Posts Tagged ‘provérbios’

::Sua alma, sua palma::

19/12/2020

Cresci ouvindo muitos provérbios, fruto da sabedoria popular que também era repassado no dia a dia de convivência da minha família, um deles era o “sua alma, sua palma”, que está ligado ao conceito de desobediência e consequência. Ele é usado quando alguém quer avisar a outra pessoa que se ela fizer algo errado, sofrerá as consequências.

Pois bem, penso que esse provérbio seja perfeito para o momento atual em que estamos inseridos, onde parece que estamos lutando com duas epidemias ao mesmo tempo: a do coronavírus e a da desinformação.

Tão próximos do início de uma vacinação em massa, que não irá nos proporcionar a volta à vida normal de antes da pandemia, mas irá pelo menos salvar muitas vidas, vejo o mundo discutindo, tanto quem sabe algo de medicina quanto quem sabe pouco ou nada, sobre a decisão de tomar ou não tomar a vacina, se ela é ou não confiável e a criatividade e a maldade daqueles que espalham fake news parece ter chegado ao nível máximo – ou pelo menos eu espero que este seja o caso!…

Sua alma, sua palma. Leia fontes confiáveis. Não repasse informações antes de checar sua vericidade. Reflita e pergunte para quem entende do assunto. Busque várias fontes antagônicas, forme sua opinião. Tente aprender um pouco mais sobre a história das pandemias e da produção de vacinas ao longo da História. Tome sua decisão e viva com ela. Mas, por favor, se não tiver base científica e não entender muito bem do que está falando, faça um favor à humanidade e aos seus semelhantes: guarde sua opinião para você! Você estará salvando vidas! Pois, se decidir não tomar a vacina e correr o risco de adquirir a doença e sofrer sequelas do COVID, algumas delas para sempre, pelo menos não terá o peso de consciência de ter influenciado outras pessoas a seguirem o seu caminho.

No Brasil, a desinformação pode matar mais do que o coronavírus!

Alguns dos muitos artigos que andei lendo nos últimos dias:

Como reduzir os riscos de transmitir coronavírus nas festas de Natal e Ano Novo

Cientistas da UNICAMP mapeiam desinformação sobre COVID-19 e afirmam que pseudociência se propaga como epidemia

COVID-19: “Brasil terá janeiro mais triste de sua História”, prevê pneumologista

::Ditados e provérbios alemães::

05/08/2008

Eu adoro ditados, mas como o Matthias disse eu também tenho facilidade de misturar um tanto deles numa frase só. Achei aqui e aqui uma lista de provérbios, alguns deles traduzidos em português. Abaixo alguns exemplos de ditados (alguns com rima!) que eu acho interessantes em alemão:

Alle Menschen kacken braun.
Todas as pessoas fazem cocô marrom.

Alles hat ein Ende, nur die Wurst hat zwei.
Tudo tem um fim, só a salsicha tem dois.

Auch ein blindes Huhn findet mal ein Korn.
Uma galinha cega também consegue achar um grão.

Bei Nacht sind alle Katzen grau.
À noite todos os gatos são pardos.

Bier auf Wein, das lass sein; Wein auf Bier, das rat ich dir.

Cerveja depois de vinho é desaconselhável, melhor é tomar vinho depois de cerveja.

Bellende Hunde beißen nicht.
Cães que latem não mordem.

Es gibt nichts Gutes, außer man tut es.
Não há nada bom, a não ser que se faça algo de bom.

Aller guten Dinge sind drei.
Todas as coisas boas vêm em triplo.

Eifersucht ist eine Leidenschaft, die mit Eifer sucht, was Leiden schafft.
O ciúme é uma paixão que procura com um ardor o que cria sofrimento.

Glücklich ist, wer vergisst, was nicht mehr zu ändern ist.
Feliz é aquele que esquece o que não pode mais ser mudado.

Der Apfel fällt nicht weit vom Baum.
A maçã não cai longe do pé.


%d blogueiros gostam disto: