::Entrevista entre amigas no Brasil e na Austrália::

24/05/2020

Que delícia assistir duas amigas batendo papo na internet! Parece que eu estou bem pertinho delas! Ainda tenho que desvirtualizar a Mirella, heim?!? A-D-O-R-E-I a entrevista, principalmente a parte das dicas, com as quais eu só posso concordar! 🙂

::Olá, Ciência!::

24/05/2020

Esses meninos são fera! Me lembraram muito o tipo de apresentação do Instituto Robert Koch aqui na Alemanha!

No vídeo abaixo, eles analisam cientificamente a situação do coronavírus em BH e em MG.

Dica da minha amiga cientista Alessandra. Obrigada, querida!

::Quem pode entrar na Alemanha no momento?::

24/05/2020

A lista de quem pode entrar até o dia 15 de junho está bem clara: alemães e estrangeiros com residência no país. Exceto algumas exceções que vc pode ler aqui.

::Honra de Brasileiro::

24/05/2020

Meu livro Mineirinha n’Alemanha foi indicado como um dos livros essenciais para entender a Alemanha e os alemães.

Que honra! A indicação foi feita pelo Celso, da página Batatolândia. Agradeço!

Detalhe: olhem o nome dos outros indicados e encontrarão alguém beeeeeem famoso!…

Dica: pra quem tem Amazon Unlimited, todos os meus livros não custam nada. Se quiserem o Mineirinha com autógrafo, envio daqui de casa. Foi escrito em 2008, mas a grande maioria dos textos é atemporal. Vai por mim que você vai gostar de ler!

::Ensinamentos diários::

22/05/2020
Coleção Descoberta do Homem, edição de 1964

Em uma das minhas idas ao Brasil achei em algum canto da casa este livro despencando, perdendo a capa, meio comido pelo tempo. O trouxe comigo para a Alemanha, sabendo que tinha encontrado um tesouro, mas não o abri desde então e não li nada do seu conteúdo. Gosto tanto de livros que só por saber que existem, meu coração já se sente bem!

Compramos um novo móvel para a biblioteca. Nos últimos dias minha filha me deu a tarefa árdua de me despedir de alguns livros. Tenho agora uma caixa cheia de livros para doação. Quem tiver lido até aqui e tiver interesse em ganhar um, deixe um comentário. Envio só dentro da Alemanha. Tenho romances, livros de vários assuntos, dicionários, livros para aprender alemão, etc. etc. etc.

De qualquer maneira não separei o livro acima, tendo o reservado pra colar a capa com durex pra que ele avance os anos em minha companhia. Aproveitei pra abri-lo e achei tesouros logo nas primeiras linhas:

Falando de um amigo que morreu: “Aceitei a morte. Guillaumet não mudará mais. Nunca mais estará presente, mas também nunca mais estará ausente”.

Falando de refugiados (e da nossa condição de expatriados): “Quero ser um viajante, não um emigrante. Aprendi tantas coisas em minha pátria que serão inúteis em outros lugares. Mas eis que meus emigrantes tiravam do bolso a pequena caderneta de endereços, os restos de sua identidade. Fingiam ainda ser alguém. Agarravam-se com todas as forças a alguma significação. “Sabem, eu sou fulano de tal, diziam eles… sou de tal cidade… amigo de sicrano… conhecem sicrano?”

Abrindo outra página, achei uma pequena anotação com a minha letra de jovem. Já li o livro no passado! Na minha anotação, anotei a seguinte passagem:

::O livro “Mineirinha n’Alemanha” também é grátis na Amazon!::

20/05/2020

Pra quem tem Kindle Unlimited, o meu livro “Mineirinha n’Alemanha” (além dos meus dois outros livros) está (e sempre foi) de graça na Amazon, em todas as plataformas ao redor do mundo! Na minha opinião ele continua atualíssimo, porque muitas questões do expatriado são atemporais, e resolvê-las (o que começa pelo entendimento) é crucial para viver bem no exterior. Fica a dica!

Link para a oferta da Amazon na Alemanha

Link para a oferta da Amazon no Brasil

Detalhe: se clicar no meu nome, verá todos os meus livros. TODOS são de graça pelo Kindle Unlimited!!!

Já tava bão? E tem mais!…

Em virtude da quarentena a AMAZON disponibilizou vários livros DE GRAÇA por um período limitado. Totalizando quase 400 mil reais em desconto. Quem baixar vai ter o livro PRA SEMPRE e ler quando desejar.

Por favor, ajude a compartilhar este post para o maior número de pessoas.

🤓 50.000 eBooks grátis – Amazon
Acesse a Coleção completa:
➡️ https://amzn.to/2JOb68I

Acesse por área:

🏠 Home Office
350 ebooks https://amzn.to/2R8p1ut

👩🏻‍💼 Administração, Negócios e Economia
1250 ebooks https://amzn.to/2UNXgtb

🤝 Autoajuda
238 ebooks https://amzn.to/2UO6WUG

🖥 Computação, Informática e Mídias Digitais
42 ebooks https://amzn.to/3e2qZpM

🙏 Religião e Espiritualidade
130 ebooks https://amzn.to/2UQMouE

🍽 Gastronomia e Culinária
760 ebooks https://amzn.to/2Rj1Yge

🧟‍♀ Fantasia, Horror e Ficção Científica
181 ebooks https://amzn.to/2xb256W

🦸🏻‍♀ HQs, Mangás e Graphic Novels
32 ebooks https://amzn.to/3aSjdNo

👶🏻 Infantil
109 ebooks https://amzn.to/2wrpP6w

👔 Política
213 ebooks https://amzn.to/34nhE7B

👩🏼‍⚕ Medicina
180 ebooks https://amzn.to/39QoJi7

👮🏻‍♀Policial, Suspense
52 ebooks https://amzn.to/3ecTjpM

::Mineirinha n’Alemanha em entrevista::

20/05/2020

Fui entrevistada neste último final de semana. Veja o resultado abaixo e deixe o seu comentário no YouTube!

::Pensativa::

17/05/2020

Tenho estado muito pensativa. Desde que vi o Brasil subindo a indesejável ladeira da pole position do número de casos e mortes de COVID, tenho sentido que estamos indo pro caminho oposto que eu tanto desejaria para o meu amado e sofrido país de origem.

Ontem fiquei sabendo de um amigo da época de universidade que provavelmente está com a doença. Ele relatou que a sensação é de como se ele estivesse se afogando no seco. Já conhecia outra pessoa que passou pela doença, mas ela já está curada. Quando as estatísticas saem do papel e começam a povoar nossos pensamentos com nomes concretos, a coisa muda completamente de figura.

Desde ontem algumas lágrimas teimam em escorrer pelo meu rosto, espero eu, em vão. Eu quero muito que as minhas lágrimas não tenham o menor sentido e que tudo acabe logo e que não tenhamos mais tantas razões para sofrer, calados, aqui do outro lado do mundo. Eu procuro ver o mínimo de notícias possível, e pessoalmente faço o que está ao meu alcance e procuro me manter psicologicamente forte, vendo e usando todas as oportunidades para enxergar um sentido positivo na pandemia. Mas vira e mexe algo cai nas minhas mãos, ou eu vou em busca de alguma notícia, e aí caio naquele redemoinho de pensamentos e sentimentos que é difícil controlar.

Em especial, queria chamar a atenção para este e este artigo. Ficam as dicas e a esperança de dias melhores. Obrigada Tassi e Dago por dividirem esse olhar comigo! Sigamos em frente com fé e foco. Oremos pelo Brasil e pelo mundo! Um bom domingo de paz e saúde para todos!

::Qual é a ligação de abatedouros de animais com o coronavírus?::

13/05/2020

Até há poucas horas atrás eu responderia esta pergunta como se não houvesse nenhuma ligação entre uma coisa e a outra mas… o mundo gira em poucos segundos na atualidade, não é mesmo?

Foi divulgado que 260 de 1.200 funcionários da empresa abatedoura (matadouro ou açougue) Westfleisch em Coesfeld na Alemanha testaram positivo quanto ao coronavírus. Mas o que tem uma coisa a ver com a outra?

O chefe do sindicato do setor alimentício na Alemanha, Mohamed Boudih explica direitinho onde está a razão de tal associação: segundo ele, o problema não é novo. Esse tipo de contrato (na Alemanha conhecido como Werkvertrag) é uma forma de contratar mão de obra barata vinda p.ex. do Leste Europeu. Essas empresas têm tido, desde os anos 90, o costume de se apoiar nesse tipo de contrato para alcançar bons preços de venda dentro do mercado alimentício alemão, que é bastante concorrido. Mas isso ocorre às custas do trabalhador do Leste Europeu, que nem sempre tem os direitos mínimos protegidos (salário mínimo, férias, etc.) e vira um verdadeiro escravo moderno desse sistema, se submetendo a condições de trabalho e de vida péssimas. E quem contribui para esse sistema todo, venhamos e convenhamos, somos nós que compramos carne baratinha no supermercado…

Eu não tinha a mínima noção de que isso tudo acontece, mas o chefe do sindicato disse que o problema é muito conhecido. A empresa acima tem entre 70-80% de seus funcionários contratados através desse tipo de contrato, os abriga em dormitórios de 5-6 pessoas, que dividem um só banheiro. Se recebem o salário mínimo estipulado por lei, têm que assinar papéis em branco onde serão anotadas as horas trabalhadas, e não há controle de quantas horas eles verdadeiramente trabalham para manter seu trabalho… Para piorar a situação, os donos dos dormitórios são, em geral, os próprios empregadores, o que faz com que os funcionários que se submetem a esse tipo de contrato sejam duas vezes mais dependentes deles.

Sinceramente? Fiquei triste ao ler essa notícia! Eu, que já como super pouca carne, não pretendo voltar a comprar carne em supermercado tão cedo!… Não posso contribuir para este sistema de exploração! Por outro lado, tenho consciência de que a riqueza de um país se faz em cima da exploração de outros… Bom, deixa pra lá. Não serei eu quem alterarei os rumos da humanidade. Mas onde eu posso fazer a minha parte, apoiando p.ex. o açougue local que vende carne de origem conhecida, eu farei.

Em tempos de pandemia há poucas coisas que podemos fazer hoje em dia que estão em nossas mãos. Concentremo-nos nelas!

P.S.1-Para quem quiser entender a teoria do que significa um Werkvertrag na Alemanha, é só clicar aqui.

P.S.2-Para quem quiser ler como esse sistema é vendido para o empregador alemão, quais são as “vantagens” sob a perspectiva do empregador, clique aqui.

P.S.3-Para quem quiser entender a diferença entre um contrato de trabalho normal e um Werkvertrag dentro da Alemanha, clique aqui.

Fonte: reportagem de 13/05/20 do jornal alemão Süddeutsche Zeitung.

::Crônicas do Corona – um vírus muda o mundo::

11/05/2020


Aqui um documentário sobre a evolução do coronavírus ao redor do mundo, produção da Berlin Producers para a tv alemã ARTE e DW, com participação na produção no Brasil por parte da minha amiga Svea. Obrigada, querida!

Senhor, quando eu tiver fome,
dai-me alguém que necessite de comida.
Quando tiver sede,
dai-me alguém que precise de água.
Quando sentir frio,
dai-me alguém que necessite de calor.
Quando tiver um aborrecimento,
dai-me alguém que necessite de consolo.
Quando minha cruz parecer pesada,
deixe-me compartilhar a cruz do outro.
Quando me achar pobre,
ponde a meu lado alguém necessitado.
Quanto não tiver tempo,
dai-me alguém que precise
de alguns dos meus minutos.
Quando sofrer humilhação,
dai-me ocasião para elogiar alguém.
Quando estiver desanimada,
dai-me alguém para lhe dar novo ânimo.
Quando sentir a necessidade
da compreensão dos outros,
dai-me alguém que necessite da minha.
Quando sentir necessidade de que cuidem de mim,
dai-me alguém que eu tenha de atender.
Quando pensar em mim mesma,
voltai minha atenção para outra pessoa.
Tornai-nos dignos, Senhor,
de servir nossos irmãos
que vivem e morrem pobres e com fome,
no mundo de hoje.
Dai-lhes, através das nossas mãos,
o pão de cada dia e dai-lhes,
graças ao nosso amor compassivo,
a paz e a alegria.
Madre Tereza de Calcutá


%d blogueiros gostam disto: