::Pedro Morais, a cor púrpura e borboletas azuis::

Não sabe o que ouvir no momento? Está com saudade de MPB, mas das boas? Ouve sempre as mesmas músicas e gostaria de descobrir um novo cantor? Está cansado de músicas sem conteúdo e quer ser tocado por letra e arranjo, bem no fundo da alma? Achei tudo isso e mais um pouco no novo CD “Sob o Sol” do cantor, compositor e instrumentalista Pedro Morais, de 28 anos, um “Zeca Baleiro” das minhas Minas Gerais. As letras, assinadas por ele com pareceria de Magno Melo, são simplesmente maduras demais, profundas demais pra uma pessoa da idade dele, poesia pura e infinita. Quando estava em Beagá no meio do ano, rodei a cidade atrás do CD dele pra comprar, desejei tanto ouvir o trabalho dele por enquanto, que foi na internet que acabei achando aqui seu CD completo pra baixar grátis. Achava que não poderia nem divulgar isso, que era pirataria, que era ilegal, mas acabo de ler aqui que o próprio cantor está a favor da divulgação da sua obra desta forma, pois vê assim uma forma de ficar mais conhecido e de aumentar o público para suas apresentações ao vivo. Ai, como eu gostaria de ir num show dele! Gostaria também de comprar o CD, pois gosto de ver/ter o trabalho final, pegar no CD, abrir o livreto, ler as músicas, ler os agradecimentos, leio tudo mesmo. Quem sabe na próxima viagem ao Brasil? Enquanto isso, vou ouvindo as MP3, nos últimos dias repetidamente, uma vez atrás da outra. Recomendo! Vale a pena conhecer a voz e a arte deste artista, que com certeza ainda verei crescer e ficar famoso em todo o Brasil, pois talento ele tem de sobra!

***
Die Farbe Lila

Hoje à noite assisti o resto do filme “A cor púrpura” do Steven Spielberg. Vi o restante do filme, isso porque muitas vezes que me deito no sofá e quero ver um filme, acabo dormindo de cansaço. Em algum momento da minha vida eu já tinha assistido este filme, tinha ficado uma boa lembrança, mas eu não me lembrava mais dele. Com certeza eu ainda era muito jovem para ele quando foi lançado, em 1985. Que obra prima! Depois de um filme como este, seria difícil pensar que uma pessoa continue desacreditando em Deus (ou como quer que ele/ela queira chamar a força positiva, transformadora e amorosa do universo) ou que continue existindo a suposição de que nós, seres humanos, sejamos divididos em raças, classes, mais e menos inteligentes, mais e menos dignos de amor…. Voltando ao filme, ele é simplesmente fantástico! Não é por menos que o Steven Spielberg ganhou tantos prêmios com esta obra! Se houver alguém que por ventura ainda não tenha visto o filme, vá correndo comprá-lo/vê-lo/pegá-lo emprestado. Vale também a pena ver de novo! Por acaso ele está à venda na loja do Matthias, por meros 4 euros.

***

Borboletas

Borboletas por todas as partes! Passei o ano pensando fixamente numa companheira minha, a borboleta azul. Coloquei-a no logotipo da Connex, pensei nela firmemente. Acho que o ano de 2010 foi o ano das borboletas pra mim. Passei o ano vendo muitas delas, no Brasil foram muitas, até voando na frente do carro, durante as viagens e aqui, antes do inverno ter chegado, elas também estiveram muito presentes. Qual não foi minha surpresa ao constatar, no meu primeiro dia de trabalho na nova empresa, que o programa com o qual trabalho principalmente tem no logotipo, imaginem, uma borboleta azul! 🙂 O inverno chegou e elas não desapareceram. Continuei vendo-as, impressas, coloridas, multicores, de todos os formatos e formas. Sinais, bons sinais. Conversando com minha prima, constatamos que temos a mesma companheira nesta vida. E você, tem também algo/um bicho/um talismã que o acompanha pela vida?

Sinais! 01:01 da madrugada… Boa noite!

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , ,

9 Respostas to “::Pedro Morais, a cor púrpura e borboletas azuis::”

  1. Alice Says:

    Olá Sandra, boa noite!!!! Ganhei de presente o DVD deste filme e adorei. Acho até que vou ver novamente. O nome correto é “A cor púrpura”. Sds, Alice

    • Sandra Santos Says:

      Obrigada Alice, a Juliane tinha comentado comigo, vou corrigir. O filme é lindo, nao é? Aproveite e veja sim novamente.
      Bom final de semana e beijos,
      Sandra

  2. Fulano Sicrano Says:

    Mineirinha, desculpe invadir seu espaço, mas toda a vez que eu leio que gente articulada me chama de pirata, eu me sinto na obrigação de me justificar esclarecendo que o tema “o que é pirataria” é discutível. Se for ao dicionário vai ver que pirata é o que saqueia pra obter vantagem. Se eu vendesse os arquivos ou se obtivesse alguma vantagem indireta – com publicidade, por exemplo -, poderia se dizer que aquilo que fazemos é pirataria. Mas não é o caso, afinal, ao contrário, a gente financia o blog, gasta com ele. As formas de compartilhamento e de divulgação vieram pra ficar, o velho modelo se esgotou. Quer saber mais sobre o tema? Leia a opinião de um artista nesse link: http://migre.me/3D11v
    Abraço.

  3. Juliane Says:

    ei Sandra!

    o que seria de mim sem esse blog pra contribuir com pitadas de otimismo neste inverno que ainda que nao seja frio me rouba o ânimo nesta Alemanha… quando te escuto falar das borboletas, viagens, musica, … ando tao sorumbática… é o inverno, já nem percebo mais tudo isso! Vou procurar um talisma. O filme do Spielberg se chama A cor purpura, é também da minha época. Também preciso voltar a vê-lo…
    vou ouvir a música que você recomendou! Que bom que existem blogs!
    Beijo!

    • Sandra Santos Says:

      Oi Juliane,
      Sorumbática? Hummm… esta palavra é nova pra mim, o que ela significa, de onde vem, pra onde vai? Hehehehe…. Sabe o que eu fiz? Eu eliminei os efeitos do inverno em mim faz anos. Aconteceu no dia em que uma inglesa saiu comigo pra andar num dia cinza e chuvoso e exclamou: “What a wonderful day!”. Aprendi com ela, que todo tempo é tempo bom, depende da sua perspectiva. E daí eu faco o seguinte: quando lá fora tá bonito, eu adoro e aproveito. Quando tá feio, eu ignoro e me concentro em outras coisas. Se formos depender aqui de tempo bonito pra ficarmos pra cima, estamos é perdidas, nao é mesmo?
      Depois vcme conta que talisma escolheu e se gostou da música, viu?
      Um beijo,
      Sandra

  4. Juliane Says:

    ei Sandra,
    quando você perguntou fiquei titubeante se a palavra realmente existia, já que me lembro de tê-la ouvido muitas vezes de um grande amigo bem erudito… e fui procurar e achei. Achei também a macambuzia, da qual já havia me esquecido. Dá uma olhada lá! Sabia que eu adoro dicionário? nao é nenhum site do aurélio ou algo assim, mas elucida!confira: http://cursodeportugues.blogarium.net/voce-anda-sorumbatica-e-meditabunda/
    Vou pensar no meu talisma. tô com medo que seja um cruzamento entre tucano com bicho preguica que vive por aqui e ouve fado… rsrsrs! agora, imagine!

    • Sandra Santos Says:

      Ei Juliane,
      Aprendi novas palavras em portugues, obrigada! Entao ando sempre cogitabunda e meditabunda, é um estado de espírito constante no meu caso, apesar de que estas palavras me lembram mais a “bunda” do que “um estado de alma instrospectivo, no qual penso profundamente sobre mim mesma e sobre os rumos do mundo”…
      Juliane é cultura! 🙂
      Obrigada e bom fina de semana!
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: