Posts Tagged ‘serviço doméstico’

::Pergunta::

04/01/2007

Pergunta

Todos nós, brasileiros que moramos no exterior chegamos a conclusões sobre diferenças, similaridades, gostos, desgostos, tudo fruto de nossas experiências com o passar do tempo. Eu definitivamente tenho algumas comigo, todo mundo tem. Pergunta: o que você gostaria de ter sabido (ou qual informação te faltou) ANTES de sair do Brasil pra ir morar no exterior?

De todas as respostas, a que mais me chamou a atenção (e confere com a realidade em terras germânicas) foi esta aqui, publicada em anônimo na minha coluna no Viver no dia 07.02.2008:

Eu gostaria de ter me informado mais sobre o país, o povo e os costumes alemães. Isso teria evitado muitos aborrecimentos, desentendimentos, mal-entendimentos e brigas. Um “cursinho” como se faz quando se vai a trabalho para países árabes muçulmanos (parece-me que para lá é até mesmo obrigatório).
Assim teria evitado alguns vexames como um que dei depois de 6 meses de casada (cansada de ficar lavando, limpando, passando, cozinhando e tirando pó). Um dia, já de saco cheio de ser a “gata borralheira”, botei as mãos na cintura, dei uma reboladinha, me enchi de gás e soltei: “quando é que você vai finalmente arranjar uma empregada pra nós?”. Meu marido olhou-me como se estivesse vendo-me pela primeira vez em sua vida. Aí ataquei o resto: “vc não está achando que passei anos esquentando banco universitário para vir aqui limpar banheiro pra vc, né? Nem das unhas posso cuidar”
Ao que ele respondeu meio aturdido: “Endoidou, é? E nós somos lá milionários para ter empregada?”.
Depois que li numa reportagem sobre uma Ministra de Estado que depois que chegava do trabalho ainda ia passar roupa e limpar banheiro… perdi minhas últimas esperanças de ser “aliviada” do meu fardo. Hoje eu pinto parede e lixo até móvel mas me recuso a levantar cedo para tirar neve da calçada e a cortar grama do jardim. E sempre que tenho chance mando o marido para a cozinha (ele gosta de cozinhar e eu odeio). E as unhas? Faço no Brasil quando vou lá a cada 2 ou 3 anos.
Es reicht auch!


%d blogueiros gostam disto: