’Alemanha, além de temas práticos como o de morar, estudar e trabalhar no exterior, e gravá-las como vídeos!… Quem sabe um dia? Nunca é tarde para começar! Enquanto não começo, aqui uma “canja” da Mineirinha e do canal da Marmeladenoma (Vovó Geléia).

Fonte: artigo do jornal Welt do dia 24.03.18.

::Mineirinha n’Alemanha: Promoção especial de quase 25 anos na Alemanha::

29/10/2017

Ano que vem estarei completando exatos 25 anos na Alemanha, esse acontecimento parece incrível até para mim mesma! É muito chão e muita história pra contar!…

Em comemoração aos 25 anos e ao lançamento do meu novo livrinho (Re)descobrindo Quem é Você, que eu carinhosamente apelidei de RQEV, quero oferecer uma promoção especial, valida somente até o dia 31 de março de 2018, data que completo meus 25 anos de Alemanha: para quem adquirir meu novo livro, gostar e quiser ler também o Mineirinha n’Alemanha, meu primeiro livro, ou quiser presenteá-lo para um amigo, sempre com dedicatória e autógrafo por um preço especial de 10 euros, incluindo o envio pelos Correios dentro da Alemanha, fora da Alemanha a combinar.

Quer se informar mais sobre os assuntos tratados no primeiro livro? É só visitar a seção “Os livros e onde comprar” aqui no blog. Qual é a opinião de quem já leu o livro? Visite a seção “Opiniões dos leitores“.

Eu quero o livro, como proceder? É só entrar em contato comigo, mandando uma comprovação da compra do RQEV, informar pra quem é a dedicatória e após a transferência, o livro é enviado pelos Correios. Corra lá pra garantir o seu, pois o número de livros é limitado, só restam mais alguns exemplares!

::Dica da Mineirinha::

22/10/2017

Pra quem está passando por aqui agora, por causa do lançamento do meu livrinho “(Re)descobrindo Quem é Você”, eu queria sugerir que me procurem também no Facebook e assinem lá minha página, a Mineirinha n’Alemanha”, porque costumo publicar muita coisa direto lá. Vira e mexe leio muita coisa legal e estou deitada na cama, dentro do trem, passeando por aí… e republico imediatamente no Facebook, sem passar por aqui.

Fica a dica! Nos vemos por lá?

E por falar em escrever por aqui, hoje ganhei dois presentes maravilhosos da vida!

Um deles foi o primeiro retorno sobre o meu novo livrinho, que foi muito, muito positivo vindo de uma amiga que significa MUITO pra mim e que considero de montão! Reduziu o medo do que ainda está por vir quanto a retornos quanto ao novo projeto, pois o retorno dela foi muito significativo pra mim, e como disse muito positivo, fiquei super feliz e grata!!! O ato de escrever pra mim é como se “despir” para o leitor, e depois que o projeto é solto no mundo, ele ganha pernas sozinho! Eu fico daqui vendo como ele está andando… É uma coisa meio como ganhar um filho e vê-lo crescer… um processo de absoluta introspecção e depois de soltar o “menino” pro mundo, deixá-lo andar com as próprias pernas. Bom ver que ele está se dando bem agora no comecinho de sua vida “adulta”, fazendo amigas e conseguindo dialogar com o mundão lá fora!

O segundo presente aconteceu depois que tive a coragem de fazer uma pergunta descarada e diretamente. Trata-se de outra pessoa que admiro muito, pra quem escrevi e perguntei se poderia incluir uma poesia de sua autoria no meu próximo projeto, que espero poder lançar nos próximos meses, e também perguntei se queria participar dele sendo a pessoa que irá escrever o prefácio. A resposta foi SIM… e SIM!!!

Esses dois acontecimentos foram dois grandes presentes hoje pra mim!!! Lá fora tem muita coisa para ser realizada, muito projeto pra levar adiante, muito sonho esperando pra nos dar as mãos e andar conosco. Vamos nos encher de coragem… e vamos caminhar?!?

::Sinais, refugiados & poemas::

11/09/2015

Talvez estejam se perguntando o que um tema tem a ver com o outro?!? Pasmem: acreditem ou não, por um grande acaso do universo, reencontrei o anjo sobre o qual comentei no meu livro Mineirinha n’Alemanha, bem no finalzinho, que salvou meu filho depois de uma parada respiratória. Fui até o meu anjo feminino e disse que a conhecia, mas não lembrava bem de onde… Ela disse que tinha sido a pessoa que me ajudou, quando meu fiho parou de respirar… Eu a abraçei imediatamente! Disse que mantenho minha promessa até hoje, pois continuo sendo socorrista. E disse que aquela história, naturalmente, me marcou muito, porque eu só a vi em minha vida no dia que ela me ajudou, um dia depois para poder agradecê-la pela ajuda, e depois nunca mais voltei a vê-la. Acreditem se quiser, isso aconteceu quando o Daniel tinha uns 3 anos, e fiquei sabendo essa semana que ela mora no meu bairro, mas nunca mais tínhamos nos visto novamente. Conversamos um pouco, eu disse que acredito firmemente em sinais e que semana passada recebi um grande sinal, pelo que estava pedindo e orando muito, com a ajuda dos meus amigos e familiares. E sei que ela foi um sinal para mim, um anjo no lugar certo e na hora certa, que salvou meu filho, pelo que sou muitíssimo agradecida! E que lugar teria sido mais propício e mais simbólico para esse reencontro que não em um curso de meditação budista? 🙂 Eu disse pra ela que hoje o Daniel é um menino enorme, quase do meu tamanho, com ótimas notas e muito inteligente. E que eu sei que naquele dia fatídico tínhamos só dois minutos para reagir depois da parada cardíaca, e não posso parar de agradecer a ela e ao universo por essa dádiva. Ela comentou sobre a filha dela, começamos a falar da volta às aulas na semana que vem. Mais uma coincidência: a filha dela é da mesma idade do Daniel e vai estudar na mesma escola, porém em uma classe paralela à dele. Vamos nos rever a partir de agora várias vezes! Que grande presente do universo!…

Vira e mexe vejo vídeos e leio mais artigos sobre a atual crise de imigração. Existem no momento ao todo 50 milhões de pessoas no mundo envolvidas em movimentos migratórios! Este é o maior número desde a 2ª. Guerra Mundial!

Dos refugidados da Síria, até o final de janeiro de 2015, somente 4% tinham vindo para a Europa. Em termos relativos, se comparado ao tamanho da população de cada país, os países que mais recebem refugiados em 2013 foram a Suécia, a Áustria e a Hungria. Está provado que os imigrantes podem ser uma força propulsora para as economias locais. No caso da Alemanha, em 2012 os estrangeiros contribuíram em em média com 3.300 euros de impostos e contribuições sociais, ainda levando em conta o que havia sido gasto com a ajuda ao imigrante. Conclusão: eles geram mais recursos do que custam, a contrário do que todo mundo pensa. Esses dados aqui são muito valiosos, claro que terão que ser atualizados com as mudanças atuais, mas devem ser mostrados a todos aqueles que têm muito preconceito e receio com relação aos refugiados. Tinha lido também que dos asilados, 15% tem ginásio completo e outros 15% tem um curso superior, o que vale ouro para um país feito a Alemanha que precisa urgente de mão de obra qualificada em várias áreas de conhecimento. Segundo uma pesquisa atual 18% da população alemã já ajudou diretamente os refugiados, outros 23% pretendem prestar ajuda concreta dentro em breve.

Outra comparação: o Obama anunciou ontem que vai receber 10.000 refugiados no próximo ano, depois de ter sido fortemente criticado nos últimos dias. A estimativa é de que a Alemanha estará recebendo este ano 800.000 refugiados (o maior número de pedidos de asilo tinha sio até agora em 1992, de aproximadamente 440.000). Comparado a população da Alemanha com a dos EUA, ele teria que receber 3,2 milhões de refugiados, o que daria aproximadamente 10.000 pessoas, mas por dia.

Tenho escrito muitos poemas no momento. São tantos, que estou até pensando em lançar um livrinho só com poesias e pensamentos, sinais que ando recebendo nos últimos meses. Fecho o post de hoje com um poema, aquele que usei como fechamento do meu livro Mineirinha n’Alemanha, que não poderia ser mais atual para os dias de hoje (tradução para o português logo abaixo). Bom final de semana para todos! Agora que o sol está nos deixando, chegamos novamente à fase introspectiva do ano, hora de fazer altas viagens mentais. Bons pensamentos!

Wir sind alle Ausländer – Somos todos estrangeiros


Wir sind alle Ausländer
Heute ich
Weit weg von zu Hause
Nehme eine andere Kultur an
Wohne,
Bewege mich,
Esse,
Trinke:
Alles ist anders.

Morgen DU
Kannst eine andere Kultur annehmen
Aus eigener Entscheidung oder unfreiwillig
Dann wirst DU
Wohnen,
Dich bewegen,
Essen,
Trinken:
Alles wird anders sein.

Wir sind alle Ausländer
Heute ich, gestern ein anderer, morgen du, vielleicht:
Bürger dieser Welt.

°°°

Hoje EU
Muito longe de casa
Abraço outra cultura
Vivo,
Me movimento,
Como,
Bebo:
Tudo é diferente.

Amanhã VOCÊ
Pode abraçar outra cultura
Por decisão própria ou por falta de escolha
Então você irá
Viver,
Se movimentar,
Comer,
Beber:
Tudo vai ser diferente.

Somos todos estrangeiros
Hoje eu, ontem outro, amanhã você, talvez:
Cidadãos deste mundo

Fontes: Handelsblatt Morning Brief de 11.09.15, artigos do jornal Süddeutsche ZeitungFakten gegen Vorurteile” (Fatos contra o Preconceito) de 21.01.15 e “Was hinter der Bereitschaft der Deutschen Steckt” (O que está atrás da solidariedade dos alemães) de 11.09.15.

::Nova Era – Leitura em Frankfurt::

30/05/2015

::Nova Era::.

Gente, eu me repito. Pelo menos posso afirmar que continuo comigo, sou autêntica naquilo que penso e como vivo. Estou comigo aqui e agora.

A leitura do “Mineirinha n’Alemanha” em Frankfurt foi a mais gratificante de todas as que já tinha feito antes. Fico muito grata à Imbradiva e à TFM pelo convite! Casa cheia, muitas perguntas, muita troca, público interessado e muito interessante. Vieram leitores de Marburg me ver! Fiz novas amizades!  Há presente maior que um livro possa te dar?!? Pra mim não! Escrevo pela troca, pra mim, por mim, pra todos, por todos. Quem quiser, pode ver fotos do evento no Facebook aqui.

Frankfurt foi a primeira cidade que visitei quando vim à Alemanha em 1991. Foi emocionante pisar nos mesmos lugares depois de 24 anos. Saiu até um poeminha, que eu li no começo da leitura do livro na TFM, dia 22/05/15:

Frankfurt (poeminha feito durante meu almoço na Hauptwache em 22/05/15, inspirada pelo saxofone que ouço, misturado a uma violinha clássica vinda do outro lado da praça, inspirada também por Fernando Pessoa. À minha frente, gente do mundo perambulando pela cidade, uma igreja e muito arranha-céu)

 

É uma verdadeira

Torre de Babel

Cheia

De letreiros, de papel

 

Gente

De todo canto

Músicas, sons

Até com espanto

 

Tem chinês,

Brasileiro,

Estrangeiro do Havaí

E até português!

(Se bobear, até um alemão

Vai ser achado por aqui!)

 

Tanta língua

Tanta gente

Velho e novo

Cidade contente

 

Primeira cidade alemã

Que eu conheci

Pena que fico aqui

Só até amanhã!…


%d blogueiros gostam disto: