Anúncios

Posts Tagged ‘retrospectiva’

::Relembrando o passado – Maktub::

11/10/2013

Repassando algumas passagens da minha vida, a Alemanha ou sua história sempre estiveram me acompanhando, consciente ou inconscientemente.

Christiane F.

Quando jovem, eu li „Christiane F., drogada, prostituída“, que me livrou de qualquer envolvimento com drogas. Eu sonhava com a Europa e escrevi para todas as embaixadas em Brasília pedindo material informativo dos países. Abria aqueles folhetos bonitos, em papel de excelente qualidade, e ficava horas viajando nas fotos e nas informações, tão difíceis na era pré-internet. Eu morava numa rua cujo nome era tão feio, Felisberta Francisca de Carvalho, que chegava a me envergonhar. Mas, por incrível que pareça, a minha rua era paralela às ruas Alemanha e França, e ficava pertinho de várias outras ruas com nomes de países europeus, tais como Itália e Espanha!… Eu cresci morando na Europa, hehehehe…. Tive um namorado cujo apelido era „Alemão“. Li o livro da „Anne Frank“. Quis defender o socialismo na escola, fui a favor do capitalismo por conselho do meu irmão e acabei fazendo parte do grupo que ganhou a discussão, apesar de ter reconhecido no socialismo um sistema justo. Mais tarde entendi que era um sistema justo só pra alguns, enquanto que mesmo lá alguns eram mais iguais do que outros, como bem descreve George Orwell. Quando descobri que o Muro de Berlim era de verdade mesmo, fiquei abobada com a burrice do ser humano. Quando ouvi dizer que ele tinha caído, senti uma imensa felicidade. A Alemanha foi o 2° país que conheci, ainda na universidade. Foi onde me senti meio em casa, mesmo sem falar direito o idioma. Até que enfim o doce era tão doce quanto eu achava que deveria ser, pois tinha passado 23 anos comendo doce no Brasil tomando muita água, por sempre ter achado os doces brasileiros doces demais. Reconheci neste país algumas coisas das quais não gosto, mas também muitíssimas que admiro: a falta de corrupção, a noção clara de cidadania, a liberdade de ir e vir, a organização, a limpeza, o sistema social, as leis trabalhistas justas, a geografia e a arquitetura que me apetecem, o respeito e amor ao meio-ambiente. Me sinto bem do lado de cá, já há 20 anos. E fazendo esta pequena retrospectiva, percebo que já vivo aqui há quase o mesmo tempo que morei no Brasil. No meu peito batem dois corações.

::Recordar é viver!…::

30/12/2009

O ano de 2009 foi meu 1° ano como escritora, aniversário que completei dia 23/12 passado, quando meu livro foi lançado em Beagá, minha cidade natal. Tenho que dizer que esta foi (e tem sido) uma experiência muito recompensadora, pois o meu livro me levou a muitos lugares e através dele pude conhecer pessoas fantásticas, o que para mim é meu maior presente, e que eu nem poderia sonhar em ganhar há um ano atrás! Agradeço a todos vocês, leitores atuais, e pelos leitores que estão a caminho. 🙂 Somos todos parte de um grupo que vê o mundo de maneira cosmopolita e aberta, e a troca com vocês é o melhor que um livro poderia trazer a seu autor! Lancei o livro sem nenhuma pretensão e percebi que ele preenche uma lacuna que antes estava vazia, pois, segundo o retorno de vários leitores, não há uma obra similar em português sobre a Alemanha. Fico contente de poder dividir minhas experiências com outras pessoas, tanto brasileiras, alemãs, quanto de outras nacionalidades. Somos todos UM.

Nestes 16 anos de Alemanha nunca tinha lido tantos artigos positivos com relação ao Brasil como os que tenho tido o prazer de ler nos últimos tempos. Acho que a crise trouxe chances para o Brasil e o desenvolvimento econômico dos últimos anos mostrou que o país está tomando um rumo melhor para a população. Apesar de todos os pesares, e deste desenvolvimento nao estar atingindo ao mesmo tempo todas as camadas da população, o Brasil saiu bem mais fortalecido da crise e promete – e muito. Como um pequeno exemplo, enquanto eu quando criança convivia com o fato de que nós devíamos muito ao FMI, hoje o país empresta ao Fundo Monetário e deverá alavancar muitos investimentos e crescer mais ainda até os grandes acontecimentos de 2014 e 2016, que felizmente – para todos – estão com data marcada!

Este foi também o 1° ano da reforma ortográfica do português. Achei um resumo legal aqui, que pode até ser baixado em documento PDF. Até hoje ainda tenho dúvidas quanto à grafia correta (e peço desculpas se não acerto sempre), mas acho pessoalmente muito positivo o fato de que todos os países de língua portuguesa escreverem da mesma forma e fico contente de ter podido lançar meu livro dentro das novas regras.

O ano de 2009 foi (está sendo) pra mim também, pessoalmente falando, e frente à crise atual, difícil. Apesar das dificuldades, acho que tenho muito mais a agradecer, e queria deixar aqui um agradecimento sincero:
– pela presença constante dos meus amigos e familiares, e por minha irmã que agora mora tão pertinho :-);
– pela saúde dos que quero bem;
– por todas as pessoas que me apoiaram antes/durante/depois do lançamento do livro no Brasil;
– pelas demais conquistas como escritora (novas amizades, lançamento do livro em Munique junto da DBKV, boa saída do livro tanto na Europa quanto no Brasil);
– pelos melhor final de semana do ano durante a apresentação do meu livro em Constança junto do filme do Zé do Rock e do cantor Ivaldo Moreira (e de sua esposa Svea!), com a companhia fiel da minha querida amiga e ilustradora do livro Cecília Palmer;
– pelo brunch inesquecível com bossa nova ao vivo e até coxinha da Liza;
– pela visita à Feira Internacional de Livros de Frankfurt com a Ceci e a Lais;
– pelas conquistas pessoais: reformas em casa, novo carro (Obrigada, Brasileirinho! Bem-vindo Tudo Azul!), início de novo curso profissionalizante como European Business Coach);
– pelas viagens (Brasil, Espanha, Munique e Basiléia);
– e a vocês leitores (mais de 60.000 visitas em 2009!), por todos os retornos e opiniões sobre o livro, por todas as vezes que o indicaram, o encomendaram para dar de presente para amigos e por passarem sempre aqui e deixarem seus comentários que eu tanto aprecio!

O ano de 2010 está aí para trazer novas oportunidades e chances! Tenho muitíssimos projetos para o ano que vem e espero poder trocar várias figurinhas com todos vocês em 2010. Continuamos nos falando? Quero já ir desejando um Feliz Ano Novo e um ano de 2010 cheio de realizações, saúde e harmonia para todos! Que Deus nos acompanhe!


%d blogueiros gostam disto: