Posts Tagged ‘notícia’

::A nossa mesquinhez de cada dia nos dai hoje::

04/03/2020

Hoje estive pensando sobre o assunto do momento: claro, sobre o coronavírus. Pensei quais são os maiores inimigos da doença: o medo, o capitalismo e o lado mau do ser humano. Explico.

O medo, porque é fácil ter medo de algo invisível e desconhecido. É fácil desenvolver ansiedade e até dores físicas através delas. Nada melhor do que ser uma pessoa bem informada, porém sensível, que além do mais tenta imaginar cenários do futuro e se baseia em fatos. Eu mesma caí como um patinho naqueles primeiros vídeos que foram enviados da China, mostrando gente caída por todos os lados, sendo levadas às pressas para hospitais que às vezes eram cabanas de abrigo de quase-mortos. Mesmo tendo ficada altamente assustada naquele dia, praticamente não repassei os vídeos. Fiz pesquisas, li sobre o assunto, conversei com pessoas que prezo et voilà: a maioria deles não era atual, era de crises e épocas passadas.

O capitalismo, porque seria tão fácil se todos os locais afetados pudessem mesmo enviar seus cidadãos para uma quarentena de 14 dias em casa! Se os afetados não tivessem medo de perder seus empregos, de serem estigmatizados. E olha que aqui na Alemanha praticamente ninguém fica em casa sem pagamento: se a quarentena tiver sido imposta, a pessoa pode pedir ressarcimento dos dias não-trabalhados ao Estado. Se a pessoa estiver doente, pode ficar até 6 semanas em casa com pagamento de seu salário garantido por lei, para todo e qualquer empregado no país (Lohnfortzahlung im Krankheitsfall). Mas acabo de ler que nos EUA os funcionários do Wallmart têm medo de faltar ao emprego, porque podem perder seu bônus e até mesmo perder o próprio emprego com a falta. E olha que isso acontece no país que foi considerado como o mais bem preparado para lidar com uma epidemia, heim?!? Não há como negar: o dinheiro rege o mundo – e na atual situação isso não é nada, nada bom!…

E o lado mau do ser humano? Ah, esse ganha de todos, né? Gente saudável, rica e jovem comprando mil e uma máscaras para estocar em casa, que provavelmente não serão usadas, enquanto profissionais da saúde e velhinhos ficam a ver navios sem proteção!… Gananciosos que colocam 500 ml de desinfetante como oferta de troca por um iPhone(!) e gente que não pensa duas vezes em provocar nervosismo na população fazendo fotos e vídeos de prateleiras vazias nos supermercados alemães, sendo que no momento só máscaras, lenços desinfetantes e álcool gel é que faltam de verdade!

A partir de hoje está proibida a exportação de máscaras faciais daqui da Alemanha, a não ser para casos oficiais de ajuda humanitária. A intenção é de atender o mercado interno e contribuir para que as máscaras cheguem a quem delas realmente necessita no momento. Talvez a ação do governo ajude a cobrir alguns desses problemas, políticos alemães e médicos vêm apelando neste sentido. Esperemos o melhor!

Fonte: artigos variados da atualidade, dentre eles este da revista Der Spiegel de hoje, 04/03/20 e este da página Fast Company de 03/03/20.

::Como notícias inventadas – vulgo “fake news” – ganham o mundo…::

15/11/2017

Quem se lembra de ir à caixa dos Correios no Brasil, nos idos de 1900 e lá vai pedrinha, e buscar cartas mas encontrar… correntes?!? Eu me lembro disso nitidamente. A caixa de Correios lá de casa era na descida da rampa e eu tinha desenvolvido estratégias especiais pra ter certeza de que tinha mesmo algo lá antes de descer pra buscar. E quando chegava lá e só achava correntes… eu ficava p. da vida!

O tempo passou e as correntes ganharam o Brasil e assim o mundo através da internet. Infeliz combinação essa, viu? Pior ainda misturada à nossa mania de enaltecer outros países e falar/pensar mal do Brasil, daí a notícia vira prato cheio.

Dessa vez a notícia inventada que já estou até cansando de ver repetidamente na internet é sobre a chanceler alemã Angela Merkel. A notícia não pode ser verdadeira por várias razões:
a) já pesquisei duas vezes e não acho nada parecido na internet em alemão
b) professores não fazem parte das profissões mais bem pagas na Alemanha
c) a Merkel gosta conhecidamente de ficar em cima do muro com relação a várias questões e dificilmente defenderia um grupo profissional da forma referida no artigo, muito menos denegrindo assim outros profissionais. Não faz o estilo dela. Além de gostar de ficar em cima do muro por questões estratégicas, ela é integrativa e procura zelar pelo respeito na sua comunicação.

IMG_6899
Bom, vamos fazer uma coisa? Antes de repassar uma corrente, pense:
a) pra quê?
b) vai fazer diferença pro mundo?
c) se fizer, dê uma pesquisadinha básica na internet antes de propagar a notícia. A listinha das notícias falsas, hoax, fake news, etc. agradece!

Já comentei que gosto da democracia da internet, onde qualquer um pode emitir sua opinião, mas notícias falsas são definitivamente o revés dessa liberdade!…

::Notícias incríveis::

19/11/2008

Já ouviram dizer que uma mulher foi achada 42 anos depois de morta dentro de seu apto. na Croácia? Fiquei boba com a notícia!… Um comentário de um brasileiro num fórum me fez dar boas gargalhadas:
“vai ver a mulher não tinha vizinhos, não devia nada a ninguém, pagou suas contas 50 anos em antecipado e depois disso ninguém deu falta dela no apto.”.
e outro:
“hummmmm…. sei não. será que na croácia já existia televisão há 42 anos?”
Aqui falam de uma mulher morta há 35 anos num apto., que morreu na cama e não frente à tv. Mas só agora entendi que no comunismo ninguém era dono do apto. e talvez ninguém tinha então que pagar por contas de água, luz, telefone, pode ser? De uma forma ou de outra, este acontecido confirma a forma alienada como várias pessoas moram no mundo, né?

E ao comentar isso da mulher morta há 42 anos hoje na aula de inglês da minha empresa, meu prof. australiano me contou que um homem da Polônia voltou do coma depois de 19 anos e achou um mundo com capitalismo, ceculares, mp3, etc…. Imaginem! E ele teve uma esposa que teve fé e cuidou dele durante todos esses anos, apesar de ter sido desenganado pelos médicos! Isso é que é amor!!!


%d blogueiros gostam disto: