Posts Tagged ‘Pedro Morais’

::Pedro Morais, a cor púrpura e borboletas azuis::

14/01/2011

Não sabe o que ouvir no momento? Está com saudade de MPB, mas das boas? Ouve sempre as mesmas músicas e gostaria de descobrir um novo cantor? Está cansado de músicas sem conteúdo e quer ser tocado por letra e arranjo, bem no fundo da alma? Achei tudo isso e mais um pouco no novo CD “Sob o Sol” do cantor, compositor e instrumentalista Pedro Morais, de 28 anos, um “Zeca Baleiro” das minhas Minas Gerais. As letras, assinadas por ele com pareceria de Magno Melo, são simplesmente maduras demais, profundas demais pra uma pessoa da idade dele, poesia pura e infinita. Quando estava em Beagá no meio do ano, rodei a cidade atrás do CD dele pra comprar, desejei tanto ouvir o trabalho dele por enquanto, que foi na internet que acabei achando aqui seu CD completo pra baixar grátis. Achava que não poderia nem divulgar isso, que era pirataria, que era ilegal, mas acabo de ler aqui que o próprio cantor está a favor da divulgação da sua obra desta forma, pois vê assim uma forma de ficar mais conhecido e de aumentar o público para suas apresentações ao vivo. Ai, como eu gostaria de ir num show dele! Gostaria também de comprar o CD, pois gosto de ver/ter o trabalho final, pegar no CD, abrir o livreto, ler as músicas, ler os agradecimentos, leio tudo mesmo. Quem sabe na próxima viagem ao Brasil? Enquanto isso, vou ouvindo as MP3, nos últimos dias repetidamente, uma vez atrás da outra. Recomendo! Vale a pena conhecer a voz e a arte deste artista, que com certeza ainda verei crescer e ficar famoso em todo o Brasil, pois talento ele tem de sobra!

***
Die Farbe Lila

Hoje à noite assisti o resto do filme “A cor púrpura” do Steven Spielberg. Vi o restante do filme, isso porque muitas vezes que me deito no sofá e quero ver um filme, acabo dormindo de cansaço. Em algum momento da minha vida eu já tinha assistido este filme, tinha ficado uma boa lembrança, mas eu não me lembrava mais dele. Com certeza eu ainda era muito jovem para ele quando foi lançado, em 1985. Que obra prima! Depois de um filme como este, seria difícil pensar que uma pessoa continue desacreditando em Deus (ou como quer que ele/ela queira chamar a força positiva, transformadora e amorosa do universo) ou que continue existindo a suposição de que nós, seres humanos, sejamos divididos em raças, classes, mais e menos inteligentes, mais e menos dignos de amor…. Voltando ao filme, ele é simplesmente fantástico! Não é por menos que o Steven Spielberg ganhou tantos prêmios com esta obra! Se houver alguém que por ventura ainda não tenha visto o filme, vá correndo comprá-lo/vê-lo/pegá-lo emprestado. Vale também a pena ver de novo! Por acaso ele está à venda na loja do Matthias, por meros 4 euros.

***

Borboletas

Borboletas por todas as partes! Passei o ano pensando fixamente numa companheira minha, a borboleta azul. Coloquei-a no logotipo da Connex, pensei nela firmemente. Acho que o ano de 2010 foi o ano das borboletas pra mim. Passei o ano vendo muitas delas, no Brasil foram muitas, até voando na frente do carro, durante as viagens e aqui, antes do inverno ter chegado, elas também estiveram muito presentes. Qual não foi minha surpresa ao constatar, no meu primeiro dia de trabalho na nova empresa, que o programa com o qual trabalho principalmente tem no logotipo, imaginem, uma borboleta azul! 🙂 O inverno chegou e elas não desapareceram. Continuei vendo-as, impressas, coloridas, multicores, de todos os formatos e formas. Sinais, bons sinais. Conversando com minha prima, constatamos que temos a mesma companheira nesta vida. E você, tem também algo/um bicho/um talismã que o acompanha pela vida?

Sinais! 01:01 da madrugada… Boa noite!

..4a. janelinha – calendário de advento da Mineirinha::

04/12/2009

Eu sou fã absoluta desse “menino”, o Pedro Morais: cantor, compositor e instrumentalista jovem, inteligente, perspicaz, dono de um talento para mim inigualável e que com certeza vai fazer cada vez mais sucesso. Faço até propaganda dele em alemão, como aqui. Dá-lhe, Pedro!

::Gente do Ocidente – Pedro Morais::

24/10/2008

Gente do ocidente tem osso e dente
Anel e pente
Pé e parente
Tem sangue quente
Só não tem alma, porque a alma não tem fração

Gente do ocidente
Poder que mente
Olhar de crente
Corpo que sente
A paz ausente
Nem isso salva
Porque o que salva é prevenção

Gente o ocidente parece máquina
Mecanicamente falando, gente é redução
Partes macros e micros, fios, parafusos
Um todo confuso de fé e razão

Gente do ocidente é cabeça do homem
Gente do ocidente é cabeça do pau
Gente do ocidente ainda é doente de ditadura patriarcal

Freud estava certo:
Gente é puro sexo
Vontade, é desejo
E desejo, é tesão

Decart até passou perto
A força do universo é a força do grão
Mas não

::Ontem, hoje, sempre…::

17/08/2008

Tantas coisas rondando na minha cabeça agora: uma literária e outra musical, pra variar. Hoje durante o dia todo: luta com o assentamento de granito no chão da cozinha. Resultado parcial: 1×1. Amanhã tem mais.

Pensando bem e retrocedendo um pouco no tempo, eu sempre tive a ver de alguma maneira com a Alemanha, nem que seja de forma paralela, como no caso da rua Alemanha que ficava ao lado da minha no bairro Eldorado, onde morava antes de vir para cá. Aos 13 anos mais ou menos li um livro que me marcou, o Christiane F., drogada, prostituída – e pelo menos no meu caso este livro serviu de exemplo pra nunca tocar em drogas. Agora há pouco li um artigo sobre a autora do livro, que nunca conseguiu trabalhar e vive das rendas do livro que a tornou famosa: ela voltou a ficar dependente de heroína e perdeu a guarda do filho de 11 anos… Que pena! Parece realmente ser muito difícil viver “normalmente” depois de ter sido dependente. Por fora não se vêem sinais de sua vida de adolescente, mas por dentro, com certeza, sim.

Acho que achei o “Zé Cabaleiro de Minas Gerais”: Pedro Morais. Quanta música linda, meu Deus! E com um toque de poeta, muitas rimas e brincadeiras com a linguagem, letras bonitas e inteligentes como eu adoro! Ele acabou de lançar um CD, recomendo!

Eu, pelo menos, não vou deixar o Brasil no final do ano sem um CD dele na mala! Se tiverem ficado curiosos, tem várias outras músicas dele no MySpace pra vocês curtirem e – assim espero – se deleitarem com ele!


%d blogueiros gostam disto: